Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17051
Título: Aplicação da teoria fuzzy em um modelo bidimensional de transporte de massa, para estudar o risco fuzzy em rios urbanos, sujeitos a lançamentos de agentes poluentes
Título em inglês: Application of fuzzy theory in two-dimensional mass transport model to study the fuzzy risk in urban rivers, subject to release of pollutants
Autor(es): Gomes, Vanessa Ueta
Orientador(es): Souza, Raimundo Oliveira de
Palavras-chave: Recursos hídricos
Água - Qualidade
Avaliação de riscos
Engenharia ambiental
Data do documento: 28-Jul-2011
Citação: GOMES, V. U. (2011)
Resumo: A modelagem matemática tem se tornado uma importante ferramenta para quantificar a qualidade de água nos mais diversos sistemas hídricos. Estas formulações se tornaram mais frequentes a partir dos anos 60 com os avanços dos métodos numéricos e dos computadores digitais. Atualmente, como os problemas de qualidade de água se tornaram mais críticos, a busca por modelos mais consistentes que consigam levar em conta e quantificar as incertezas inerentes aos processos de transporte de poluentes e suas relações com os mecanismos da hidráulica e da hidrologia, tem se tornado mais intensa. Neste contexto, a Teoria Fuzzy desponta como uma alternativa viável para estudar o risco de falha de sistemas hídricos sujeitos a lançamentos de efluentes. Esta teoria, combinada com o Principio de Transporte de Massa, tem permitido que campos de risco possam ser determinados e, com isso, que um melhor controle nos lançamentos possam ser estabelecidos. Este trabalho propõe uma metodologia, baseado em uma modelagem matemática dos processos de transporte de poluentes, em rios naturais, onde os seus parâmetros principais são Funções de Pertinências, definidas segundo a Teoria Fuzzy. A pesquisa usa esses conceitos na solução da Equação da Difusão Advectiva Bidimensional “fuzzificada”, para determinar o comportamento do risco de falha e a garantia de sustentabilidade dos rios sujeitos, por exemplo, a variados tipos de lançamentos. Desta forma, campos de concentração, campos de risco e campos de confiabilidade são determinados, tanto do ponto de vista espacial, como do ponto de vista temporal. Os resultados mostraram que esta formulação pode se tornar uma alternativa consistente na avaliação dos impactos causados por derramamento de substâncias poluidoras e provir aos gestores dos recursos hídricos subsídios para uma melhor tomada de decisão.
Abstract: Mathematical modeling has become an important tool to quantify the water quality in various water systems. These formulations have become more frequent in the last 50 years with the advances in numerical methods and digital computers. Currently, as the water quality problems have become more critical, the research for more robust models, able to consider and quantify the uncertainties, inherent in the processes of pollutant transport and their relationship with the mechanisms of hydraulics and hydrology, has become more intense. In this context, the fuzzy theory emerges as a viable alternative to study the risk of failure of water systems subject to effluent discharges. This theory, combined with the Principle of Mass Transport, has allowed that risk fields could be determined and, thus, a better control over releases can be established. This research proposes a methodology, based on mathematical modeling of transport of pollutants, in natural rivers, where their main parameters are membership functions, defined according to the Fuzzy Theory. The research uses these concepts in solving the advection bi-dimensional Diffusion Equation, in its fuzzy way, to determine the behavior of the risk of failure and the reliability of rivers subject, for example, all kinds of releases. Thus, field of concentration, field of risk are determined, both from the spatial point of view, as the temporal point of view. The results showed that this formulation is becoming a consistent alternative in the assessment of impacts caused by the spreading of pollutants, giving to the managers of water resources subsidies to better decision making.
Descrição: GOMES, V. U. Aplicação da teoria fuzzy em um modelo bidimensional de transporte de massa, para estudar o risco fuzzy em rios urbanos, sujeitos a lançamentos de agentes poluentes. 2011. 121 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil: Recursos Hídricos) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17051
Aparece nas coleções:DEHA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_tese_vugomes.pdf1,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.