Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1733
Título: Estabilidade de união de diferentes sistemas adesivos aplicados à dentina
Título em inglês: Stability of adhesive interface different adhesives applied to dentini
Autor(es): Apolonio, Fabianni Magalhães
Orientador(es): Saboia , Vicente de Paulo Aragão
Palavras-chave: Adesivos Dentinários
Dentina
Data do documento: 2009
Citação: APOLONIO, F. M. (2009)
Resumo: Há um consenso geral de que a união resina-dentina criada pelos adesivos dentinários hidrofílicos contemporâneos se deterioram com o tempo. Uma maneira de prever o comportamento da interface adesiva ao longo do tempo é através do envelhecimento in vitro por imersão em diferentes soluções. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da imersão em solução de NaOCl na interface de união criada por diferentes sistemas adesivos. Para isso, foram usados 28 terceiros molares humanos que tiveram a dentina coronária exposta e um platô de resina composta confeccionado sobre sua superfície após a aplicação de um dos seguintes sistemas adesivos, condicionamento total: Scothbond Multi-uso e Single Bond, ou autocondicionantes: Clearfil SE e Adper SE. Os espécimes foram cortados pela técnica nontrimming de obtenção de palitos para o teste de microtração. Após um período de 24 horas em água destilada, os palitos de cada dente foram igualmente divididos em dois grupos: controle ou envelhecido em solução de NaOCl a 10% por 1 hora. Os espécimes foram tracionados até a ruptura da união a uma velocidade de 1 mm/min e sua força de união mensurada. Os palitos fraturados foram analisados e classificados em: fratura mista, coesiva em dentina e coesiva em compósito, e os valores expressos em porcentagem. Os dados da resistência de união foram estatisticamente analisados usando os testes Kruskal-Wallis e Games-Howell. Para comparação entre os grupos controle e envelhecido foi usado o teste de Mann-Whitney (α=0.05). Dois espécimes de cada adesivo foram usados para investigar o efeito do NaOCl nas características morfológicas da interface de união. Para isso, espécimes foram cortados ao longo eixo em apenas uma direção e os discos de dentina-resina foram fixados em lâmina de vidro e desgastados com lixas de SiC sob refrigeração com água. As lâminas foram tratadas pela técnica de coloração ácida de Masson para evidenciar as zonas de colágeno exposto e observadas através de microscopia óptica. Os resultados do teste de microtração mostraram que a solução de NaOCl reduziu significativamente a força de união em comparação aos grupos controle para todos os adesivos testados. Scothbond MU (controle: 39,95±12,72; envelhecido: 26,45±9,90 MPa) mostrou os maiores valores de união e Adper SE (controle: 13,21±3,15; envelhecido 4,95±2,49) os menores valores, tanto para o grupo controle quanto envelhecido. Clearfil SE (controle: 27,02±6,84; envelhecido: 16,17±3,79) e Single Bond (controle: 26,66±8,35; envelhecido: 11,77±4,28) não mostraram diferença estatística nos grupos controle, mas após envelhecimento, Clearfil SE mostrou melhores resultados. A análise das imagens microscópicas mostrou que o NaOCl agiu efetivamente na degradação das fibras de colágeno para todos os sistemas adesivos testados. Conclusão: O envelhecimento dos espécimes em solução de NaOCl a 10% reduziu a resistência de união e modificou as características morfológicas da interface adesiva para os sistemas adesivos testados.
Abstract: There is a general consensus that resin-dentin bonds created by contemporary hydrophilic dentin adhesives deteriorate over time. One way to predict how resin-dentin interface would behave over time is aging the specimens in vitro by immersion in different solutions. The objective of this study was to evaluate the effect of immersion in NaOCl solution on the bond interface created by different adhesive systems. For this, it was used 28 human third molars that had superficial dentin exposed and composite build-ups were built on its surface using one of those adhesives, etch-and-rinse: Scothbond Multi-purpose and Single Bond, or self-etch: Clearfil SE and Adper SE. Specimens were cut into nontrimming dentin-composite beams to microtensile testing. After a period of 24 h in distilled water, sticks from each tooth were divided equally into two groups: control or aged in 10% NaOCl for 1 h. Beams were pulled until failure at crosshead speed of 1 mm/min and bond strength was calculated. Fractured sticks were analyzed and classified in: mixed fracture, cohesive in dentin and cohesive in composite; and expressed in percentage. Data from µTBS test were statistically analyzed using Kruskal-Wallis and Games-Howell tests. For comparison between control and aging groups was used the Mann-Whitney test (α=0.05). Two specimens from each adhesive were used to investigate the effect of NaOCl on the interfacial morphological characteristics. For that, specimens were cut in only one direction, dentin-resin discs were fixed in a glass-holder and ground with SiC papers under running water. Slices were treated by Masson’s trichrome acid staining technique to evidence collagen exposed zones and analyzed by optical microscopy. µTBS results showed that NaOCl solution significantly reduced bond strength comparing with the control groups for all adhesives tested. Scothbond MP (control: 39,95±12,72; aged: 26,45±9,90 MPa) showed the highest values and Adper SE (control: 13,21±3,15; aged 4,95±2,49) the lowest in both control and aging groups. Clearfil SE (control : 27,02±6,84; aged: 16,17±3,79) and Single Bond (control : 26,66±8,35; aged: 11,77±4,28) showed no difference in control groups, but after aging, Clearfil SE showed better results. Microscopic images analysis showed that NaOCl acts efficiently on degradation of collagen fibrils for all adhesive systems. Conclusion: Aging in 10% NaOCl solution reduces bond strength and modifies the interfacial morphological characteristics of the adhesive systems tested.
Descrição: APOLONIO, Fabianni Magalhães. Estabilidade de união de diferentes sistemas adesivos aplicados à dentina. 2009. 47 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1733
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_fmapolonio.pdf1,53 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.