Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17158
Título: Características morfo-fisiológicas como determinantes da capacidade de manutenção de territórios em machos de Macrothemis imitans (Odonata: Libellulidae)
Título em inglês: Morphological and physiological features as determining of the capacity of maintenance territories in males of Macrothemis imitans(Odonata: Libellulidae)
Autor(es): Mourão, Marco Antônio Nogueira
Orientador(es): Peixoto, Paulo Enrique Cardoso
Palavras-chave: Territorialidade
Seleção sexual
Ecologia
Seleção intra-sexual
Interações agonísticas
Modelos de resolução de conflitos
Data do documento: 2012
Citação: MOURÃO, M. A. N. (2012)
Resumo: Em muitas espécies animais, os machos brigam por territórios os quais aumentam as chances de cópulas. Os comportamentos de luta dos machos podem variar desde embates sem contato físico até lutas com injúrias e possíveis mortes. Existem pelo menos três modelos propostos para explicar as regras usadas pelos machos para decidirem o vencedor de um confronto territorial: Guerra de Atritos (GDA), Acesso Sequencial de Informações (ASI) e Acesso Cumulativo de Informações (ACI). Porém, para sermos capazes de testar tais modelos é necessário identificar primeiro quais traços dos machos determinam funcionalmente sua capacidade de luta (RHP). Para isso, usamos machos da libélula Macrothemis imitans para avaliar duas hipóteses: 1) se as brigas ocorrerem com contato físico, características ligadas ao tamanho determinarão o RHP e 2) se os machos não exibirem contato físico durante as brigas, características que conferem maior resistência determinarão o RHP. Realizamos coletas de campo em campanhas de dois dias seguidos. Nessas campanhas realizamos captura, marcação, observação comportamental e recaptura de duas categorias de machos: os que possuíam posse dos territórios (machos residentes) e os machos que ocuparam o local após a remoção experimental dos machos residentes (machos substitutos). Após a recaptura, levamos os machos residentes e substitutos para laboratório para realizar as medidas: área alar, peso fresco, massa muscular torácica e quantidade de gordura. Os resultados indicaram que os machos residentes apresentaram maior quantidade de massa muscular e possivelmente gordura do que os substitutos. Uma vez que as brigas ocorreram com contato físico, a maior quantidade de massa muscular e gordura dos machos residentes indica que a relação funcional entre comportamento de luta e traços determinantes do RHP deve ser rejeitada. Alternativamente, é possível que a maior quantidade de músculo proporcione maior desempenho para causar injúrias nos rivais ou evitar acúmulo acelerado de danos.
Abstract: In many animal species, males fight for the possession of territories that increase their mating chances. The fighting behavior of males may range from conflicts without physical contact to disputes with injuries and possible deaths. There are three models aiming to explain the rules adopted by males to decide the winner of a contest: war of attrition (WOA), sequential assessment model (SAM) and cumulative assessment model (ACM). However, to be able to test these models it is necessary to identify male traits functionally related to fighting ability (RHP). In this sense, we used males of the dragonfly Macrothemis imitans to evaluate two hypotheses: 1) if contests occur with physical contact, traits related to the size define RHP and 2) if disputes occur without physical contact, traits which confer endurance define male RHP. We did field experiments during campaigns with two consecutive days. In each campaign we captured, marked, made behavioral observations and recaptured males that were defending a territorial site (resident males) and males that stablished territories in this sites after the experimental removal of the resident male (substitute males). After recapturing, we transported all males them to lab to measure total wing area, male fresh weight, muscle mass and fat content.The results indicated that resident males presented higher muscle mass and probably fat content than substitute males. Since disputes occurred with physical contact, these differences in muscle mass and fat content indicate that the functional relationship between fight behavior and traits linked to RHP should be rejected. Alternativelly, it is possible that the higher muscle mass confers higher ability to cause injuries or to avoid damage accrual.
Descrição: MOURÃO, Marco Antônio Nogueira. Características morfo-fisiológicas como determinantes da capacidade de manutenção de territórios em machos de Macrothemis imitans (Odonata: Libellulidae). 2012. 42 f. Dissertação (Mestrado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2012.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17158
Aparece nas coleções:DBIO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_manmourao.pdf293,37 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.