Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16909
Título: Protominérios e minérios de manganês de Juá-CE
Título em inglês: Protores and manganese ores of Jua-CE
Autor(es): Gomes, Elenilza Nascimento
Orientador(es): Veríssimo, César Ulisses Vieira
Palavras-chave: Manganês, Minérios de - Ceará
Geomorfologia
Solos
Data do documento: 2013
Citação: GOMES, E. N. (2013)
Resumo: O distrito de Juá localizado entre os municípios de Choró e Quixadá, no estado do Ceará, registra ocorrência de manganês proveniente do enriquecimento supergênico de lentes e faixas de protominérios metamórficos silicáticos e sílico-carbonáticos intercalados em biotita gnaisses da Unidade Algodões. As litologias aflorantes encontram-se dobradas constituindo estruturas antiformais e sinformais com eixos predominantemente orientados E-W com inflexões NW-SE. A tectônica rúptil foi evidenciada pela orientação dos principais cursos d’água e fraturas presentes nas rochas com orientações preferenciais NW-SE e NE-SW. No contexto geotectônico, os terrenos que ocorrem na área, margeiam a borda norte-nordeste do bloco arqueano de Pedra Branca, aflorando desde a região de Madalena/Boa Viagem até a região de Choró. Os protominérios podem ser diferenciados em dois tipos principais: um onde predomina granada manganesífera (espessartita) e outro, onde os minerais de minério dominantes são a rodonita e a piroxmangita (piroxênios manganesíferos). Ambos correspondem aos protominérios silicatados contendo teores variados de óxidos de silício, alumínio e cálcio. Os protominérios metamórficos provêm da reação de sedimentos pretéritos contendo carbonatos de manganês. O enriquecimento supergênico dos protominérios gerou minérios maciços contendo pirolusita, manganita, criptomelana e todorokita em proporções variadas. A pirolusita e a criptomelana representam as fases dominantes dos minérios mais ricos.
Abstract: The district Juá located between the municipalities of Choró and Quixadá in the state of Ceará, manganese occurrence records from the supergene enrichment of lenses and bands protominérios metamorphic silicate and silica-carbonate intercalated biotite gneisses Unit Cottons. The main occurrences are oriented EW to NW-SE to inflections, the ore bodies are boudinados and folded along with the host rocks of gneiss unit Cottons as a result of ductile deformation Brasiliana. The ruptile tectonics is also recorded in the area, as evidenced by the orientation of the main watercourses and systems of fractures observed in lithologies mapped according to orientations preferred NW-SE and NE-SW. The petrographic, mineral chemistry and X-ray diffraction enabled the differentiation of two main types of protominérios manganese: a predominantly manganesífera garnet (spessartine) and another where the ore is the mineral rhodonite (pyroxene manganesíferos). Both of protominérios essentially correspond to silicate containing varying amounts of oxides of silicon and aluminum. The supergene enrichment of protominérios generated massive ore containing pyrolusite, manganite, cryptomelane and todorokite in varying proportions. Apparently the pyrolusite and cryptomelane represent the dominant phases of the richest ores. The protominérios derived metamorphic reaction past tenses sediment containing (silicates, carbonates and oxides of manganese). Apparently the pyrolusite is the dominant phase of the richest ores.
Descrição: GOMES, Elenilza Nascimento. Protominérios e minérios de manganês de Juá-CE. 2013. 111 f. Dissertação (mestrado em geologia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16909
Aparece nas coleções:DGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_dis_engomes.pdf11,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.