Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16910
Título: Assinatura geoquímica e isotópica de protólitos e granitos pertencentes ao arco magmático de Santa Quitéria - CE
Título em inglês: Geochemistry and isotopic signature of protholiths and granites belonging to magmatic arc of Santa Quitéria
Autor(es): Hamelak, Glória Maria Silva
Orientador(es): Magini, Christiano
Palavras-chave: Geoquímica - Ceará
Mapeamento geológico
Geoquímica isotópica
Data do documento: 2015
Citação: HAMELAK, G. M. S. (2015)
Resumo: A relação entre o Arco Magmático de Santa Quitéria (AMSQ), Domínio Ceará Central da Província Borborema, e as sequências de rochas metassedimentares marginais ao mesmo, merece atenção quanto ao estabelecimento do arcabouço evolutivo paleogeográfico e geotectônico desta ampla feição. O presente trabalho foi realizado ao longo de 03 (três) perfis transversais ao arco, de maneira a analisar por meio de dados isotópicos e litogeoquímicos a proveniência das rochas metassedimentares acima mencionadas. Engloba litotipos orto e paraderivados pertencentes ao AMSQ, ao Grupo Ceará (Unidades Canindé e Independência) e ao Embasamento policíclico. Inseridos no AMSQ, granitos neoproterozóicos associados a fase tangencial são representados na área de pesquisa por monzogranito e quartzo monzonito. Diagramas multi-elementos assinalam para as ortoderivadas uma forte anomalia negativa de P em todas as amostras, o que pode refletir o fracionamento da apatita. Anomalias negativas de Sr e Ti nos granitos podem ser atribuídas ao fracionamento de plagioclásio e de Nb nos ortognaisses pode ser indicativo de contribuição de fontes crustais no processo magmático. As amostras de proveniência sedimentar incluem litologias predominantemente ácidas tendo como possíveis protólitos folhelhos e grauvacas. Os valores de Eu/Eu* nestas rochas variam entre 0.38-0.82, semelhante ao padrão do PAAS (Pos-Archean Austrália Share), inferindo derivação crustal a estas. A seu turno, a razão (Gd/Yb)N com valores entre 1.1 e 1.9 (<2.0), sendo indicativo de derivação de rochas pós-arqueanas. Idades modelo TDM em rocha total com intervalo entre 1.25Ga e 2.41Ga indicam participação de fontes múltiplas na formação dos terrenos neoproterozóicos. Valores de ƐNd(t) negativos e ƐSr(t) positivos indicam para a maioria das amostras uma marcada participação de fontes metassedimentares e/ou meta-ígneas com longos períodos de residência crustal na gênese destas últimas. Todas as amostras são de derivação continental, cujo grau de retrabalhamento infere a estas, mistura e heterogeneidade das crostas envolvidas durante o Ciclo Brasiliano. Em termos geocronológicos, idades U-Pb em zircão com intervalos entre 2.39 e 623.7Ma obtidas para rochas pertencentes as Unidade Canindé e Independência de 807 Ma sugerem fonte múltipla para a gênese das rochas. Tais características podem ser atribuídas à ocorrência dos diversos eventos geotectônicos regionais e envolvendo a participação de terrenos arqueanos (pouca contribuição); paleoproterozóicos (maior contribuição e com participação de terrenos do tipo TTG); do período de rifteamento 1.7 – 1.8 Ga; uma participação bem marcada do evento Brasiliano e ainda, possível envolvimento de faixa transversal mesoproterozóica. As idades U-Pb em zircão obtidas para as amostras GH001 (2.39Ga) e GH017 (2.15Ga) (Unidade Canindé) permitem sugerir que estas representam “porções” ou “janelas” do embasamento, sugestiva da presença de novas áreas paleoproterozóicas no contexto geológico da área de estudo.
Abstract: The relationship between the Santa Quitéria Magmatic Arc - AMSQ, Ceará Central Domain (northern portion of the Borborema Province), and the sequences of marginal metasedimentary rocks to the arc deserves attention on the establishement of paleogeographic and geotectonic framework evolution of this broad feature. The presente paper was realized over three (03) sections cross to the arc, in order to analyze through isotopic and lithogeochemical data the provenance of the above-mentioned metasedimentary rocks. It includes para and orthoderivative lithologies belonging to AMSQ, to Grupo Ceará (Canindé and Independência Units) and to polycyclic basement. Inserted in AMSQ, neoproterozoic granites associated with tangential phase are represented in research by monzogranite and quartz monzonite. Multi-elements diagrams signal on the orthoderivated a strong negative anomaly of P in all samples, wich may reflect the fractionation of the apatite. Negative anomalies of Sr and Ti in granites can be attributed to the fractionation of plagioclase and the Nb in orthogneisses may be the indicative of crustal sources contribution to the magmatic process. The samples of sedimentary origin include lithologies predominantly acidic having as possible protolith shales and greywacke. The Eu/Eu* values in those rocks range from 0.38 to 0.82, similar to the patterns of PAAS (Pos-Archean Austrália Share), implying in crustal derivation on these. In its turn, the reason (Gd / Yb)N values between 1.1 and 1.9 (<2.0), being indicative of derivation of post-Archean rocks. Whole-rock Sm-Nd isotopic data gave TDM ages interval between 1.25Ga and 2.41Ga indicate participation from multiple sources in the formation of neoproterozoic land. Negative values of ƐNd(t) and positive values of ƐSr(t) indicate for most of the samples a marked participation of metasedimentary sources and / or meta-igneous with long periodes of crustal residence in the genesis of those. All samples are continental derivation, whose degree of reworking inferred to, mixing and heterogeneity of crusts involved during the Brasiliano Cycle. In geochronological terms, ages of U-Pb in zircon with intervals between 2.39 and 623.7Ma obtained from rocks of the Canindé e Independência Unitis with 807 Ma suggest multiple source for the genesis of the rocks. Such characteristics can be attributed to the occurrence of several regional geotectonic events and involving the participation of Archean terrains (little contribution); paleoproterozoic (greater contribution and participation of TTG land type); the rifting period 1.7 - 1.8 Ga; a marked participation of the Brasiliano event and further possible involvement of mesoproterozoic cross track. The ages of U-Pb in zircon obtained for the samples GH001 (2.39Ga) and GH017 (2.15Ga) (Canindé Unit) allow us to suggest that these represent "parts" or "windows" of the basement, suggestive of the presence of new areas paleoproterozoic in the geological context on the area of study.
Descrição: HAMELAK, Glória Maria Silva. Assinatura geoquímica e isotópica de protólitos e granitos pertencentes ao arco magmático de Santa Quitéria - CE. 2015. 159 f. Tese (doutorado em geologia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16910
Aparece nas coleções:DGL - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_gmshamelak.pdf10,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.