Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17382
Título: Ensaios sobre Criminalidade e Pobreza
Título em inglês: Essays on crime and poverty
Autor(es): Sousa, Janaildo Soares de
Orientador(es): Araújo, Jair Andrade de
Palavras-chave: Fatores socioeconômicos
Taxa de homicídios
Pobreza multidimensional
Data do documento: 2016
Citação: SOUSA, J. S. (2016)
Resumo: Essa dissertação é composta por dois artigos, dos quais foi feito o uso de dados e metodologias distintas. O primeiro, intitulado “Existe relação entre os fatores socioeconômicos e a taxa de homicídios no Brasil?”, tem como objeto de estudo analisar se existe relação entre os fatores socioeconômicos e a taxa de homicídios no Brasil, no período compreendido entre 2004 e 2011. Foram utilizados dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNADs - do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA - e do Ministério da Saúde. Enquanto procedimento metodológico fez uso de dados em painel com as estimações pelos Mínimos Quadrados Generalizados (GLS), proposto por Greene (2003). Os resultados indicaram que, no Brasil, os fatores socioeconômicos fazem parte dos principais condicionantes das elevadas taxas de criminalidade registradas nos anos em observação. A urbanização pode estar contribuindo para expansão dos homicídios, o que demanda maiores investimentos em segurança pública. Demonstrou, ainda, a importância da educação como ferramenta no combate e prevenção ao crime e revelou que o nível de pobreza nem sempre se traduz em mais criminalidade, mas eleva a probabilidade de que indivíduos privados de renda venham a cometer crimes. Além disso, mostrou que o nível de renda tem um contributo maior para tal realidade devido à utilidade esperada na execução de crimes. O segundo artigo, intitulado “A pobreza multidimensional na Paraíba via abordagem das necessidades básicas e das capacitações”, foi feito com base em dados anuais da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2006 a 2013 e mensurou as dimensões da pobreza no estado, por meio da construção de indicador global e individual das dimensões. Para tanto, fez uso da metodologia de Bourguignon e Chakravarty (2003), a qual apresenta uma forma alternativa de medir a multidimensionalidade da pobreza. Os principais resultados sinalizaram que a população paraibana sofre de privações, principalmente nos funcionamentos, como o acesso ao ensino primário, fundamental e médio; aos serviços de acesso à comunicação e informação, as condições de moradia, saúde e trabalho. Verificou-se também uma redução das privações nas seis dimensões, bem como da proporção de pobres multidimensionais da população, de 27,78%, em 2006, para 22,49%, em 2013. Já em relação às análises isoladas das áreas urbanas e rurais, constatou-se que a pobreza foi mais intensa no meio rural.
Abstract: This dissertation consists of two articles, which was made using data and different methodologies. The first, entitled "Is there a relationship between socioeconomic factors and the homicide rate in Brazil?", Has the object of study to examine whether there is a relationship between socioeconomic factors and the homicide rate in Brazil, in the period between 2004 and 2011. We used data from the National Survey by Household Sample Survey - PNAD - the Institute of Applied Economic Research - IPEA -. and the Ministry of Health While methodological procedure made use of panel data with the estimates by Generalized Least Squares (GLS), proposed by Greene (2003). The results indicated that in Brazil, socioeconomic factors are among the main determinants of high crime rates recorded in the years under observation. The urbanization may be contributing to expansion of homicides, which demand greater investment in public safety. It has also shown the importance of education as a tool in combating and preventing crime and revealed that the poverty level does not always translate into more crime, but increases the likelihood that private individuals income will commit crimes. Moreover, it showed that the level of income has a greater contribution to such a reality due to the expected utility in the execution of crimes. The second article, entitled "The multidimensional poverty in Paraíba via basic needs approach and capabilities," was based on annual data from the National Sample Survey (PNAD) from 2006 to 2013 and measured the dimensions of poverty in the state , by constructing the global indicator and individual dimensions. For this purpose, we made use of Bourguignon methodology and Chakravarty (2003), which presents an alternative way of measuring the multidimensionality of poverty. The main results signaled that paraibana population suffers deprivation, particularly in runs, such as access to primary education, primary and secondary; services access to communication and information, housing conditions, health and work. There was also a reduction of deprivation in six dimensions, as well as the proportion of multidimensional poor population of 27.78% in 2006 to 22.49% in 2013. In relation to the isolated analysis of urban areas and rural, it was found that poverty was more intense in rural areas.
Descrição: SOUSA, Janaildo Soares de. Ensaios sobre Criminalidade e Pobreza. 2016. 92 f.: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Economia Agrícola, Pós-Graduação em Economia Rural, Fortaleza-CE, 2016
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17382
Aparece nas coleções:DEA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_jssousa.pdf1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.