Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17076
Título: Substituição do farelo de soja pela torta de mamona destoxificada em dietas para ovinos: valor nutritivo e desempenho bioeconômico
Título em inglês: Replacing of soybean meal by detoxified castor cake in sheep diets: nutritive value and bioeconomic performance
Autor(es): Pompeu, Roberto Cláudio Fernandes Franco
Orientador(es): Cândido, Magno José Duarte
Palavras-chave: Zootecnia
Análise econômico-financeira
Comportamento ingestivo
Confinamento
Ganho médio diário
Ricinus communis
Data do documento: 2009
Citação: POMPEU, R. C. F. F. (2009)
Resumo: Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o valor nutritivo e desempenho bioeconômico de ovinos alimentados com quatro níveis de substituição (0; 33; 67 e 100%) do farelo de soja (FS) pela torta de mamona destoxificada (TMD), no período de agosto de 2008 a março de 2009. O experimento foi conduzido no Núcleo de Ensino e Estudos em Forragicultura (NEEF), pertencente ao Departamento de Zootecnia da Universidade Federal do Ceará, localizada em Fortaleza, Ceará. Utilizou-se 40 ovinos mestiços de Morada Nova, machos, inteiros, com peso vivo inicial de 18,7 ± 1,62 kg e idade de 6,5 meses, sendo 20 animais para o ensaio de digestibilidade e 20 para o ensaio de consumo de nutrientes, comportamento e desempenho. O delineamento experimental para os dados de consumo, digestibilidade de nutrientes, balanço energético e nitrogenado, desempenho produtivo e características da carcaça foi o de blocos completos ao acaso com quatro tratamentos e cinco repetições. O delineamento utilizado para os dados de comportamento ingestivo foi o de parcelas subdivididas, com níveis de substituição do FS pela TMD sendo as parcelas e o período do dia, as subparcelas, com cinco repetições (ovinos) por tratamento. O volumoso utilizado foi o feno de capim-tifton 85. Observou-se efeito linear decrescente (P<0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD para o CMS e CMO. A equação de regressão apresentou efeito linear decrescente no CPB. Observou-se efeito quadrático dos níveis de substituição sobre o CFDN, com o máximo de 1,77% PV com 70% de substituição. Observou-se efeito linear crescente dos níveis de substituição da TMD pelo FS sobre o CFDA. O consumo de EE em g/dia, não foi influenciado pela adição da TMD às dietas, com média de 46,55 g/dia. Houve redução linear no consumo de carboidratos não-fibrosos (CCNF), 0,12 g/kg0,75 para cada 1% de adição de TMD às dietas. Observou-se efeito (P<0,05) linear decrescente dos níveis de substituição do farelo de soja (FS) pela torta de mamona destoxificada (TMD) sobre DMS e DMO. Não foi observado efeito (P>0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD na DPB, com média igual a 76,63%. Não houve efeito (P>0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre a DFDN e DFDA, com média igual a 55,36 e 50,86%, respectivamente. A elevação da DEE com o aumento de TMD às dietas deveu-se ao elevado teor de EE da TMD (6,10%), contra 1,8% do FS. Observou-se redução linear (P<0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre a DCT. Não foi verificado efeito dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre a DCNF, com média igual a 84,68%. Observou-se redução linear (P<0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre o NDT. Os consumos de energia bruta (CoEB), energia digestível (CoED), energia metabolizável (CoEM) e energia líquida de mantença (CoElm), apresentaram efeito linear decrescente (P>0,05) com a elevação dos níveis de substituição do FS pela TMD. Foi observado efeito linear decrescente (P<0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre o N ingerido, N fecal e N urinário, com estimativas de 0,06 g/dia, 0,02 g/dia e 0,04 g/dia, respectivamente, para cada 1% de adição de TMD às dietas. Não foi observada interação (P>0,05) entre níveis de substituição do FS pela TMD para a variável ingestão de ração (IR). Entretanto, quanto ao período do dia, observou-se maior tempo de IR entre 8-11 h. O tempo de ruminação não foi afetado (P>0,05) pelos níveis de substituição do FS pela TMD. Quanto à variável TA, o nível de 67% TMD foi superior àquele de 100%. Quanto às variáveis ócio acordado e dormindo, não foram observados efeitos dos níveis de substituição do FS pela TMD. O parâmetro freqüência de ingestão de água foi afetada (P<0,05) apenas pelos períodos do dia, e predominou entre 8 e 11 h e 14 às 17 h. A freqüência de micção e de defecação foi elevada no nível 67% de substituição do farelo de soja pela torta de mamona destoxificada. Os parâmetros TMT, MMnd, MMnb, MMtb e NRD não foram afetados (P>0,05) pelos diferentes níveis de substituição do FS pela TMD. Observou-se efeito linear crescente (P<0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre a duração média por refeição. Verificou-se que não houve efeito (P>0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre o peso vivo ao abate, bem como para o GPT durante o confinamento. Entretanto, observou-se redução linear decrescente (P<0,05) dos níveis de substituição da TMD pelo FS no GMD e da CA. O número de dias para os ovinos ganharem 12 kg elevou-se linearmente (P<0,05) à medida que aumentou a TMD na dieta. Os níveis de substituição FS pela TMD estudados não influenciaram (P>0,05) as medidas biométricas dos ovinos, que correspondem ao comprimento corporal, altura anterior e posterior, largura do peito e da garupa, perímetro torácico e compacidade corporal. Não foi observado efeito (P>0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre o PVf, PVAJ, PCVZ, PCQ e PCF. O RCQ foi afetado (P<0,05) pelos níveis de substituição, apresentando resposta linear decrescente. O mesmo comportamento foi observado para o RCF. Observou-se ainda efeito quadrático (P>0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD sobre PR, com ponto de mínimo de 1,43% com 75% de substituição. Os níveis de substituição do FS pela TMD estudados não influenciaram (P>0,05) as medidas morfométricas dos ovinos (P>0,05), que correspondem ao comprimento externo da carcaça, comprimento e perímetro da perna, largura e perímetro da garupa, largura do tórax e índice de compacidade da carcaça. A área de olho-de-lombo (AOL) apresentou efeito linear negativo (P<0,05) dos níveis de substituição do FS pela TMD. O peso da costela e os rendimentos da costela e da paleta foram influenciados (P<0,05) de forma linear e decrescente pelos níveis de substituição do FS pela TMD, enquanto o peso e o rendimento das demais regiões não apresentaram efeito (P>0,05) dos níveis de substituição. Projeções econômicas indicaram que somente o sistema que não utilizou torta de mamona destoxificada em dietas para ovinos apresentou índices econômicos viáveis, com venda de R$ 5,20/kg PV; R$ 15,00/kg de carcaça e 16,90/kg de corte comercial. Projeções econômicas indicaram que à medida que é incluída torta de mamona destoxificada na dieta dos ovinos, índices econômico-financeiros diminuem, proporcionando decréscimos na lucratividade.
Abstract: To evaluate the nutritive value and bioeconomic performance of sheep fed with four substitution levels (0; 33; 67 e 100%) of soybean meal (SM) by detoxified castor cake (DCC), from 2008 August to 2009 March, this research was undertaken. The research was conducted at Forage Science Education and Study Center (NEEF), belonging to the Animal Science Department at Federal University of Ceara, and located at the city of Fortaleza– CE. The animals were acquired by NEEF own herd and constituted of 40 lambs, crossbred, male, whole, live weight of 18.7 ± 1.62 kg and average age of 6.5 months, being 20 lambs to the digestibility assay and 20 lambs to the nutrients intake, behavior and productive performance. A completely randomized design with four treatments and five replicates (lambs) was used to the intake, nutrient digestibility, energy and nitrogen balance, performance, and carcass characteristics. To the animal behavior it was used a split plot design, with substitution level of SM by DDC being parcels and periods sub-parcels, with five replicates (sheep) by treatment. The roughage used consisted of Tifton-85 grass, cut at 50 days-old. It was observed decreasing linear effect of substitution levels of SM by DCC to the DMI and OMI. The regression equation presented decrescent linear effect to the CPI. It was observed square effect of substitution levels to the NDFI, with maxim point of 1.77% LW with 70% substitution level. There was observed increasing linear effect of substitution levels of SM by DCC to the ADFI. The EEI (g/day) was not affected by addition of DCC to the diets, with average of 46.55 g/day. To the NFC, threre is a linear reduction with 0.12 g/kg0,75 to each 1% of addition of DCC to the diets. It was observed decreasing linear effect (P<.05) of substitution levels of SM by DCC to the DMD and OMD. The CPD, NDFD and ADFD were not affected (P>.05) by addition of DCC to the diets, with average of 76.63, 55.36 and 50.86%, respectively. The elevation of EED by addition of DCC to the diets was due to the high level of EE on DCC (6.10%), against 1.8% of SM. It was observed decreasing linear effect (P<.05) of substitution levels of SM by DCC on TCD. The NFCD was not affected (P>.05) by addition of DCC to the diets, with average of 84.68%. It was observed decreasing linear effect (P<.05) of substitution levels of SM by DCC on TDN. The gross energy, digestible energy, metabolizable energy and maintenance energy presented linear effect (P<.05)with increase of substitution levels of SM by DCC. It was observed decreased linear effect (P<.05) of substitution levels of SM by DCC on intake N, fecal N, urinary N, estimated .06 g/day, .02 g/day and .04 g/day, respectively to the each percent of DCC additional to the diets. There is not observed interaction (P>.05) between SM and DCC substitution levels to the IR. However, to the periods, it was observed the biggest IR (P<.05) between 8-11h. The TR wasn’t affected (P>.05) by substitution levels. The 67% DCC level was highest in relation to the 100% DCC to the TA variable. The OA and OD variables weren’t affected (P>.05) by substitution levels. The water ingestion was affected (P<.05) only by day periods, and prevailed among 8 and 11 h and from14 to 17 h. The urination and defecation frequencies were highest at 67% substitution level of soybean meal by detoxified castor cake. The parameters TMT, MMnd,MMnb, MMtb and NRD were not affected (P>.05) by different substitution levels of SM by DCC. It was observed crescent linear effect (P<.05) of substitution levels of SM by DCC over DMR. There were no effect (P>.05) of the substitution levels of SM by DCC on final live weight and total weight gain during the feedlot, however it was observed decreasing linear effect (P<.05) of the substitution levels of SM by DCC on average daily gain and ration: gain ratio. The days to reach 12 kg increased linearly when the DCC was increased in diet. The substitution levels of SM by DCC did not affect (P>.05) the in vivo traits. There were no effect of the substitution levels of SM by DCC on BWf, LWF, EBW, HCW and CCW. The HCY was affected (P<.05) by substitution levels, showing decreasing linear (P<.05) response. The same behavior was observed to the CCY. It was observed a quadratic effect of the substitution levels of SM by DCC on CL, with a minimum point of the 1.43% with 75% substitution level. The substitution levels of SM by DCC did not affect (P>.05) the morphological traits. The loin eye area presented negative linear effect (P<.05) of substitution levels of SM by DCC. The rib weight and yield and shoulders yield had linear decreases of substitution levels of SM by DCC, while the weight and yield of the others regions did not present effect (P>.05) of the substitution levels. The financial-economic analysis showed that when is incorporated DCC in sheep diet, the economic indicators decrease,proportionating profitability reduction.
Descrição: POMPEU, Roberto Cláudio Fernandes Franco. Substituição do farelo de soja pela torta de mamona destoxificada em dietas para ovinos: valor nutritivo e desempenho bioeconômico. 2009. 100 f. Tese (doutorado em zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17076
Aparece nas coleções:PPGZO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_tese_rcffpompeu.pdf592,14 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.