Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16787
Título: Fotossensibilização de biofilmes formados em resinas para base de prótese – in vitro
Título em inglês: Photosensitization of in vitro biofilms formed on denture base resin
Autor(es): Gomes, Carlos Eduardo de Albuquerque
Orientador(es): Pontes, Karina Matthes de Freitas
Palavras-chave: Resinas Acrílicas
Azul de Metileno
Fotoquimioterapia
Desinfecção
Esterilização
Data do documento: 16-Mar-2012
Citação: GOMES, C. E. A. ; PONTES, K. M. F. (2012)
Resumo: A busca por métodos alternativos e simples de esterilização de dispositivos acrílicos, como próteses imediatas e guias cirúrgicas para implantes é de interesse clínico. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia da terapia fotodinâmica (TFD) sobre S.mutans, S. aureus, E.coli, P. aeruginosa e C. albicans inoculados em corpos-de-prova de resina acrílica termopolimerizável previamente esterilizados. O fotossensibilizador utilizado foi o azul de metileno a 0,05%, associado a um diodo emissor de luz (LED) de 630nm. Para cada microorganismo, os corpos-de-prova foram divididos em grupos (n=5): controle positivo - não inoculado, não corado e não irradiado; controle negativo – inoculado, não corado e não irradiado; controle do fotossensibilizador – inoculado, corado e não irradiado; controle do Led (a e b) – inoculado, não corado e irradiado (10 e 30J/cm2); experimentais TFDa e TFDb, que foram inoculados, corados e irradiados a 10 e 30 J/cm2, respectivamente. Após os tratamentos, os espécimes foram submetidos à cultura de contato por 10 minutos em placas de Petri com BHI Ágar para bactérias e Àgar Sabouraud para leveduras, que depois foram incubadas por 48 horas a 37°C. O número de unidades formadoras de colônias (UFC) foi obtido, sendo os dados transformados em escores e submetidos aos testes estatísticos de Kruskal Wallis e Dunn (p=0,05). O S. mutans se mostrou sensível ao corante azul de metileno, apresentando redução em sua contagem nos grupos apenas corados. Para os espécimes inoculados com S. aureus, o grupo TFDb apresentou redução nos índices de crescimento bacteriano. Esta bactéria não foi sensível ao corante, nem à ação isolada da luz. O grupo TFDb da E. Coli apresentou redução na contagem de UFC. Para os espécimes inoculados com P.aeruginosa, a ação do azul de metileno isolada causou redução dos microorganismos, já a irradiação isolada não fez efeito, enquanto que a ação conjunta da terapia foi bastante eficaz. Para a C. albicans, houve sensibilidade apenas ao azul de metileno e à associação do azul de metileno com o LED vermelho a 30 J/cm2. Concluiu-se que a terapia fotodinâmica utilizando maiores dosagens de energia do LED, foi eficaz na diminuição dos microrganismos inoculados na superfície de resina acrílica.
Abstract: This study evaluated the effect of PDT (Photodynamic Therapy) against Streptococcus mutans, Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa and Candida albicans biofilms formed on the surface of acrylic resin specimens. Methods: The PDT consisted in the application of 0.05% methylene blue on the specimens, associated to irradiation with a light-emitting diode (LED) of 630nm and 150mW. The energy doses provided by the LED were set to 10 (a) and 30 (b) J/cm2. For each microorganism, the biofilm formation occurred during immersion of the specimens in a culture medium broth containing 106 colony-forming units (CFU)/ml for 48 hours at 37°C. But, at first, the specimens were sterilized in ethylene oxide gas and randomly divided into groups (n=5): experimental (PDT a,b), which were contaminated, stained and irradiated with the different doses of energy; control 1, only contaminated; control 2, contaminated, stained and not irradiated; control 3 (a,b), contaminated, not stained and irradiated; control 4, not contaminated, not stained and not irradiated. Afterward, the specimens were submitted to contact with culture medium agar for 10 minutes, in separated Petri plates, which were incubated for 48 hours at 37°C. The number of CFU was obtained, and the data were expressed according to scores (1=0; 2=1-10; 3=11-100; 4=101-1000; 5>1000) and analyzed by Kruskall Wallis and Dunn tests (α=0.05). Results: S. mutans was only sensitized by the dye; P. aeruginosa and C. albicans were also sensitized by the dye, but showed a CFU reduction to score 2 by PDTb; S. aureus and E. coli, presented an initial score of 3 and achieved a CFU reduction to score 2 by PDTb (p<0.05). Conclusion: PDT was effective in disinfection of acrylic resin specimens and the effectiveness varied according to the dose of energy of the LEDs.
Descrição: GOMES, C. E. A. Fotossensibilização de biofilmes formados em resinas para base de prótese – in vitro. 2012. 45 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16787
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_ceagomes.pdf260,42 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.