Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17065
Título: Avaliação do desempenho e qualidade dos ovos de poedeiras comerciais, submetidas as dietas suplementadas com diferentes óleos vegetais
Título em inglês: Evaluation of the performance and quality of eggs of commercial laying hens, submitted to the diets supplemented with different vegetal oils
Autor(es): Santos, Maria do Socorro Vieira dos
Orientador(es): Espíndola, Gastão Barreto
Palavras-chave: Zootecnia
Análise sensorial
Análise econômica
Colesterol
Desempenho zootécnico
Óleos vegetais
Data do documento: 2005
Citação: SANTOS, M. S. V. (2005)
Resumo: A pesquisa foi desenvolvida no Setor de Avicultura do Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará (UFC), objetivando avaliar o desempenho zootécnico e a qualidade dos ovos de poedeiras comerciais, submetidas às dietas com diferentes óleos vegetais. O procedimento experimental envolveu 224 poedeiras comerciais da linhagem Hy-line W-36, com 23 semanas de idade, dividido em 5 ciclos de 28 dias, durante os quais foram coletados dados para estudo. O delineamento estatístico foi em blocos ao acaso, com 7 tratamentos, sendo a unidade experimental representada por 1 parcela com 8 aves, e 4 repetições por tratamento. Os tratamentos constaram de 7 rações, com nível de energia de 2.850 Kcal EM/kg e proteína de 18%, sendo: T1 - dieta basal (sem óleo); T2 - dieta basal + 2% de óleo de soja; T3 - dieta basal + 4% de óleo de soja; T4 - dieta basal + 2% de óleo de linhaça; T5 - dieta basal + 4% de óleo de linhaça; T6 - dieta basal + 2% de óleo de algodão e T7 - dieta basal + 4% óleo de algodão. A inclusão do óleo vegetal nas dietas não possibilitou uma melhora absoluta (P>0,05) na percentagem de ovos, conversão alimentar, massa de ovo, ganho de peso corporal, peso dos ovos, percentagens da gema, clara e casca, e na redução do nível de colesterol dos ovos, em relação à dieta controle (sem óleo). De acordo com a idade das aves, observou-se aumento significativo (P<0,05) do peso dos ovos e da percentagem da gema, e redução na percentagem da clara e na coloração da gema crua, porém não houve alteração significativa (P>0,05) na percentagem da casca. O nível de 4% de adição do óleo vegetal nas dietas promoveu uma melhora efetiva (P<0,05) na coloração da gema crua dos ovos. Os ovos conservados em temperatura de refrigeração apresentaram menor (P<0,05) perda de peso e melhores (P<0,05) índices de percentagem da clara, gravidade específica, unidades Haugh e coloração da gema crua, quando comparados aos ovos conservados em temperatura ambiente. Constatou-se que a qualidade dos ovos é alterada significativamente (P>0,05) em função da temperatura de conservação e do período de estocagem, notadamente para os parâmetros perda de peso, percentagens da gema e clara, gravidade específica e unidades Haugh. Em relação à análise sensorial, a inclusão de 4% de adição de óleo de linhaça nas dietas alterou (P<0,05) efetivamente o sabor e a textura da gema e da clara dos ovos. Na análise econômica, observou-se que a margem bruta e o lucro operacional efetivo foram maiores na dieta com 2% óleo de soja e menores na dieta com 4% óleo de linhaça. A melhor resposta econômica da produção de ovos foi obtida pelas aves que consumiram dieta com 2% óleo de soja.
Abstract: The research was developed in the Sector of Poultry of the Department of Zootecnical Center of Agrarian Sciences of the Federal University of Ceará (UFC), objectifying to evaluate the zootecnical performance and the quality of eggs of commercial laying hens, submitted to the diets with different vegetal oils. The experimental procedure involved 224 commercial laying hens of the Hy-line W-36 line, with 23 weeks of age, divided in 5 cycles of 28 days, during which were collected data for study The experiment followed a randomized blocks, distributed in seven treatments, each experimental unit was a box with 8 hens and 4 repetitions per treatment. The treatments consisted of 7 rations, with level of energy of 2850 kcal ME/kg and protein of 18%, being: T1 - basal diet (without oil); T2 - basal diet + 2% of soy oil; T3 - basal diet + 4% of soy oil; T4 - basal diet + 2% of flax oil; T5 - basal diet + 4% of flax oil; T6 - basal diet + 2% of cotton oil and T7 - basal diet + 4% cotton oil. The inclusion of the vegetal oil in the diets did not make possible an absolute improvement (P>0,05) in the egg percentage, feed conversion, egg mass, body weight, egg weight, percentages of the yolk, egg white and shell and did not reduce cholesterol level of eggs, in relation to the basal diet (without oil). In accordance with the age of the birds, significant increase (P<0,05) of the weight of eggs and the percentage of the egg yolk was observed, and reduction in the percentage of the yolk and the coloration of the raw egg yolk, however it does not to have significant alteration (P>0,05) in the percentage of the shell. The level of 4% of addition of the vegetal oil in the diets promoted an effective improvement (P<0,05) in the coloration of the raw egg yolk. The eggs conserved in temperature of refrigeration presented (P<0,05) smaller loss of weight and better (P<0,05) percentage of the yolk, specific gravity, Haugh units and coloration of the raw egg yolk, when compared with eggs conserved in ambient temperature. It was evidenced that the quality of eggs is modified significantly (P>0,05) in function of the temperature of conservation and the period of storage, mainly for the parameters weight loss, percentages of the yolk and, specific gravity and Haugh units. In relation to the sensorial analysis, the inclusion of 4% of oil addition of flax oil in the diets effectively modified (P<0,05) the flavor and the texture of the yolk and the white egg. Economic analysis suggested that the rude edge and the effective operational profit were bigger in the diet with 2% oil of soy and smaller in the diet with 4% flax oil. The best economic reply of the egg production was gotten by the birds that consumed diet with 2% soy oil.
Descrição: SANTOS, Maria do Socorro Vieira dos. Avaliação do desempenho e qualidade dos ovos de poedeiras comerciais, submetidas as dietas suplementadas com diferentes óleos vegetais. 2005. 173 f. Tese (doutorado em zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2005.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17065
Aparece nas coleções:PPGZO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005_tese_msvsantos.pdf1,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.