Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16902
Title in Portuguese: Caminhos para a convivência com o semiárido: agricultura camponesa e segurança alimentar no sertão de Quiterianópolis – Ceará
Title: Pathways to coexistence with the semiarid: peasant agriculture and food security in the backwoods of Quiterianópolis - Ceará
Author: Paulo, Sulivan Barbosa de
Advisor(s): Oliveira, Alexandra Maria de
Keywords: Camponeses - Aspectos sociais
Agricultura - Região semiárida
Segurança alimentar
Issue Date: 2015
Citation: PAULO B. S. (2015)
Abstract in Portuguese: A agricultura camponesa nos sertões cearenses tem, nos últimos anos, dado saltos de qualidade impulsionados por meio da difusão das tecnologias sociais de convivência com o semiárido aplicadas a este território. Nesse contexto, o campesinato que conhecemos no Brasil se caracteriza por sua multiplicidade de sujeitos envolvidos, bem como pelas distintas relações sociais e de produção que aí se reproduzem. Fadado, por muitos, ao desaparecimento, este se reinventa nesse início do século XXI diante das adversidades políticas, econômicas e sociais. Com o objetivo de destacar as estratégias de sobrevivência dos camponeses do semiárido cearense, essa pesquisa investiga, no âmbito da pesquisa participante qualitativa, as experiências desenvolvidas por agricultores do espaço rural de Quiterianópolis, Ceará. Revendo os teóricos que discutem o campesinato no mundo e no Brasil, buscamos, por meio de um olhar particular, entender suas nuances. O trabalho de campo foi significativo por apresentar as tecnologias sociais de convivência com o semiárido e quais seus resultados para as populações envolvidas, proporcionando qualidade de vida, sobressaindo-se daí a segurança alimentar e nutricional como ponto fundamental desse processo. Finalmente, verificamos que o campesinato, ao longo dos últimos anos, vem se diversificando, o que nos permite afirmar que este se mantém na atualidade ao mesmo tempo em que resgata os antigos saberes, aliando-os às tecnologias sociais, dando um aspecto de inovação, unindo o tradicional ao moderno como mecanismo de perpetuação.
Abstract: Peasant agriculture, in the backwoods of Ceará, in recent years, has improved its quality by means of distributing social technologies of living with sim-arid applied to its territory. In this context the peasantry we know in Brazil is characterized by the different social and production relations developed in there. Fated to disappear by many, despite political, economic and social adversities, the peasantry develops ways to overcome them in the beginning of the XXI century. In order to point out the survival strategies of the peasants of the semi-arid of Ceará, this research investigates, in the scope of the qualitative research of participants, the experiences developed by rural farmers of the Quiterianópolis, in Ceará. Examining the theorists who discuss about the peasantry in Brazil and abroad, we search, by means of particular look, the understanding of its nuances. The fieldwork was significant because it presents the social technologies of living with the semi-arid and their results for the people involved, providing life quality such as food and nutritional security, both considered fundamental aspect of this process. Finally, we verify that the peasantry not only keeps alive in present time but brings back ancient knowledge, allying then to the social technologies, adding an aspect of innovation, connecting tradition to modern times as a mechanism of perpetuating peasants’ live.
Description: PAULO, Sulivan Barbosa de. Caminhos para a convivência com o semiárido: agricultura camponesa e segurança alimentar no sertão de Quiterianópolis – Ceará. 2015. 111 f. Dissertação (mestrado em geografia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16902
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_sbpaulo.pdf5,33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.