Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16966
Título: Glicerinas bruta e semipurificada na alimentação de codornas de corte
Título em inglês: Glycerines gross and semipurified on cutting power quails
Autor(es): Farrapo, Samily de Paulo
Orientador(es): Nascimento, Germano Augusto Jerônimo do
Palavras-chave: Codorna - Criação
Codorna - Alimentação e rações
Ave - Nutrição
Coturnix coturnix coturnix
Nutrição animal
Data do documento: 2015
Citação: FARRAPO, S. P. (2015)
Resumo: Objetivou-se avaliar o uso das glicerinas mista e bruta na alimentação de codornas de corte. Foram executados dois experimentos, sendo um de digestibilidade para determinar os valores energéticos da glicerina vegetal bruta e da mista semipurificada. No segundo experimento avaliou-se o desempenho, características da carcaça e da carne de codornas de corte recebendo diferentes níveis de inclusão dessas glicerinas nas dietas. No ensaio de digestibilidade utilizou-se 180 codornas de corte, dos 14 aos 21 de idade, alojadas em gaiolas para estudos metabólicos, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x2+1, sendo 2 níveis de substituição da ração referência pela glicerina (10 e 20%), dois tipos de glicerinas (vegetal e mista), mais a ração referência, totalizando 5 tratamentos com 6 repetições de 6 aves. O período experimental foi de oito dias, sendo quatro para a adaptação e quatro para coleta total de excretas. A glicerina vegetal bruta apresentou maior energia metabolizável aparente corrigida pelo balanço do nitrogênio com base na MS (EMAn kcal/kgMS), como na MN (EMAn kcal/kgMN), 5.195 e 4.759, contra 3.884 e 3.472 para a glicerina mista semipurificada, para os valores energéticos, respectivamente. No segundo experimento utilizou-se 432 codornas de corte de 1 a 42 dias de idade, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x4+1, sendo 2 tipos de glicerinas (vegetal e mista), 4 níveis de inclusão de glicerinas nas dietas (5, 10, 15 e 20%), mais a ração controle, sem inclusão de glicerina, totalizando 9 tratamentos com 4 repetições de 12 aves. Aos 42 dias as aves passaram por jejum sólido de oito horas, para o abate, sendo duas aves de cada repetição separadas dentro do peso médio, para posteriores análises. Avaliou- se o consumo de ração, ganho de peso, conversão alimentar, rendimento de carcaça, de cortes (peito e coxa+sobrecoxa), teor de gordura abdominal, biometria dos órgãos (fígado, coração e moela), amônia volátil, umidade e PH da cama, bem como as características físicas e sensoriais da carne. Os dados foram submetidos à análise de variância e os níveis de inclusão das glicerinas, foram desdobrados em polinômios. Para comparação em relação ao tratamento controle, foi utilizado o teste de Dunnett (5%). Observou-se diferença para o desempenho, onde a glicerina mista proporcionou maiores resultados para consumo de ração em todos os períodos analisados, bem como na conversão alimentar de 1 a 21 dias e de 1 a 42 dias de idade das codornas. Não foi observada diferença entre as glicerinas utilizadas para a amônia volátil, enquanto entre os níveis de inclusão das glicerinas houve efeito linear crescente para essa variável à medida que se adicionou qualquer das glicerinas nas rações. O pH da cama foi superior ao se utilizar qualquer nível de inclusão da glicerina vegetal quando comparado ao tratamento controle, bem como a partir de 10% de inclusão os valores de pH são maiores ao se utilizar a glicerina vegetal e não a mista. Nenhum dos fatores analisados interferiu no teor de umidade da cama. Não foram observadas diferenças para o rendimento, já a gordura abdominal mostrou-se maior nas aves que consumiram ração contendo glicerina vegetal. Para as características físicas da carne considerou-se a perda de peso por cocção, força de cisalhamento e capacidade de retenção de água, onde os dados para os níveis de inclusão das glicerinas foram desdobrados em polinômios, enquanto que para as glicerinas usado o Teste F. Já para as características sensoriais, aroma, cor, sabor e avaliação global, as médias foram comparadas pelo teste de Ducan a 5%. O uso de glicerina vegetal ou mista não interferiu nas características sensoriais da carne de codorna (P>0,05), podendo ser usada em até 20% de inclusão nas rações. Para as características físicas houve diferença (P<0,05) para força e cisalhamento sendo os níveis 12,5% da GMS e 12,78% da GVB os que apesentaram melhores resultados. Para PPC e CRA não houve diferença (P> 0,05) entre os tratamentos analisados. Conclui-se que as duas glicerinas possuem potencial para serem utilizadas até 20% na alimentação de codornas, sem prejudicar o ganho de peso, o rendimento e a qualidade da cama, sendo a glicerina bruta a que apresenta maior quantidade de energia. No entanto, 13% de inclusão de glicerina nas rações de codorna proporciona uma carne mais suculenta.
Abstract: The objective was to evaluate the use of mixed and gross glycerines on slaughter quail. Two experiments were performed, one of digestibility to determine the energy values of crude vegetable glycerin and semipurified mixed. The second experiment evaluated the performance, carcass characteristics and meat quail meat receiving different levels of inclusion in the diets of these glycerides. In the digestibility assay was used 180 quails, from 14 to 21 of age, housed in cages for metabolic studies, distributed in a completely randomized design in a factorial 2x2 + 1, 2 ration of replacement reference levels for glycerin (10 and 20%), two types of glycerides (crop and mixed), the more the reference diet, totaling five treatments with 6 replications of 6 birds. The experiment lasted eight days, four for adaptation and four for excreta collection. Gross vegetable glycerin had a higher apparent metabolizable energy corrected by nitrogen balance based on MS (AMEn kcal / kgMS) as the MN (AMEn kcal / kgMN), 5,195 and 4,759, against 3,884 and 3,472 for the semipurified mixed glycerin to the energy values, respectively. In the second experiment we used 432 quails 1- 42 days old, distributed in a completely randomized design in a factorial 2x4 + 1, 2 types of glycerides (vegetable and mixed), 4 glycerines inclusion levels in diets (5, 10, 15 and 20%) over control diet without the addition of glycerin, a total of 9 treatment with 4 replications of 12 birds. At 42 days the birds have undergone solid fasting for eight hours for slaughter, two birds of each separate repetition within the medium weight, for further analysis. It were evaluate the feed intake, weight gain, feed conversion, carcass yield, cuts (breast and thigh + drumstick), abdominal fat, biometry of the organs (liver, heart and gizzard), volatile ammonia, moisture and PH of the bed, as well as physical and sensory characteristics of meat. Data were subjected to analysis of variance and levels of inclusion of glycerides, they were deployed in polynomials. For comparison compared to the control treatment was performed using the Dunnett's test (5%). Difference was observed for performance, where the mixed glycerol provided greater results for feed intake in all periods analyzed, as well as feed conversion 1-21 days and 1-42 days of age of quail. No difference was observed between the glycerides used for volatile ammonia, while between the levels of inclusion of glycerines there was increasing linear effect for this variable as they added either glycerines in feed. The pH was superior to the bed using any inclusion level of vegetable glycerin compared to the control treatment and from 10% to include the pH values are higher when using the vegetable glycerine and not mixed. None of the analyzed factors interfered with the moisture content of the bed. There were no difference for yield, since abdominal fat was higher in birds fed diet containing vegetable glycerin. For the physical characteristics of the meat considered the weight loss for cooking, shear strength and water holding capacity, where data for inclusion levels of glycerides were deployed in polynomials, while for the glycerides used Test F . As for the sensory characteristics, aroma, color, flavor and overall evaluation, the means were compared by 5% Duncan test. The use of vegetable glycerin mixed or no effect on the sensory characteristics of quail meat (P>0.05), can be used in up to 20% inclusion in diets. For the physical difference (P <0.05) for strength and shear levels being 12.5% of GMS and 12.78% of GVB apesentaram that the best results. CRA for PPC and there was no difference (P> 0.05) between treatments analyzed. It follows that the two glycerides have potential to be used up to 20% in the feed quail, without harming the weight gain, the yield and quality of the bed, and the crude glycerin presents the highest amount of energy. However, 13% inclusion of glycerin in quail rations provides a more succulent meat.
Descrição: FARRAPO, Samily de Paulo. Glicerinas bruta e semipurificada na alimentação de codornas de corte. 2015. 78 f. Dissertação (mestrado em zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16966
Aparece nas coleções:RENORBIO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_dis_spfarrapo.pdf1,31 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.