Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1721
Título: Avaliação clínica e radiográfica de dois tipos de cimentos obturadores usados no tratamento endodôntico de dentes decíduos necrosados após trauma
Título em inglês: Clinical and radiographic evaluation of two types of sealers used in endodontic treatment of necrotic primary teeth after trauma
Autor(es): Pinto, Daniela Nunes
Orientador(es): Moreira Neto , José Jeová Siebra
Palavras-chave: Dente Decíduo
Pulpectomia
Cavidade Pulpar
Data do documento: 2009
Citação: PINTO, D. N. (2009)
Resumo: O tratamento endodôntico de dentes decíduos necrosados após trauma tem sido preconizado para a manutenção funcional e estética dos mesmos na cavidade bucal. Diversos materiais são utilizados para obturação de canais radiculares de dentes decíduos anteriores, porém nenhum preenche todos os requisitos de um material obturador ideal. Tendo em vista, que não há consenso na literatura quanto ao melhor material obturador a ser utilizado com essa finalidade, o objetivo deste trabalho foi o de comparar dois cimentos obturadores usados no tratamento endodôntico de dentes decíduos necrosados após trauma. A presente amostra consistiu de 31 dentes, totalizando 26 pacientes entre 2 a 5 anos de idade. Os materiais obturadores utilizados para a obturação foram o óxido de zinco e eugenol (Grupo I) e a pasta Calen® espessada com óxido de zinco (Grupo II). O tratamento endodôntico foi realizado em duas sessões com intervalo de 30 dias entre as mesmas, sendo utilizada a pasta Calen® como curativo entre sessões. O sucesso clínico foi avaliado através da ausênçia de dor, mobilidade e fístula e o sucesso radiográfico se baseou na ausência ou diminuição de lesão periapical, a ausência de reabsorção patológica da raiz e presença de neoformação óssea. Pode-se verificar um índice de sucesso de 93,3 % para o Grupo I e 87,5% para o Grupo II. Os resultados foram submetidos à análise estatística pelo teste de Fisher não havendo diferenças estatisticamente significativas entre os Grupos, pois p = 1. Pode-se concluir que: O óxido de zinco e eugenol e a pasta Calen espessada com óxido de zinco não apresentam diferenças no tratamento de dentes decíduos necrosados após trauma, com um acompanhamento de 1 ano, podendo ser indicados para este fim.
Abstract: The endodontic treatment of necrotic primary teeth after trauma has been advocated for maintaining functional and aesthetic rules of these teeth the oral cavity. Various materials have been used for root canal filling of deciduous teeth, but none meets all the criteria for an ideal filling material. In view of the lack of consensus in the literature about the best filling material to be used for this purpose, the objective of this study was to compare two root canal filling materials used in endodontic treatment of necrotic primary teeth after trauma. The sample consisted of 31 teeth, and a total of 26 patients between 2 and 5 years old. The filling materials used were zinc oxide and eugenol (Group I) and Calen ® paste thickened with zinc oxide (Group II). The endodontic treatment was performed in two sessions with an interval of 30 days between them; Calen ® was used as a root canal dressing. Clinical success was evaluated by no pain, mobility, and fistula and radiographic success was based on the absence or reduction of lesion, absence of pathological root resorption and the presence of new bone formation. There was a success rate of 93.3% for Group I and 87.5% for Group II. The results were submitted to statistical analysis by Fisher test and there was no statistically significant difference between groups. It has been demonstrated that zinc oxide and eugenol and Calen paste thickened with zinc oxide can be indicated for endodontic therapy of deciduous teeth, and these two filling materials did not differ in the clinical success of treatment.
Descrição: PINTO, Daniela Nunes. Avaliação clínica e radiográfica de dois tipos de cimentos obturadores usados no tratamento endodôntico de dentes decíduos necrosados após trauma com 1 ano de acompanhamento. 2009. 42 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1721
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_dnpinto.pdf738,88 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.