Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17453
Título: Ocorrência de dor em bebês internados em unidade de terapia intensiva neonatal de maternidade terciária
Título em inglês: Pain occurrence in interned babies in neonatal intensive care unit at a tertiary maternity
Autor(es): Nazareth, Caroline Diniz
Lavor, Maria Francielze Holanda
Sousa, Tânia Maria Araújo Santos
Palavras-chave: Dor
Recém - Nascido
Medição da Dor
Data do documento: Jan-2015
Editor: Revista de Medicina da UFC
Citação: NAZARETH, C. D. ; LAVOR, M. F. H. ; SOUSA, T. M. A. S. (2015)
Resumo: Introdução: Por muitos anos, acreditou-se que os recém-nascidos (RNs) eram incapazes de sentir dor, devido ao pressuposto que seu sistema nervoso ainda não estaria completamente formado. Os RNs podem perceber a dor com mais intensidade do que as crianças e os adultos, devido aos seus mecanismos de controle inibitório imaturos, diminuindo capacidade de modular a experiência dolorosa. Objetivos: Identificar a ocorrência de dor em bebês internados e mensurar a utilização de analgesia farmacológica. Material e Métodos: Estudo transversal prospectivo, realizado nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital terciário, no período de novembro de 2014 a fevereiro de 2015. Resultados: Dor foi identificada em 36% dos pacientes. Cinco (10%) pacientes receberam medidas farmacológicas de analgesia. Conclusão: Houve discrepância entre a frequência de dor encontrada e a de utilização de medidas para aliviá-la. Mostra-se necessária a implantação de um protocolo de avaliação e terapêutica de dor pela Instituição
Abstract: Introduction: For many years, it has been believed that newborns weren´t able to feel pain, because their nervous system wasn´t completely built. Newborns feel more pain than child and adults, due to the lack of maturity of the descendent inhibitory pathways, decreasing their ability to modulate pain experience. Objective: To identify occurrence of pain in interned babies and measure the use of pharmacological analgesia. Methods: Transversal prospective study, performed at Neonatal Intensive Care Units (NICUs) of tertiary hospital, between November 2014 and February 2015. Results: Pain was identified in 36% of patients. Five (10%) patients received pharmacological analgesia. Conclusion: A discrepancy arises between frequency of pain and the use of relieving measures. It is necessary to implement a protocol of evaluation and pain relief at the Institution
Descrição: NAZARETH, Caroline Diniz ; LAVOR, Maria Francielze Holanda ; SOUSA, Tânia Maria Araújo Santos. Ocorrência de dor em bebês internados em unidade de terapia intensiva neonatal de maternidade terciária. Rev Med UFC, v. 55, n. 1, p. 33-37, jan./jun. 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17453
ISSN: 0100-1302 Impressa
2447-6595 On line
Aparece nas coleções:DMC - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_art_cdnazareth.pdf548,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.