Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1729
Título: Lesão Medular e suas significações para a família
Título em inglês: Spinal cord injury and its significations to the family
Autor(es): Barbosa, Islene Victor
Orientador(es): Carvalho , Zuila Maria de Figueiredo
Palavras-chave: Traumatismos da Medula Espinal
Família
Cuidados de Enfermagem
Data do documento: 2008
Citação: BARBOSA, I. V. (2008)
Resumo: Lesão medular representa grande problema de saúde pública, que agride fisicamente o corpo, podendo levar à paraplegia ou à tetraplegia, trazendo conseqüências que alteram a dinâmica da família, determinando um novo estilo de vida para os seus membros. Esse contexto leva a família a organizar-se e redimensionar a sua vida, para melhor compreender o indivíduo e aprender a conviver com as implicações da lesão. Objetivou-se, no estudo, compreender o significado do cuidado prestado pelo ente familiar à pessoa com lesão medular; conhecer os sentimentos que permeiam a relação de cuidado da família da pessoa com lesão medular à luz das considerações da teoria de Jean Watson; e analisar as atitudes dos familiares diante do processo de cuidar. O estudo é do tipo descritivo, com abordagem de natureza qualitativa, desenvolvido em uma instituição referência em atendimento ao trauma, localizada em Fortaleza-CE. Participaram do estudo sete familiares cuidadores, que estiveram prestando cuidados durante a internação. Os dados foram coletados no período de setembro a outubro de 2007, por meio de entrevista do tipo semi-estruturada. Os depoimentos foram analisados com base no método de análise de conteúdo. Interpretamos e inferimos as informações à luz da Teoria do Cuidado Transpessoal de Jean Watson. Concluímos que o significado do cuidar na percepção do membro familiar é expresso por dificuldades relacionadas ao déficit de conhecimento, ao fato de que cuidar é uma atividade cansativa e a resignação do novo papel de cuidador. Em relação aos sentimentos despertados diante deste tipo de lesão neurológica, destacaram-se o afeto, a fé, a tristeza, a ansiedade e medo, a preocupação e a esperança. Evidenciaram-se, como atitudes diante do processo de cuidar, os aspectos relativos à responsabilidade; resignação; não-aceitação e ambivalência de atitudes. Com isso, percebemos que é necessário também enfocar o cuidado de Enfermagem à família daquele acometido pela lesão medular
Abstract: Spinal cord injury represents great problem in public health, which affects physically the body, leading to paraplegia or tetraplegia, bringing consequences that modify family’s dynamics, which determine a new life style to its members. This context takes family to organize itself and to reconfigure its shapes, in search for understanding the individual and learning how to live with the injury implications. We aimed, in this study, to understand the meaning of caring given by the family to a person with spinal cord injury; to find out the feelings that surround the care relationship of the spinal cord injury person’s family based on the considerations of Jean Watson’s Theory; and to analyze the family attitudes face to caring process. This study is a descriptive type, with a qualitative approach, developed at an institution reference on trauma assistance, settled on Fortaleza-CE. Seven family caregivers participated to this study. The data were collected in September to October 2007, by a semi-structured interview. The speeches were analyzed using the content analysis method. We interpreted and inferred the information supported by Jean Watson’s Transpersonal Caring Theory. We concluded that the caring meaning for the family member’s perception is expressed by difficulties related to knowledge deficit, to the fact of caring is supposed to be an exhaustive activity and to the resignation of the new role of caregiver. About the feelings aroused in response to this neurological lesion, highlighted affection, faith, sadness, anxiety and fear, preoccupation and hope. As attitudes patterns face to caring process, we pointed the aspects linked to responsibility, resignation, non-acceptance and attitudes ambivalence. Thus, we realized that it is also necessary to focus Nursing care on the family of those people affected by spinal cord injury.
Descrição: BARBOSA, Islene Victor. Lesão Medular e suas significações para a família. 2008. 47 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1729
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_ivbarbosa.pdf212,7 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.