Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16774
Título: Gestão e caracterização dos resíduos sólidos da LUBNOR/PETROBRAS: estudo de caso
Título em inglês: Management and characterization os solid waste LUBNOR/PETROBRAS: a case study
Autor(es): Fernandes Neto, Francisco Antônio
Orientador(es): Aquino, Marisete Dantas de
Palavras-chave: Saneamento ambiental
Desenvolvimento sustentável
Resíduos sólidos - Gerenciamento
Data do documento: 27-Ago-2009
Citação: FERNANDES NETO, F. A. (2009)
Resumo: A situação dos resíduos sólidos no Brasil é preocupante, principalmente com relação à disposição final, já que o aumento na geração de resíduos não foi seguido por um crescimento de infraestrutura. A questão ambiental, com o aparecimento e agravamento dos problemas ambientais, passou a ter maior importância para o homem. Grande parte desses problemas é decorrente de resíduos de origem industrial, pois muitos destes são classificados como perigosos e possuem uma diversidade enorme. Surgiu então o conceito de desenvolvimento sustentável. Tal conceito buscava mostrar que o crescimento econômico industrial poderia andar junto com o equilíbrio ecológico. Porém, incluir o desenvolvimento sustentável no tema resíduos sólidos industriais requer um programa de gerenciamento e gestão dos mesmos que priorize a minimização, redução na fonte, reutilização e reciclagem desses resíduos, bem como a adoção de programas de produção mais limpa. No caso das indústrias de petróleo (refinarias), estas são grandes geradoras de resíduos sólidos, líquidos e gasosos com alto potencial poluidor devido à composição complexa dos mesmos. A Lubnor – Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste é uma unidade da PETROBRAS que foi inaugurada em 1966 como ASFOR – Fábrica de Asfalto de Fortaleza. Atualmente possui três unidades de processamento (Unidade de Destilação a Vácuo – UVAC, Unidade de Processamento de Gás Natural – UPGN e Unidade de Lubrificantes Naftênicos – ULUB), tendo como principais produtos o asfalto, os lubrificantes, os óleos combustíveis, o gás natural e o GLP (gás liquefeito de petróleo). A Lubnor possui um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos que segue as normas do sistema PETROBRAS. Nesse trabalho foram mostrados os resíduos mais comumente gerados na Lubnor, o gerenciamento dos mesmos, bem como a classificação segundo a NBR 10004. Os resultados são baseados em dados coletados de 2005 a 2009, sendo que os resíduos Classe II-B tiveram uma média de geração de 85% do total. Dentre os cinco anos, o de 2006 foi o único em que a quantidade gerada foi menor que a descartada, ficando esta com um percentual de 50,5%. Já o ano de 2008 foi o que teve maior quantidade gerada de resíduos, e mesmo com um percentual de descarte de 96,6%, foi o ano em que o remanescente de resíduos foi maior. Dentre os resíduos estudados com maior detalhe, estão: borra oleosa (flex pig, trapo e papel oleoso), silicato, resíduos orgânicos, entulho (de construção) e resíduos laboratoriais. O primeiro teve maior geração no ano de 2008 (37,8%); o segundo, no ano de 2009 (70,8%); o terceiro, no ano de 2008 (28,5%) e o quarto (41,5%) e o quinto (45,8%) também no ano de 2008. Apresentou-se também algumas práticas para minimização da geração de resíduos adotadas e aplicadas na Lubnor, bem como um estudo mais detalhado da geração dos resíduos em 2008, onde a borra oleosa sozinha representou 4,22% do total, as embalagens metálicas contaminadas 34,6% e resíduos contaminados com óleo ou produto químico 27,79% (tal resultado não inclui os entulhos de construção). Por último, tem-se um quadro resumo do gerenciamento no ano de 2008
Abstract: The situation of solid waste in Brazil is worrying, especially with regard to final disposal, as the increase in the waste’s generation was not followed by a growth of infrastructure. The environmental issue, with the onset and worsening of environmental problems become more important to humans. Most of these problems is due to industrial waste origin, as much of these are classified as hazardous and it has a huge diversity. Then, it came up the concept of sustainable development. This concept sought to show that the industrial growth could go along with the ecological balance. However, to include sustainable development in the subject of industrial solid waste requires a management program to manage of those that prioritize the minimization, source’s reduction, waste’s reuse and recycling and the adoption of programs for cleaner production. The oil industry (refineries), are the major generators of waste solids, liquids and gases with high pollution potential due to their complex composition. The Lubnor – Lubricants and Oil Derivatives of the Northeast is a unit of PETROBRAS which was inaugurated in 1966 as ASFOR – Asphalt Plant in Fortaleza. Currently, it has three units of processing (the Vacuum Distillation Unit – UVAC Unit, Natural Gas Processing – UPGN and Unit of Naphthenic Lubricants – ULUB), having as their main products the asphalt, lubricants, fuel oils, natural gas and LPG (liquefied petroleum gas). The Lubnor has a Management Plan for Solid Waste that follows the rules of the system PETROBRAS. In this work were shown the waste most commonly generated by the Lubnor, the managementof those, as well as the classification according to NBR 10004. The results are based on data collected from 2005 to 2009, the residue class II-B had a total average generation of 85%. Among the five years, the year of 2006 was the only one in which the amount of waste was lower than the generated discarded, leaving it with a percentage of 50.5%. Already the year 2008 was the largest amount of waste generated, and even with a percentage of rejection of 96.6% was the year in which the remaining residue was higher. Among the residues studied in greater details are: oily sludge (flex pig, oily rags and paper), silicate, organic waste, rubble (construction) and laboratory waste. The first generation was greater in the year 2008 (37.8%), the second, in the year 2009 (70.8%), the third in the year of 2008 (28.5%) and fourth (41.5%) and fifth (45.8%) in the year 2008. It also presented some practices to minimize the generation of waste adopted and applied in Lubnor and a more detailed study of the waste generation in 2008, where the oily sludge alone accounted a total of 4.22%, the metal packaging contaminated 34, 6% and waste contaminated with oil or chemical product 27.79% (this result does not include building rubble). Finally, there is a management summary in the year 2008
Descrição: FERNANDES NETO, F. A. Gestão e caracterização dos resíduos sólidos da LUBNOR/PETROBRAS: estudo de caso. 2009. 157 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Saneamento Ambiental) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16774
Aparece nas coleções:DEHA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_fafernandesneto.pdf1,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.