Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16861
Título: Proteômica Funcional da Cirrose e do Carcinoma Hepatocelular
Título em inglês: Functional Proteomics of Cirrhosis and Hepatocellular Carcinoma
Autor(es): Martins, Aline Maria Araujo
Orientador(es): Moraes Filho, Manoel Odorico de
Palavras-chave: Biologia molecular
Cirrose Hepática
Carcinoma Hepatocelular
Proteômica
Data do documento: 2012
Citação: MARTINS, A. M. A. (2012)
Resumo: Introdução. O câncer é o nome mais comum dado a uma série de eventos moleculares e fisiológicos que resultam na instabilidade genética e no desequilíbrio bioquímico nas células. Dentro os sete eventos celulares que regem o câncer destaca-se neste trabalho o papel da inflamação crônica e do microambiente tumoral no desenvolvimento dos tumores. Para avaliar experimentalmente alguns destes eventos foi escolhido como modelo experimental, a cirrose resultante da hepatite crônica (viral e alcoólica) como progressora da neoplasia mais comum no fígado, o carcinoma hepatocelular. Objetivo. Identificar e inter-relacionar as proteínas/enzimas envolvidas no processo inflamatório crônico da cirrose e o estabelecimento dos processos neoplásicos no carcinoma hepatocelular. Pacientes e Métodos. Utilizando de técnicas de Proteômica diferencial, 2D DIGE acoplada à espectrometria de massa, foram analisadas, entre vários cenários biológicos, o perfil das proteínas solúveis em tecidos inflamatórios e no próprio carcinoma hepatocelular. Uma abordagem por meio da interação das proteínas anotadas em vias de sinalização foi realizada por meio do programa Metacore®. Resultados. Neste estudo, proteínas que não haviam sido separadas e purificadas por meio de eletroforese em gel diferencial foram anotadas, como Macrófago metaloelastase - MMP12; Colagenase 3 – MMP13; endoplasmina - HSP90B1; Proteína S100 A6; Desintegrina e metaloproteinase com repetição de trombospondina 9 - ADAMTS9, estas desempenhando importante papel na carcinogêneses. Discussão Relevantes observações das vias de sinalização que regem cada cenário biológico proposto, foram realizadas e vias específicas em cada etiologia foram analisadas. Conclusão. As proteínas/enzimas envolvidas no processo inflamatório crônico da cirrose e o surgimento/progressão do carcinoma hepatocelular foram identificadas e caracterizadas quanto à sua funcionalidade e a interação das mesmas, com outras proteínas diferenciais anotadas em cada cenário biológico foi avaliada dentro da perspectiva de suas vias de sinalização correspondentes. O microambiente tumoral exerce e sofre importante influência na variação da expressão gênica.
Abstract: Introduction. Cancer is the most common given name to a series of molecular and physiological events which result in genetic instability and biochemical imbalance in cells. Among the seven events that drives cell cancer, the role of chronic inflammation and tumor microenvironment in cancer development were highlighted in this work . To experimentally evaluate some of these events was chosen as an experimental model, cirrhosis resulting from chronic hepatitis (viral and alcoholic) as a progressor of hepatocellular carcinoma (HCC), the most common liver cancer. Goals. To identify and correlate proteins/enzymes involved in chronic inflammatory process of cirrhosis and HCC establishment in cancer progress. Patients and Methods. The profile of soluble proteins in inflammatory tissue and in HCC were analyzed using Functional Proteomics techniques of , such as 2D DIGE, coupled to mass spectrometry. The interaction within the identified proteins signaling pathways´ was performed by using MetaCore® software. Results. In this study, where identified proteins that never been described in the literature, using differential gel electrophoresis within the different biological scenarios analyzed here, such as macrophage metalloelastase - MMP12; Collagenase 3 - MMP13; endoplasmina - HSP90B1; heat shock protein HSP 90β - HSP90AB1; Protein S100 A6; Disintegrin and metalloproteinase with a thrombospondin motifs 9 - ADAMTS9, those playing an important role in carcinogenesis. Discussion Relevant observations due to signaling pathways within the proposed biological scenario were analysed, as well as specific pathways in each etiology. Conclusion. Proteins/enzymes involved in cirrhosis and chronic inflammatory progression and the development of HCC were identified and related by their functionality. The interaction between identified proteins within each biological scenario was evaluated from the perspective of its signaling pathways, and differences between those pathways were demonstrated. Tumor microenvironment plays and undergoes significant influence on the variation of gene expression.
Descrição: MARTINS, Aline Maria Araújo. Proteômica Funcional da Cirrose e do Carcinoma Hepatocelular. 2012. 231 f. : Tese (doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Medicina, Departamento de Fisiologia e Farmacologia , Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia - RENORBIO. Fortaleza-CE. 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16861
Aparece nas coleções:RENORBIO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_tese_amamartins.pdf7,08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.