Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17201
Título: Resenha de O Trabalhador Gráfico
Autor(es): GURGEL, Italo
Palavras-chave: História
Trabalhador gráfico
Crônica operária
Data do documento: 2002
Editor: Trajetos Revista de História UFC
Citação: GURGEL, I. (2002)
Resumo: A História sempre teve incontáveis narradores, em quaisquer épocas e lugares. Sabe-se, porém, que nem todas as narrativas se prestam à construção da História dita "oficial". Por isto, em seu laborioso trabalho de fabricar mitos e heróis, os escribas da Corte se esmeram em filtrar informações, descartando aquelas que antagonizam a autoridade de plantão e alijando para os bastidores personagens que eventualmente desagradam, incomodam ou - suprema ousadia - afrontam as forças dominantes. Preciosas versões dos acontecimentos acabam, dessa forma, desaparecendo nos desvãos do tempo. O que é lamentável, pois muitas vezes a face oculta dos conflitos, dos pactos e celebrações, dos pequenos e grandes inventos e descobertas, guarda informações imprescindíveis: a crônica do soldado revela-se mais rica e colorida que a do general; a do peão, mais contundente e esclarecedora que a do patrão.
Descrição: GONÇALVES, Adelaide e BRUNO, Allyson (orgs.). O Trabalhador Gráfico. (Edição fac-similar) Fortaleza: Edições UFC, 2002. Resenha de: GURGEL, Italo. Resenha. Trajetos Revista de História UFC, Fortaleza, v. 2, n. 3, p. 209-212, 2002.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17201
ISSN: 1676-3033
Aparece nas coleções:DHIS - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2002_art_igurgel.pdf1,44 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.