Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17009
Título: Uso de um reator anaeróbio de manta de lodo e fluxo ascendente (UASB) na remoção de sulfato, DQO e das espécies metálicas níquel (NI2+), zinco (ZN2+) e cobre (CU2+)
Título em inglês: Using an anaerobic sludge blanket and upflow (UASB) in removing sulphate, COD, metal species nickel (Ni 2+), zinc (Zn 2+) and copper (CU2 +)
Autor(es): Albuquerque, Vinicius Farias de
Orientador(es): Nascimento, Ronaldo Ferreira do
Coorientador(es): Santos, André Bezerra dos
Palavras-chave: Saneamento
Reator UASB
Águas residuais - Purificação
Data do documento: 28-Ago-2009
Citação: ALBUQUERQUE, V. F. (2009)
Resumo: Este trabalho teve como objetivo analisar a eficiência do uso de um reator anaeróbio de fluxo ascendente e manta de lodo inoculado com lodo metanogênico proveniente de uma indústria de cerveja no tratamento de efluente sintético contendo um meio basal constituído de sulfato e posteriormente adicionado dos íons metálicos zinco (Zn2+), níquel (Ni2+) e cobre (Cu2+). O reator foi operado com um tempo de detenção hidráulico (TDH) de 18 horas e vazão de 14,9 L/dia, com o etanol como doador de elétrons. A carga orgânica volumétrica (COV) foi de 1,5 kgDQO/m3.d durante todo período de funcionamento do reator. O experimento em fluxo contínuo foi dividido em quatro etapas após a obtenção de condições estáveis de operação. Nas etapas 1 (DQO/SO4 2- = 2,26), 2 (DQO/SO4 2- = 1,13) e 3 (DQO/SO4 2- = 0,57) o afluente foi adicionado de sulfato em diferentes concentrações, permitindo a análise do comportamento do reator sob diferentes relações DQO/SO4 2-. Finalmente, na etapa quatro foram adicionados os íons metálicos. A etapa 1 (concentração de sulfato de 500 mg/L) mostrou eficiências médias de remoção de DQO e sulfato de 83,61% e 67,00%, respectivamente, além de mostrar que o reator se manteve estável durante este período. Já na etapa 2 (concentração de sulfato de 1000 mg/L), o reator passou por um período de instabilidade devido ao choque de carga ocasionado pela nova concentração de sulfato, mas ainda apresentou boas eficiências médias de remoção de DQO (70%) e sulfato (62%). A etapa 3 (concentração de sulfato de 2000 mg/L) mostrou que sob relações DQO/SO4 2- baixas o rendimento acaba caindo, principalmente devido à falta de doador de elétrons para a redução de sulfato. As eficiências médias de remoção de DQO e sulfato foram de 62% e 44%, respectivamente. Na etapa 4, adicionou-se os íons metálicos inicialmente na concentração de 50 mg/L, obtendo-se como eficiências médias de remoção para o Zn2+, Ni2+ e Cu2+ os seguintes valores, respectivamente: 99,17%, 99,15% e 99,90%. Para a concentração afluente dos íons metálicos de 150 mg/L as eficiências médias de remoção de níquel, zinco e cobre foram de 99,4%, 99,5% e 99,8%, respectivamente. Também foram analisadas amostras de lodo retiradas de diferentes alturas do reator para verificar a distribuição dos metais ao longo da extensão do reator. Os resultados gerais mostraram boas eficiências de remoção de DQO e sulfato, além de mostrarem eficiências de remoção das concentrações iniciais dos íons metálicos acima de 99%, mostrando a viabilidade do uso da redução biológica de sulfato no tratamento de efluentes contendo altas concentrações de matéria orgânica, sulfato e metais pesados.
Abstract: This work had the objective of analyze the efficiency of the use of an anaerobic upflow sludge bed reactor (UASB) inoculated with methanogenic sludge proceeding from a beer industry in a treatment of a synthetic effluent with sulfate and subsequently added with the metal ions zinc (Zn2+), nickel (Ni2+) and cooper (Cu2+). The reactor was operated with a hydraulic retention time (HRT) of 18 hours and a flow of 14,9 L/day with ethanol as electron donor. The organic loading rate (OLR) was 1,5 kgDQO/m3.d during the whole running period of the reactor. The continuous flow experiment was divided into four stages after stable conditions had been achieved. At stages 1 (DQO/SO4 2- = 2,26), 2 (DQO/SO4 2- = 1,13) e 3 (DQO/SO4 2- = 0,57) the influent was added with sulfate at different concentrations allowing the analysis of the reactor behavior under different relations DQO/SO4 2-. Finally, at the stage four the metals ions were added. The stage 1 (sulfate concentration of 500 mg/L) showed average removal efficiencies of COD and sulfate of 83,61% and 67,00%, respectively, in addiction to show that the reactor remained stable during this period. Now, in step 2 (sulfate concentration of 1000 mg/L), the reactor was undergoing a period of instability due to shock load caused by new sulfate concentration, but still showed good average removal efficiencies of COD (70%) and sulfate (62%). Step 3 (sulfate concentration of 2000 mg/L) showed that under low relations DQO/SO4 2- income ends up falling, mainly due to lack of electron donor for sulfate reduction. The average removal efficiencies of COD and sulfate were 62% and 44% respectively. In step 4, was added the metal ions, initially at a concentration of 50 mg/L, there was obtained as average removal efficiencies for Zn2+, Ni2+,and Cu2+ the following values, respectively 99.17% and 99.15% 99.90%. For the influent concentration of metal ions of 150 mg/L the average removal efficiencies of nickel, zinc and copper were 99.4%, 99.5% and 99.8%, respectively. Samples of sludge taken from different heights of the reactor were also analysed to determine the distribution of metals along the length of reactor. The overall results showed good removal efficiencies of COD and sulphate, and show removal efficiencies of initial concentrations of metal ions above 99%, demonstrating the feasibility of using biological reduction of sulfate in the treatment of effluents containing high concentrations of organic matter, sulfate and heavy metals.
Descrição: ALBUQUERQUE, V. F. Uso de um reator anaeróbio de manta de lodo e fluxo ascendente (UASB) na remoção de sulfato, DQO e das espécies metálicas níquel (NI2+), zinco (ZN2+) e cobre (CU2+). 2009. 91 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Saneamento Ambiental) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17009
Aparece nas coleções:DEHA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_vfalbuquerque.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.