Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1719
Título: Efeito de sistema adesivo e dentifrício fluoretados no desenvolvimento de cárie ao redor de restaurações com e sem fenda marginal em esmalte e dentina: estudo in situ
Título em inglês: In situ effect of fluoride from adhesive system and dentifrice on caries formation around restorations with gap in enamel and dentine
Autor(es): Bezerra, Daniela da Silva
Orientador(es): Rodrigues, Lidiany Karla Azevedo
Palavras-chave: Cárie Dentária
Cimentos Dentários
Flúor
Data do documento: 2010
Citação: BEZERRA, D. S. (2010)
Resumo: Cáries secundárias podem desenvolver-se na interface dente-restauração diante da presença de fendas marginais, mas este processo poderia ser inibido pela presença de flúor. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar, in situ, através de um delineamento cruzado, aleatorizado, boca dividida e duplo-cego, a influência do flúor proveniente de sistema adesivo autocondicionante ou dentifrício no desenvolvimento de cárie secundária em esmalte e dentina radicular ao redor de restaurações de resina composta com ou sem fenda marginal. Durante duas fases de 14 dias, 16 voluntários utilizaram dispositivos intra-orais palatinos contendo 4 blocos de dente humano compostos por uma porção de esmalte e dentina e restaurados com resina composta FiltekTM Z-250. Os blocos foram aleatoriamente divididos em 8 grupos experimentais para cada substrato (esmalte e dentina) restaurado com um dos seguintes adesivos: All Bond SETM (não fluoretado - ANF) e One Up® Bond F Plus (fluoretado - AF), com a presença de fendas marginais (G+) ou não (G-), e com o uso de dentifrício fluoretado (DF) ou placebo (DP). Os procedimentos restauradores foram realizados seguindo as instruções dos fabricantes e a fenda foi criada com a utilização de matrizes metálicas. Cada voluntário foi instruído a gotejar sobre os blocos uma solução de sacarose a 20%, 10 vezes ao dia e a usar o dentifrício padronizado 3 vezes ao dia. Ao final de cada fase clínica, os blocos dentais foram removidos e o biofilme foi coletado para a contagem de estreptococos do grupo mutans, lactobacilos e microrganismos totais, assim como para a análise da quantidade de flúor presente. A perda mineral foi analisada pelo teste de microdureza em corte longitudinal no esmalte e na dentina. A profundidade da lesão e a presença de lesão da parede foram determinadas por microscopia de luz polarizada. Os resultados foram analisados por análise de variância (ANOVA) seguindo um delineamento fatorial 2x2x2. O flúor do adesivo não ofereceu proteção contra o desenvolvimento de cárie secundária em esmalte e dentina para nenhuma das variáveis de resposta estudadas (p > 0,05). O flúor do dentifrício mostrou leve proteção contra a desmineralização em dentina (p < 0,05). Houve uma maior presença de lesão de parede, tanto em esmalte quanto em dentina (p< 0,05), em restaurações com fenda independente da presença de flúor. No entanto, em restaurações com fenda, uma maior profundidade de lesão foi observada em dentina (p <0,05). Estes resultados sugerem que o flúor do adesivo não foi capaz de inibir a desmineralização ao redor de restaurações mesmo com a presença de flúor no dentifrício. No entanto, a presença de fenda visível afeta o desenvolvimento de cárie secundária, principalmente na dentina radicular, aumentando a progressão da lesão cariosa.
Abstract: Secondary caries may be developed between tooth and restoration when marginal gaps are present, however this process could be inhibited by fluoride presence. This research had as the main objective to evaluate, in situ, through a randomized, split-mouth and double-blind, cross-over design, the influence of fluoride from self-etching adhesive systems or dentifrice on the secondary caries development on enamel and root dentine around composite resin restorations with or without marginal gaps. During two phases, of 14 days each, 16 volunteers wore intraoral palatal devices containing 4 human dental slabs composed by a portion of enamel and dentine, restored with Z-250 composite resin. The slabs were randomly divided among 8 experimental groups for each substrate (enamel and dentine) restored with one of the following adhesive: All Bond SETM (no fluoride - NFA) and One Up® Bond F Plus (fluoride - FA) with (G+) or without (G-) the presence of marginal gaps and the use of fluoride dentifrice (FD) or placebo (PD). The restoration procedures were made following the manufacturers instructions and the gap was induced with the use of metallic strips. Each volunteer was instructed to drop on the slabs a 20% sucrose solution 10x/day and use the standardized dentifrice 3x/day. By the end of each clinical phase, the dental slabs were removed and the biofilm was collected for total microorganisms, mutans streptococci and lactobacilli counting, as well as for analysis of fluoride quantity present. The mineral loss was analyzed by microhardness test in a longitudinal cut on enamel and dentine. The lesion depth and presence of the wall lesion were determined by polarized light microscopy. The results were analyzed by ANOVA, following a factorial delineation of 2x2x2. The fluoride from the adhesive did not provide any protection against secondary caries development for enamel and dentine and for none of the studied response variables (p > 0.05). The fluoride from the dentifrice showed a little protection for demineralization in dentin (p<0.05). There was more wall lesion presence, either on enamel or on dentine (p < 0.05), on restorations with gap irrespective of fluoride presence. However, on gap restorations, a bigger depth of lesion was observed only on dentine (p < 0.05). These results suggest that the fluoride from the adhesive was not able to inhibit demineralization around restorations, even in the fluoride dentifrice presence. Nevertheless, the presence of a visible gap affects the secondary caries development, mainly on root dentine, increasing the progression of caries disease.
Descrição: BEZERRA, Daniela da Silva. Efeito de sistema adesivo e de dentifrício fluoretados no desenvolvimento de cárie ao redor de restaurações com e sem fenda marginal em esmalte e dentina : estudo in situ. 2010. 56 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1719
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_dsbezerra.pdf971,36 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.