Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17135
Título: Composição, distribuição estacional e uso de habitats em uma assembléia de anuros de afloramentos rochosos do semiárido brasileiro
Título em inglês: Composition, distribution and seasonal habitat use in a assembly frog rocky outcrop of semi-arid brazilian
Autor(es): Castro, Déborah Praciano de
Orientador(es): Borges-Nojosa, Diva Maria
Palavras-chave: Ecologia
Caatinga
Lajeiros
Anfíbios
Microhabitats
Sazonalidade
Data do documento: 2012
Citação: CASTRO, D. P. (2012)
Resumo: Compreender os níveis de abundância e distribuição espacial das espécies em seus habitats é um dos temas centrais em ecologia. Padrões de distribuição espacial das espécies, aliados a fatores ambientais, tais como estacionalidade, fornecem informações importantes para decifrar as forças que mantém e estruturam a diversidade biológica. Anfíbios anuros constituem ótimos pontos de partida para o estudo de assembléias ecológicas, e o fato de serem altamente dependentes de variáveis ambientais, torna o estudo destes animais ainda mais interessante. Partindo destes pressupostos, nós apresentamos como principal objetivo deste estudo fornecer informações sobre riqueza, diversidade, modos reprodutivos e uso de microhabitats por uma assembléia de anuros de afloramentos rochosos do semiárido brasileiro. As pesquisas de campo foram realizadas de julho de 2010 a julho de 2011 em coletas mensais com duração de três dias, no município de Itapipoca-Ceará, na área denominada de Sítio Paleontológico Lajinhas. Foram utilizadas as metodologias de busca ativa em sítios reprodutivos e encontros ocasionais para demonstrar a riqueza, frequência e abundância das espécies. Foram encontradas 19 espécies de anuros, distribuídas em 13 gêneros de cinco diferentes famílias. A assembléia apresentou um maior número de espécies pertencentes à família Leptodactylidae e as espécies mais abundantes foram Pseudopaludicola mystacalis, Pleurodema diplolister, Physalaemus albifrons e Scinax xsignatus. Todas as espécies da assembléia fizeram uso diferencial de microhabitats como forma de resistir ao período seco do ano e apresentaram eventos reprodutivos restritos ao período chuvoso. A maioria dos padrões encontrados já era esperado para o domínio das Caatingas, e demonstram que a anurofauna da Caatinga, independente da fitofisionomia abordada, tende a ser similar, utilizando estratégias comportamentais parecidas, apresentando flexibilidade comportamental acentuada e grande dependência de chuvas.
Abstract: Comprehending the levels of abundance and spatial distribution of species in their habitats is a central theme in ecology. Spatial patterns of species distribution, combined with environmental factors such as seasonality, provide important information to unravel the forces that maintain and structure biological diversity. Anuran amphibians are great starting points for studying ecological assemblages, and the fact that they are highly dependent on environmental variables makes the study of these animals even more interesting. Based on these assumptions, we present the main objective of this study to provide information on richness, diversity, reproductive modes and use of microhabitats by an assembly of anurans of rocky outcrops in Brazilian semi-arid region. The field work was conducted from July 2010 to July 2011 in monthly collections lasting three days in the city of Itapipoca, Ceará, in the area called Paleontological Site Lajinha. Methodologies were used in an active search and occasional encounters at breeding sites to demonstrate the richness, frequency and abundance of species. We find 19 anuran species, distributed in 13 genera from five different families, most of them with broad occurrence in Brazil and Latin America. The assemblage had a greater number of species of the Leptodactylidae family, and the most abundant species were Pseudopaludicola mystacalis, Pleurodema diplolister, Physalaemus albifrons and Scinax xsignatus. All species of the assemblage made differential use of microhabitats as a way to resist the dry season, and showed reproductive events restricted to the rainy season. Most patterns found were already expected for the Caatinga domain, and we believe that this underscores that the Caatinga anuran fauna, in spite of the vegetation type considered, will generally be similar, using similar behavioral strategies, with sharp behavioral flexibility and heavy reliance on rains.
Descrição: CASTRO, Déborah Praciano de. Composição, distribuição estacional e uso de habitats em uma assembléia de anuros de afloramentos rochosos do semiárido brasileiro. 2012. 91 f. Dissertação (Mestrado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17135
Aparece nas coleções:DBIO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_dpcastro.pdf1,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.