Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1702
Título: Determinação dos índices de sensibilidade ambiental ao derramamento de óleo do litoral da ilha de São Tomé
Autor(es): Castro, Aline Capela Fernandes de
Orientador(es): Maia, Luis Parente
Palavras-chave: Engenharia do petróleo
Gerenciamento costeiro
Data do documento: 2010
Editor: http://www.teses.ufc.br/
Citação: CASTRO, A. C. F. de (2010)
Resumo: Acidentes por derrames de petróleo no mar causam danos irreversíveis para o meio ambiente, para melhor tratar e prever os acidentes desde as últimas décadas diversos países adotaram planos de contingência, avaliação de risco e de vigilância marinha no combate à poluição por petróleo. Inicialmente, esses planos eram baseados apenas em observações, coletas de dados in situ, e experimentos laboratoriais. Em 1976, foi criado um índice de sensibilidade ao impacto por óleo através do quais os diferentes ecossistemas costeiros foram mapeados e hierarquizados em uma escala de sensibilidade relativa denominada de Carta de Sensibilidade Ambiental ao Derrame de Óleo (Cartas SAO), (NOAA, 1997). Para a elaboração da Carta de Sensibilidade Ambiental ao Derramamento do Óleo da área foi adotada uma metodologia baseada nas especificações e normas técnicas descritas pelo NOOA Coastal Sevice, adaptadas pelo Ministério de Meio Ambiente (MMA 2002) para a costa brasileira. Para a elaboração das Cartas SAO de São Tomé utilizou-se estudos sobre composição litológica, tipos de morfologia praial, parâmetros hidrológicos, composição do substrato, recursos naturais e atividades desenvolvidas em cada setor do litoral, que foram determinantes na classificação e caracterização do grau de risco ambiental dos compartimentos costeiros, relativos aos variados índices de sensibilidade ambiental. A região litorânea de São Tomé caracteriza-se por apresentar substratos arenosos, rochosos, lamosos e regiões com desenvolvimento de recifes coralíneos. Nas áreas foram caracterizados os Índices de Sensibilidade 1 (ISL1) evidenciado nas praias da Cidade de Neves norte do país que apresenta estruturas artificiais, no terminal de descarga de combustível. Caso ocorra derrame de óleo a permanência será de pequena duração e a remoção de modo natural. Índice 2 (ISL2) caracterizado por praias que apresentam costões rochosos e rochas aflorantes no estirâncio, o substrato impermeável impede a penetração de óleo e a fina camada de sedimentos que, por vezes, se acumula na base da escarpa, é removida pelas ondas de tempestades. Índice 3 (ISL3) que apresenta substratos semipermeáveis, baixa penetração/ soterramento de petróleo, característico de praias dissipativas com areia grossa, média e fina remobilizadas pela ação das ondas. Índice 4 (ISL4) caracterizado por substratos de média permeabilidade; moderada penetração/ soterramento de petróleo, que ocorre em praias dissipativas de areia grossa, sendo encontrado na praia Largato.A penetração do óleo é cerca de 25 cm de profundidade, a mobilidade do sedimento tende ao soterramento exigindo o manuseio de grande volume de sedimentos. O impactos sobre as comunidades bióticas inter-marés podem ser severos. Índice 6 (ISL 6) apresenta substratos de elevada permeabilidade; alta penetração/soterramento de petróleo, que ocorre na praia de cascalho (seixos e calhaus), nesse caso, a percolação do óleo é cerca de 100 cm, e as praias de cascalho têm o nível mais elevado de impacto, devido à facilidade e profundidade de percolação do óleo e consequentes dificuldades de remoção. A limpeza pode ser difícil, devido à grande profundidade de penetração do óleo e baixa trafegabilidade, o jateamento com água pode ser uma solução parcial em enrocamentos. Índice 8 (ISL8) apresenta substratos impermeáveis e moderadamente permeáveis, abrigados, com epifauna abundante, ocorrendo enrocamentos "rip-rap" e outras estruturas artificiais não lisas. Índice 10 (ISL10) encontrada nas zonas pantanosas com vegetação acima d’água, ocorre nos manguezais de Malanza na região sul da ilha. A identificação dos índices de sensibilidade e a elaboração das cartas indicaram a presença de área com abaixo indices e áreas com alto índice suscetíveis ao derramamento de óleo na região costeira do país.
Abstract: Accidental oil spills at sea cause irreversible damage to the environment, to better predict and treat casualties in the last decades many countries have contingency plans, risk assessment and surveillance in combating marine oil pollution. Initially, these plans were based only on observation, data collection in situ and laboratory experiments. In 1976 an index of sensitivity was created to determine the impact of oil through which the different coastal ecosystems were mapped and ranked on a scale of relative sensitivity known as Letter of Environmental Sensitivity to Oil Spill (Letters ARE), (NOAA,1997).For drafting the Charter of Environmental Sensitivity to Oil Spill in the area was adopted a methodology based on technical specifications and standards set by the Coastal NOOA Sevice, adapted by the Ministry of Environment (MMA 2002) for the Brazilian coast. For the development of SAO Letters of Sao Tome it was used the studies on lithological composition, types of beach morphology, hydrological parameters, substrate composition, natural resources and activities in each sector of the coast, who were instrumental in the classification and characterization of the degree of Environmental risk coastal compartiments, relative to various indices of environmental sensitivity. The coastal region of Sao Tome is characterized by having sandy bottoms, rocky, muddy areas and areas with development of coral reefs. Areas were characterized as a sensitivity index (ISL1) shown on the beaches of the city of Neves in the north of the country with artificial structures, the terminal discharge of fuel. In the event of spillage of oil to stay will be of short term duration and the removal of natural way. Index 2 (ISL2) characterized by beaches and rocky shores that have rocks outcropping in estirâncio, waterproof substrate prevents the penetration of oil and the thin layer of sediment that sometimes accumulates at the base of the escarpment, is removed by stormy waves.Index 3 (ISL3) submitting semi-permeable substrates, low penetration / burial of oil, typical of dissipative beaches with coarse sand, medium and fine remobilized by wave action. Index 4 (ISL4) characterized by substrates of medium permeability, moderate penetration / burial of oil, which occurs in dissipative beaches of coarse sand, found on the beach Largato.The penetration of oil is about 25 cm deep, the mobility of sediment tends to landfill by requiring the handling of large volumes of sediment. The impacts on intertidal biota can be severe. Index ISL 6 6 presents high permeability substrates, high penetration / burial of oil, which occurs in the shingle beach (pebbles and boulders in this case, the percolation of oil is about 100 cm, and gravel beaches have the highest level high impact due to the ease and depth of percolation of oil and the consequent difficulty of removal. Cleaning can be difficult due to the large penetration depth of the oil and low traffic, blasting with water can be a partial solution in rockfill. Index 8 (ISL8) features waterproof and moderately permeable substrates, sheltered, with abundant epifaunal occurring rockfill (“ rip-rap” and other artificial structures not smooth. Index 10 (ISL10) found in wetlands whit vegetation above water, accurs in malanza mangroves in the south of the island. The identification of rates of sensitivity and the drafting of the letters indicated the presence of area below and areas with high susceptibility to oil spills in the coastal region of the country
Descrição: CASTRO, Aline Capela Fernandes de. Determinação dos índices de sensibilidade ambiental ao derramamento de óleo do litoral da ilha de São Tomé. 2010. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1702
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_acfdecastro.pdf4,41 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.