Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16988
Title in Portuguese: Variação temporal na produção e valor nutricional do pólen usado na dieta de Apis mellifera L. em floresta estacional semidecidual
Title: Temporal variation in production and nutritional value of pollen used in the diet of Apis mellifera l. in a seasonal semideciduous forest
Author: Nascimento, José Elton de Melo
Advisor(s): Silva, Cláudia Inês da
Keywords: Abrelha - Criação
Apicultura
Flora apícola
Nutrição
Nutrição animal
Pólen apícola
Issue Date: 2016
Citation: NASCIMENTO, José Elton de Melo. Variação temporal na produção e valor nutricional do pólen usado na dieta de Apis mellifera L. em floresta estacional semidecidual. 2016. 51 f. Dissertação (mestrado em zootecnia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2016.
Abstract in Portuguese: O pólen apícola é um produto das abelhas Apis mellifera que possui alto valor nutricional, indispensável para a manutenção de suas colônias. Além disso, representa uma importante fonte de renda para apicultores de diversos países. Mas, a falta de conhecimento sobre a flora polinífera e sua contribuição no valor nutricional ainda são entraves para a expansão da produção do pólen apícola. Nesse sentido, o presente estudo teve como objetivo analisar o potencial da produção, a variação temporal, a origem botânica e o valor nutricional do pólen apícola produzido por A. mellifera em Floresta Estacional Semidecidual na Serra da Meruoca (FESSM). Para isso foram coletadas 15 amostras de pólen mensalmente em cada colônia (n=10), durante 12 meses. Cada amostra foi dividida em duas partes, sendo uma destinada à análise bromatológia e a outra à análise da origem botânica. A dieta de A. mellifera na FESSM foi composta por 74 tipos polínicos distribuídos em 58 gêneros e 27 famílias. As famílias botânicas mais representativas em número de espécies foram Leguminosae (n= 16), Asteraceae (11) e Rubiaceae (6). O gênero Mimosa (Leguminosae) apresentou o maior número de espécie (n=7) em floração durante o período de estudo. Ao longo do ano dois picos produtivos de pólen apícola foram encontrados, um no período seco e outro no período chuvoso, com valores mais elevados no período chuvoso. A análise do valor nutricional considerando, proteína bruta, carboidratos, extrato etéreo e matéria mineral variaram ao longo do período estudado. Sendo a matéria seca influenciada pela precipitação. Alguns grupos taxonômicos apresentaram relação positiva com os nutrientes. Embora a dieta do A. mellifera seja amplamente diversificada, essa espécie de abelha direciona a maior parte de seu esforço no forrageamento de pólen em espécies do gênero Mimosa e em Attalea speciosa. Este estudo mostra que a FESSM apresenta espécies de plantas altamente nutritivas e um elevado potencial para a produção de pólen apícola.
Abstract: Bee pollen is a product of Apis mellifera with high nutritional value, indispensable for the maintenance of its colonies. It is also an important source of income for beekeepers in different countries. However, the lack of knowledge about the polliniferous flora and its contribution to the nutritional value is an obstacle to increase the production of bee pollen. In this sense, this study analyzed the potential of production, the temporal variation, the botanical origin and the nutritional value of bee pollen produced by A. mellifera in a seasonal semideciduous forest at Serra da Meruoca (FESSM). Once in a month, we collected 15 pollen samples in each colony (n= 10) over a period of 12 months. Each sample was divided into two parts, one for chemical analysis and another for botanical origin analysis. The diet of A. mellifera consisted of 74 pollen types distributed in 58 genera and 27 families. The botanical families Leguminosae (n= 16), Asteraceae (11) and Rubiaceae (6) were the most representative in number of species. Mimosa (Leguminosae) had the highest number of species (n= 7) contributing pollen during the study period. As for the production of bee pollen, we found two production peaks, with higher values in the rainy season. Results of the nutritional value considering crude protein, carbohydrates, lipids and mineral matter indicated changes over the study period, with influence of rainfall on the dry matter content. Some taxonomic groups showed a positive relationship with nutrients. Although the diet of A. mellifera is broadly diversified, this species uses most of its pollen foraging effort in the genus Mimosa and the species Attalea speciosa. This study shows that FESSM presents species of highly nutritious plants and a high potential for the pollen production.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16988
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_jemnascimento.pdf1,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.