Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17509
Título: Afetividade institucional: reflexões sobre as contribuições da psicologia na gestão do afetivo nas organizações de trabalho
Autor(es): ARAÚJO, Regina Lúcia Moura
Palavras-chave: Afetividade institucional
Psicologia organizacional
Saúde do trabalha - dor
Gestão do afetivo
Institutional affectivity
Psychology of job
Data do documento: 2010
Editor: Revista de Psicologia
Citação: ARAÚJO, R. L. M. (2010)
Resumo: O artigo tece considerações sobre o modelo de referência da afetividade institucional e analisa a relação entre a problemática dos trabalhadores e a atuação dos psicólogos do trabalho, com o objetivo de refletir sobre a contribuição desse modelo para orientar um posicionamento ético-político desses profissionais frente às atividades que desenvolvem. Ilustra suas observações mediante uma análise das práticas dos psicólogos do trabalho no marco das “faces da Psicologia do Trabalho”. Associa as possibilidades de solução para os problemas dos trabalhadores a atuação dos psicólogos do trabalho no campo da saúde do trabalhador. Sugere que o psicólogo do trabalho poderá edificar sua atuação, contribuindo na facilitação da construção e implementação de um modelo de gestão do afetivo, que se refere a um processo flexível de apropriação pela organização de conceitos, metodologias e recursos experimentais de mudanças, que permitam a promoção da saúde e a prevenção do adoecimento no trabalho. Portanto, indica que o seu papel revela-se não como simples desenvolvimento de tecnologias de avaliação e de controle, mas como facilitação da construção de espaços de interação social para proporcionar uma existência dialogada entre os diferentes sujeitos envolvidos com a atividade laboral e como promoção da qualidade de vida e bem-estar dos trabalhadores.
Abstract: The article reflects on the relationship between the role of psychology in the field of work and production of subjects, with the contribution that the institutional affectivity could offer affection to understand the work, the processes that organize and, therefore, a practical guide ethical-political the organization. Illustrating his remarks from the analysis of the historical process of psychology organizations in the framework of the “faces of the Psychology of Work. Suggests that the contribution of psychology to the production of subjects is to promote the understanding of the complexity of daily work and concludes with the reflection that the role of psychology is revealed not just as technology development, evaluation, control, as in much of its history, but as facilitating the construction of spaces for social interaction to provide a dialogue-existence between the different actors involved in the work activity. This process was called of management of the affective.
Descrição: ARAÚJO, Regina Lúcia Moura. Afetividade institucional: reflexões sobre as contribuições da psicologia na gestão do afetivo nas organizações de trabalho. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 1, n. 2, p. 119-131, jul./dez. 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17509
ISSN: (on line) 2179 - 1740
(impresso) 0102 - 1222
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_art_rlmaraujo.pdf359,62 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.