Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17170
Título: Qualidade do solo e pedofauna em sistemas tradicionais e agroflorestais
Título em inglês: Soil quality and pedofauna in tradictional and agroflorestries systems
Autor(es): Fialho, Jamili Silva
Orientador(es): Oliveira, Teógenes Senna de
Palavras-chave: Ecologia
Agroecologia
Semiárido
Resistência e resiliência do solo
Agroecology
Semi-arid
Data do documento: 2013
Citação: FIALHO, J. S. (2013)
Resumo: A prática da agricultura tradicional pode degradar a qualidade dos recursos naturais e por isso se tornar insustentável, o que leva a necessidade de uma abordagem ecológica, possibilita a escolha de manejos agrícolas que associem a produção de alimentos e a conservação dos recursos naturais, como acontece nos sistemas agroflorestais. A simplificação do agroecossistema reduz a diversidade, afetando a biota e a qualidade do solo. Assim, objetivou-se: i) avaliar indicadores da qualidade e índices da qualidade, resistência e resiliência do solo, ii) avaliar a diversidade da pedofauna dos agroecossistemas e iii) identificar as relações entre a flora nos períodos seco e chuvoso com a riqueza da pedofauna. Foram estudados os sistemas agroflorestais do tipo agrossilvipastoril, silvipastoril e o tradicional, atualmente em uso e após diferentes períodos de pousio; além de um sistema menos impactado (MATA). A qualidade do solo (QS) foi avaliada por indicadores químicos e físicos de solo e calculados os índices de qualidade, resistência e resiliência. A pedofauna foi coletada, nos períodos seco e chuvoso, usando armadilhas de queda, identificando-se os grupos taxonômicos e posterior determinação da riqueza, densidade, diversidade e uniformidade. As áreas sob sistemas agroflorestais mantiveram a QS, o pousio recuperou e o tradicional a reduziu, sendo menos resiliente e resistente. No período seco, os sistemas agroflorestais apresentaram baixas diversidade e uniformidade, porém riquezas semelhante à MATA, enquanto que as áreas em pousio apresentaram altas diversidade e uniformidade. Houve semelhanças de diversidade e uniformidade entre as áreas sob cultivo tradicional e MATA. No período chuvoso, os sistemas agroflorestais apresentaram densidade e riqueza semelhantes à MATA. As áreas tradicionais em pousio apresentaram densidade, riqueza, diversidade e uniformidade semelhantes à MATA. Conclui-se que os sistemas agroflorestais são sustentáveis, seis e nove anos de pousio são suficientes para retomar a condição do sistema menos impactado e manejo tradicional reduz a qualidade, resistência e resiliência do solo. Os sistemas agroflorestais apresentam diversidade e uniformidade da pedofauna semelhantes ao ambiente menos impactado quando há disponibilidade hídrica. A riqueza das espécies arbóreas e a sazonalidade climática determinam a riqueza da pedofauna.
Abstract: Traditional agriculture can degrade natural resources becoming unsustainable. Hence, ecological approaches on agriculture enable the choice of agricultural management,which associates food production and the maintenance of natural resources, as agroforestry systems. The simplified agroecosystem reduces diversity, causing deleterious effects on soil biota and on soil quality,. Thus, the aim of this work was: i) to assess quality indicators and soil quality, resistance and resilience indexes, ii) to evaluate the diversity of edaphic fauna of agroecosystems and iii) to identify flora and dry and rainy seasons to edaphic fauna abundance. Agrosilvopastoral, silvopastoral, and traditional agroecosystems were studied, under use and under different periods of fallow, besides the natural vegetation (MATA). Soil quality (QS) was analyzed according to some indicators and from them quality, resistance and resilience indexes were calculated. Edaphic fauna was collected under dry and rainy seasons, using PITFALL TRAPS. The fauna was identified under taxonomic groups and the indexes: abundance, density, diversity, and uniformity here determined. The relation between fauna and flora and the seasons was analyzed using general linear models. Agroforestries maintained QS, traditional system under fallow recovered it, and the traditional system reduced it and it was less resilient and resistant. In the dry season, agroforestries showed low diversity and uniformity, therefore presenting similar abundance to MATA, while areas under fallow showed high diversity and uniformity. There were similarities in diversity and uniformity between traditional system and MATA. In the rainy season, agroforestries showed density and abundance similar to MATA,. Traditional systems under fallow showed density, abundance, diversity, and uniformity similar to MATA. It is possible to conclude that agroforestry systems are sustainable. Six and nine years of fallow are enough to recover the condition of natural vegetation. Traditional management reduces quality, resistance and resilience of soil. Agroforestries show diversity and uniformity of pedofauna similar to the natural vegetation when water is available. The abundance of trees and weather seasonality determine the abundance of pedofauna.
Descrição: FIALHO, Jamili Silva. Qualidade do solo e pedofauna em sistemas tradicionais e agroflorestais. 2013. 83 f. Tese (Doutorado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17170
Aparece nas coleções:DBIO - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_tese_jsfialho.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.