Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16956
Título: Respostas e adaptações de plantas jovens de coqueiro-anão-verde à salinidade do solo e encharcamento
Título em inglês: Responses and adaptations of young plants of dwarf coconut - green to soil salinity and waterlogging
Autor(es): Medeiros, Wiliana Júlia Ferreira de
Orientador(es): Lacerda , Claudivan Feitosa de
Palavras-chave: Agronomia
Cocos nucifera L
Estresse salino
Excesso de água
Data do documento: 2016
Citação: MEDEIROS, W. J. F. (2016
Resumo: A cocoicultura, no Brasil, se destaca por sua importância econômica e social. O cultivo do coqueiro vem sendo introduzido em várias regiões do país, e a região Nordeste se destaca com as maiores plantações e produções. Atualmente, um dos principais problemas no setor agrícola, sobretudo, em regiões semiáridas, vem sendo o processo de salinização dos solos. O problema é acentuado mediante a utilização de águas com alta concentração de sais. Outro fator existente nos ambientes salinos é o excesso de água, notadamente, em solos argilosos e com drenagem deficiente. A utilização de espécies vegetais tolerantes à salinidade tem sido uma estratégia recomendada para promover a reabilitação de solos degradados pelo excesso de sais. Assim, objetivou-se com este trabalho, avaliar os efeitos das associações entre salinidade do solo e encharcamento, nas respostas e adaptações de plantas jovens de coqueiro-anão-verde. O experimento foi conduzido, em ambiente protegido, na área experimental da Estação Agrometeorológica - Campus do Pici, da Universidade Federal do Ceará, no município de Fortaleza – Ceará, sob delineamento estatístico de blocos casualizados, arranjados em parcelas subdivididas com cinco repetições. Nas variáveis em que os dados foram coletados ao longo do tempo, o delineamento estatístico foi arranjado em parcelas subsubdivididas. As parcelas foram formadas por cinco ciclos de encharcamento (0; 1; 2; 3 e 4), aos 30, 60, 90 e 120 dias, com duração de quatro dias cada ciclo, e as subparcelas foram constituídas por cinco níveis de salinidade do solo (1,70; 11,07; 16,44; 22,14 e 25,20 dS m-1). Variáveis biométricas, fisiológicas e nutricionais foram avaliadas nas plantas. No solo, avaliaram-se a fertilidade e a condutividade elétrica (CE). A inibição do crescimento das mudas foi ocasionada muito mais pela salinidade do solo, do que pelo encharcamento. Os efeitos do encharcamento do solo sobre o crescimento das mudas diminuiu, com aumento da salinidade. As trocas gasosas foram influenciadas, principalmente, pelo fator salinidade do solo, sendo que estas respostas foram relacionadas à causas estomáticas e não estomáticas. O fator salinidade resultou em acúmulo de P e K no solo, sendo consequência do menor crescimento e da menor extração pelas plantas. A redução no crescimento e nas trocas gasosas foliares está associada aos efeitos osmóticos, e ao aumento nos teores foliares de íons potencialmente tóxicos (Na+ e Cl-). Os resultados não evidenciaram indução de deficiência nutricional. As plantas de coqueiro apresentaram potencial para serem utilizadas em programas de revegetação, em áreas afetadas por sais, até o nível salino de 11,07 dS m-1.
Abstract: The coconut crop in Brazil stands out for its economic and social importance. The coconut cultivation has been in troduced in several regions of the country, however, the Northeast stands out with the largest plantations and production. Currently, a major problem in the agricultural sector, especially in semi-arid regions, has been the process of soil salinization. This problem is accentuated by the use of water with high salt concentration. Another factor existing in saline environments is excess water, especially, in clay soils and with poor drainage. The use of species toler ant to salinity has been a recommended strategy, to promote the rehabilitati on of degraded soils by excess salts. Thus, the objective of this work, was to evaluate the effects of the associations between soil salinity and waterlogging, at the responses and adaptations of young plants of coconut. The work was conducted, in agreenhouse, in the experimental area of the Meteorological Station, Campus Pici, the Federal University of Ceará, in Fortaleza–Ceará, a randomized block design arranged in split plot scheme, with five repetitions, was used.The variables on which the data were collected over time, the experimental design was arranged in split split plots. The plots were formed by five cycles of waterlogging (0; 1; 2; 3 e 4), to 30, 60, 90 e 120 days, lasting four days each cycle, and the subplots were constituted by the five levels of soil salinity (1.70; 11.07; 16.44; 22.14 e 25.20 dS/m). Biometric, physiological a nd nutritional variables were eva luated in plants. In the soil, were evaluated fertility and the electrical conductivity (EC). The growth inhibition of the seedlings was caused more by soil salinity, than by waterlogging. The effects of waterlogging on the growth of plants decreases, with increasing salinity. Gas exchanges were influenced, mainly, by the soil salinity factor, and these responses were related to stomatal causes and not stomatal. The salinity factor resulted in accumulation of P and K in the soil, consequence of lower growth and lower extraction by plants. The reduction in growth and leaf gas exchange is associated with o smotic effects, and an increase in foliar levels of potentially toxic ions (Na+and Cl-). The results did not evidenced nutritional deficiency induction. The coconut plants presented potential to be utilized in revegetation programs, in areas affected by salts, up to the salt level of 11.07 dS/m.
Descrição: MEDEIROS, Wiliana Júlia Ferreira de. Respostas e adaptações de plantas jovens de coqueiro-anão-verde à salinidade do solo e encharcamento. 2016. 90 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Ciências do Solo, Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Solos e Nutrição de Plantas, Fortaleza-CE, 2016
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16956
Aparece nas coleções:DCS - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_wjfmedeiros.pdf4,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.