Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17091
Título: Anacardato de cálcio como fonte de ácido anacárdico na alimentação de frangos de corte
Título em inglês: Calcium anacardate as anacardic source in the feed of broilers
Autor(es): Cruz, Carlos Eduardo Braga
Orientador(es): Freitas, Ednardo Rodrigues
Palavras-chave: Zootecnia
Ácidos orgânicos
Antioxidantes
Organic acid
Natural antioxidant
Growth promoter
Frango de corte - Crescimento
Data do documento: 2015
Citação: CRUZ, C. E. B. (2015)
Resumo: A pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de avaliar os efeitos da adição do anacardato de cálcio (ACC), como fonte de ácido anacárdico na ração de frangos de corte sobre o desempenho, as características de carcaça, qualidade e a estabilidade lipídica da carne, parâmetros sanguíneos, atividade enzimática e peroxidação lipídica do fígado e no crescimento, composição e qualidade dos ossos. Para isso, 840 pintos machos de um dia da linhagem Ag Ross 308 foram distribuídos ao acaso em seis tratamentos, com sete repetições de vinte aves. Os tratamentos consistiram em: ração sem promotor de crescimento (PC); ração com PC e, os demais, rações sem o PC e adição de ACC nos níveis de 0,25; 0,50; 0,75 e 1%. A adição de ACC na ração não influenciou nos parâmetros bioquímicos do sangue (ácido úrico, creatinina, alanina aminotransferase, aspartato aminotransferase, colesterol total, HDL, LDL e triglicerídeos), na atividade enzimática (superóxido dismutase, grupos sulfidrílicos não-protéicos) e peroxidação dos lipídeos do fígado, no crescimento e qualidade óssea (peso, comprimento, diâmetro, índice de Seedor, resistência, deformidade, matéria seca e matéria mineral), nas características de carcaça (% de carcaça, peito e coxa+sobrecoxa) e na qualidade da carne ( L*, a*, b*, pH, perda de água por cocção e capacidade de retenção de água). No entanto, a adição a partir de 0,75% de ACC reduziu o ganho de peso e prejudicou a conversão alimentar dos frangos até 21 dias de idade, porém, a adição de até 1% não afetou o desempenho quando se considerou o período total de criação (1 a 42 dias de idade). Para os valores de TBARS da carne, os níveis de 0,75% e 1% proporcionaram os menores valores, enquanto, o tratamento sem promotor de crescimento proporcionou maior valor. O ACC pode ser adicionado na ração dos frangos de corte até o nível de 1%, sem que ocorram alterações nos parâmetros sanguíneos, enzimáticos do fígado, no desempenho ao final do período de criação (42 dias de idade), nas características de carcaça e no crescimento, composição e qualidade dos ossos. Contudo, a qualidade da carne pode melhorar com a redução da oxidação lipídica a partir de 0,75%.
Abstract: The research aims to evaluate the effects of adding calcium anacardic (CAC) as a source of anacardic acid in the feed of broiler about the performance, carcass characteristics, quality and lipid stability meat, blood parameters, enzyme activity and lipid peroxidation liver and growth, composition and quality of the bones. For this, 840 male chicks with a day Ross 308 line were randomly assigned to six treatments, with seven replicates of twenty birds. The treatments consisted of: diet without growth promoter (PC); diet with PC and the others without PC and adding CAC levels of 0.25; 0.50; 0.75 to 1%. The addition of CAC in the feed didn’t affect the biochemical blood parameters (uric acid, creatinine, alanine aminotransferase, aspartate aminotransferase, total cholesterol, HDL, LDL and triglycerides) in the enzyme activity (superoxide dismutase, non-protein sulfhydryl groups) and peroxidation of liver lipids, growth and bone quality (weight, length, diameter, Seedor index, strength, deformity, dry matter and mineral matter), in the carcass characteristics (% of carcass, breast and thigh + drumstick) and quality meat (L *, a *, b *, pH, loss of water by cooking and water holding capacity). However, the addition of from 0.75% CAC reduced weight gain and feed conversion detracted from the chickens up to 21 days old, however, the addition of up to 1 % did not affect performance when considering the total period (1 to 42 days old). For TBARS values for beef, the levels of 0.75% to 1% have provided the lowest values while treatment without growth promoter yielded higher value. The CAC can be added in the feed of broilers to the level of 1 %, no changes occur in the blood parameters and enzyme of the liver, the performance at the end of the growing period (42 days old), carcass characteristics and growth, composition and quality of the bones. However, the quality of the meat can improve with reduced lipid oxidation from 0,75. The CAC can be added in the feed of broiler until the level of 1%, without change the blood parameters, enzymatic liver, the performance at the end of the growing period (42 days old), carcass characteristics and growth, composition and quality of the bones. However, the quality of the flesh can be improved by reducing lipid oxidation as 0.75%.
Descrição: CRUZ, Carlos Eduardo Braga. Anacardato de cálcio como fonte de ácido anacárdico na alimentação de frangos de corte. 2015. 109 f. Tese (doutorado em zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17091
Aparece nas coleções:PPGZO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_cebcruz.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.