Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16755
Título: Estudo do "standing-crop" da água do estuário do rio Cocó(Ceará-Brasil), como indicador das modificações físico-químicas do meio
Título em inglês: Study of the "standing-crop" of the water of the estuary of the river cocó (Ceará-Brazil), as indicating of the modifications physicist-chemistries of the way
Autor(es): Pessoa, Eliano Vieira
Orientador(es): Klein, Vera Lucia Mota
Palavras-chave: Ecossistema
degradação ambiental
ecologia aquática
biologia marinha
ecosystem
ambient degradation
aquatic ecology
sea biology
Data do documento: 2002
Citação: PESSOA, E. V. (2002)
Resumo: Muitos ecossistemas aquáticos vêm tendo suas características naturais degradadas, principalmente pela ação antrópica e entre estes ecossistemas os estuários, por possuírem uma importância vital na fertilização das águas costeiras vem sendo gradativamente modificados pelos impactos ambientais causados por usos múltiplos e indiscriminados. O presente trabalho teve por objetivo caracterizar a água do estuário do rio Cocó, através de informações sobre a concentração de clorofila “a” do fitoplâncton na área investigada. Para este estudo foram realizadas amostragens mensais em quatro estações de coleta durante o período de 12 meses (julho de 2001 a junho de 2002). As amostras foram coletadas na superfície, durante a preamar e baixa-mar, de um mesmo dia. Em cada estação foram realizadas medidas in situ da temperatura do ar, da transparência, do pH, da temperatura e da salinidade da água. A determinação de oxigênio dissolvido, nutrientes inorgânicos, estudo qualitativo do plâncton e da concentração de clorofila “a” foram realizados em laboratório. Os dados obtidos foram analisados por estação de coleta e condição de maré, sendo submetidos a testes estatísticos de correlação múltipla de Pearson e análise de regressão múltipla entre a concentração de clorofila “a” e os demais parâmetros físico-químicos, através do software SPSS for Windows, versão 10.1. A comunidade planctônica do rio Cocó caracterizou-se por ser rica quantitativamente e pobre qualitativamente. O grupo predominante foi o das diatomáceas e os dinoflagelados o de menor participação, tanto quantitativa quanto qualitativa com representantes de apenas 01 gênero. A predominância do gênero Melosira caracterizou o trecho em estudo como poluído, principalmente por esgotos domésticos. Os rotíferos e copépodas foram os principais representantes da comunidade zooplanctônica, sendo registrado, com menor freqüência, espécies de ciliados, cladoceras, ostracodas e larvas de decápoda. A biomassa do fitoplâncton (clorofila “a”) do estuário do rio Cocó no trecho em estudo apresentou um gradiente crescente do trecho a jusante (estações E1 e E2) para o trecho a montante (estações E3 e E4), com valores mínimos de 0,52 mg.cl “a”.m-3 na preamar da estação de coleta E2 em junho de 2002 e valores máximos de 113,66 mg.cl “a”.m-3 na baixa-mar da estação de coleta E4 em outubro de 2001. Evidenciou-se com o estudo da correlação o acelerado processo de degradação que se encontra o rio Cocó pelo despejo de esgotos domésticos e industriais direto nas margens desse rio. As análises de regressão entre a clorofila “a” e os diversos parâmetros analisados apresentaram relações direta e inversamente proporcionais, em cada estação de coleta e nas diferentes condições de maré, evidenciando as intensas variações espaço-temporais das condições ambientais no estuário do rio Cocó.
Abstract: Many aquatic ecosystems are having their natural characteristics degraded, mainly by human action. Among these ecosystems the estuaries, that have a vital significance in the coastal water fertilization, are being progressively modified by environmental impacts of manifolds and indiscriminate uses. The goal of this work was Cocó river estuary water characterization, using information about a-chlorophyll concentration in the phytoplankton in the investigated area. In order to carry out this research, monthly sampling was carried out in four stations for a period of twelve months (July, 2001 to June, 2002). The samples were collected at the surface, during higher and lower tides, in the same day. For each station in situ measurements were carried out for air temperature, water transparency, pH, water temperature and salinity. Dissolved oxygen, inorganic nutrients, qualitative phytoplankton studies and a-chlorophyll concentration were performed in laboratories. The acquired data were analyzed for each sampling station and tide condition. The data were statistically analyzed using Pearson’s multiple correlation and multiple regression between a-chlorophyll concentration and physical-chemical parameters. The Cocó river plankton community is characterized by high quantity and low diversity. The predominant group was diatomaceaes being the dinoflagellates the less representative group, with a single gender even so in small quantities. The predominance of Melosira gender characterized the study area as a polluted, mainly by domestic sewages. The rotifers and copepods were the principal in the zooplankton community being recorded, in minor frequency, ciliates, cladoceras, ostracodas and decapodous larva. The Cocó river estuary phytoplankton biomass (a-chlorophyll) in the study area shown a rising gradient from downstream stations (E1 and E2) to upstream ones (E3 and E4), with minimum values of 0,52 mg.cl”a” m-3 in the higher tide in E2 station (June, 2002) and maximum values of 113,66 mg.cl”a”.m-3 in the lower tide in E4 station (October, 2001). The correlation study showed the accelerated degradation process in the Cocó river due to domestic and industrial sewages. The regression analysis between a–chlorophyll and physicalchemical parameters presented direct and inverse relationships, for each station and in different tide condition, evidencing time-space variation of the environmental conditions of Cocó river estuary.
Descrição: PESSOA, Eliano Vieira. Estudo do "standing-crop" da água do estuário do rio Cocó(Ceará-Brasil), como indicador das modificações físico-químicas do meio. 2002. 141 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Programa de Desenvolvimento e Meio Ambiente, Fortaleza-CE, 2002.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16755
Aparece nas coleções:PRODEMA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2002_dis_evpessoa.pdf3,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.