Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17113
Título: Determinação do consumo, digestões totais, balanço dos compostos nitrogenados e variáveis ruminais em ovinos santa inês alimentados com diferentes níveis de concentrado
Título em inglês: Determination of intake, total digestions, balance of nitrogen compounds and ruminal variables in santa ines sheep fed different levels concentrate
Autor(es): Carneiro, Hilton Alexandre Vidal
Orientador(es): Pereira, Elzânia Sales
Coorientador(es): Mizubuti, Ivone Yurika
Palavras-chave: Zootecnia
Relação volumoso:concentrado
pH ruminal
N-NH3 ruminal
Nitrogênio plasmático
Relation forage:concentrate
Data do documento: 2011
Citação: CARNEIRO, H. A. V. (2011)
Resumo: O experimento foi realizado no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal do Ceará com o objetivo de avaliar o efeito de quatro níveis de concentrado (25,0; 37,5; 50,0; 62,5 com base na MS) na ração de ovinos, sobre o consumo; as digestibilidades aparentes de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNcp), fibra em detergente ácido (FDA), carboidratos totais (CT) e carboidratos não-fibrosos (CNF); pH ruminal; as concentrações amônia ruminal (NAR), balanço de compostos nitrogenados (BN) e nitrogênio ureico plasmático (NUP) Foram utilizados dezesseis ovinos machos, não castrados, da raça Santa Inês, com peso corporal de 26,4kg ± 4,13kg e aproximadamente sete meses de idade. Os animais foram alojados em gaiolas metabólicas individuais, equipadas com coletores e separadores de fezes e urina, bem como cochos para alimento e bebedouros com água permanentemente à disposição. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com quatro tratamentos e quatro repetições, totalizando 16 parcelas experimentais. O período experimental teve duração de 28 dias, com 21 dias de adaptação e sete dias para coleta de dados. Os animais foram alimentados com rações contendo feno de Tifton 85 e concentrado (25,0; 37,5; 50,0 e 62,5%). As rações foram formuladas conforme o NRC (2007) para atenderem aos requisitos nutricionais de ovinos para ganho de 200 g/dia. As rações foram fornecidas aos animais uma vez ao dia (800h) em forma de mistura total. O consumo de matéria seca foi determinado pela diferença entre o oferecido e as sobras da ração ofertada. Amostras dos alimentos, sobras e fezes foram diariamente pesadas e amostradas para subseqente análises químicas. As fezes foram coletadas durante sete dias consecutivos para estimar a digestibilidade dos nutrientes. Os consumos de MS, MO, CT e NDT expressos em g/dia não foram influenciados pelos níveis de concentrado da ração (P>0,05). Comportamento linear crescente foi verificado para os consumos de PB, EE e CNF. Os consumos de FDN, FDNcp e FDA apresentaram comportamento linear decrescente. Para consumo expresso em %PV, registrou-se comportamento linear crescente para MS e decrescente para FDN, comportamento igual foi verificado para o consumo de MS expresso em (g/kg0,75). Os coeficientes de digestibilidade de MS, MO, PB, EE, CT e CNF aumentaram (P<0,05) com o nível de concentrado na ração. O pH ruminal apresentou comportamento linear para as rações com menores níveis de concentrado e comportamento quadrático para o tratamento experimental com maior nível de concentrado em função do tempo pós-prandial. As dietas experimentais influenciaram as concentrações de N-NH3 no rúmen (NAR) apresentando comportamento linear decrescente para os níveis de 37,5 e 50,0% de inclusão de concentrado e comportamento quadrático para o nível de inclusão 62,5% de concentrado nas rações. Os níveis de concentrado não influenciaram excreção de Nitrogênio (N) nas fezes (g/d) e na urina (g/d). O BN foi positivo em todos os níveis de concentrado. Os valores de NUP diferiram entre as rações, apresentando comportamento quadrático. A adição de concentrado nas rações influencia o consumo e a digestibilidade dos nutrientes, os parâmetros ruminais e promove maior retenção de compostos nitrogenados no corpo do animal.
Abstract: The experiment w as conducted at the Department of Animal Scie nce, Federal University of Cear a in order to evaluate the effect of four levels of concentr ate (25.0, 37.5, 50.0, 62.5 on DM basis) in the diet of sheep on intake, digestibility of total dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber (NDF), neutral detergent fiber corrected for ash and protein (NDF), acid detergent fiber (ADF), total carbohydrates (TC) and non - fiber carbohydrates (NFC ) rumen pH, rumen ammoni a concentrations (NAR), nitrogenous compounds (BN) and plasma urea nitrogen (PUN) . We used sixteen castrated male sheep of Santa Ines body weight of 26.4 kg ± 4.13 kg and approximately seven months old. The animals were housed in individual metabolic cages equipped with collectors and tabs of feces and urine, and mangers for the supply of food and water fountains with water continuously available. The experimental design was randomized blocks with four treatments and four replications, totaling 16 experimen tal plots. T he experimental period lasted 28 days with 21 days of adaptation and seven days to collect samples. The animals were fed diets containing Tifton 85 hay and concentrate (25.0, 37.5, 50.0 and 62.5% ), which consisted of four experimental treatment s. The diets were formulated according to NRC (2007) to meet the nutritiona l requirements of sheep 200g. day - 1 gain. Diets were fed to animals once a day (800h), in form of a total mixture. Daily consumption of dry matter was determined by the difference be tween the bid and the remains of food offered. Feed samples, orts and feces were daily weighed and sampled for chemical analysis subseqente. Feces were collected for seven consecutive days to estimate the digestibility of dietary nutrients. The DM, OM, TC and NDT in g /d were not affected (P> 0.05) by concentrate feed. Increasing linear behavior was observed for intakes of CP, and NFC. For the intake of NDF, NDF, ADF and these linearly decreased. For consumption expressed as% of BW, there was a linear increasing and decreasing for MS to NDF equal behavior was observed for DM intake expressed in (g / kg 0, 75 ). The digestibility 9 of DM, OM, CP, CT and NSC increased (P <0.05) with the level of dietary concentrate. Rumen pH showed a linear response for diets with lower levels of concentrate and a quadratic for the experimental treatment with high level of concentrate as a function of time post - prandial. The diet influenced the concentrations of NH3 - N in the rumen (NAR) decreased linearly to levels of 37.5 and 50% of the concentrate and a quadratic for the 62.5% level of inclusion of dietary concentrate. The concentrate levels did not influence the excretion of nitrogen (N) in faeces ( g /d ) and urine (g /d ). The NB was positive at all levels of concentrate . PUN values among diets, showing a quadratic behavior. The addition of dietary concentrate influences the consumption and digestibility of nutrients, ruminal and promotes retention of nitrogen in the animal's body.
Descrição: CARNEIRO, Hilton Alexandre Vidal. Determinação do consumo, digestões totais, balanço dos compostos nitrogenados e variáveis ruminais em ovinos santa inês alimentados com diferentes níveis de concentrado. 2011. 40 f. Dissertação (Mestrado em zootecnia)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17113
Aparece nas coleções:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_havcarneiro.pdf324,1 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.