Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17530
Título: Significados atribuídos ao sofrimento psíquico por parte de profissionais emergencistas
Autor(es): OLIVEIRA, Hilda Coutinho
OLIVEIRA, Yvana Coutinho
SERAFIM, Edilma Casimiro Gomes
MOTA, Ieda Cabral
SOUZA NETO, João Jorge de
Palavras-chave: Sofrimento psíquico
Psicodinâmica
Emergencistas
Hospital público
Data do documento: 2010
Editor: Revista de Psicologia
Citação: OLIVEIRA, H. C.; OLIVEIRA, Y. C.; SERAFIM, E. C. G.; MOTA, I. C.; SOUZA NETO, J. J. (2010)
Resumo: Esta pesquisa tratou dos sentidos atribuídos ao sofrimento psíquico, quanto a sua configuração e estratégias de enfrentamento, por parte de doze profissionais que de emergência hospitalar pública localizada em Fortaleza (Ceará). Concretizou-se através do método qualitativo e da observação participante e entrevista semi-estruturada. Foram analisadas vinte e oito sessões de observação e doze entrevistas com o grupo composto por quatro médicos, quatro enfermeiros e quatro auxiliares de enfermagem. Considerou-se as expressões comportamentais e verbais dos sujeitos nas Salas de Recepção, Medicação, Parada Cardíaca ou Respiratória, Observação I e II e Extra, que possibilitaram o destaque de questões recorrentes no âmbito plural do material, quando se buscou decifrar seus significados. O estudo do sofrimento psíquico foi feito segundo categorias previamente estabelecidas. Seus conteúdos foram compreendidos com base na Psicanálise e, mais especificamente, nas idéias dejourianas referentes à psicodinâmica do trabalho. Suas descobertas, inaplicáveis a generalizações, foram inseridas nas considerações finais: o trabalho na emergência significou altruísmo e aprendizagem; houve precariedade de recursos materiais e humanos, e riscos psicofísicos no âmbito das condições de trabalho; existiram desafios, ritualização, subordinação e conflitos no campo da organização do trabalho; o sofrimento psíquico se configurou como o conflito entre a onipotência e a vulnerabilidade; as estratégias de enfrentamento abrangeram distúrbios físicos e emocionais, defesas (negação, identificação, ilusão grupal), e família, lazer e religião.
Abstract: Research about the feelings on psychological suffering, their configuration and coping strategies with twelve professionals in a hospital emergency in the city of Fortaleza (Ceará). It was used a qualitative method, participant observation and semi-structured interview. Researched group formed by four doctors, four nurses and four nursing auxiliaries. It was considered behavioral and verbal expressions of the subjects that worked in different hospital sectors. It was possible to highlight recurrent issues under pluralistic material, and to decipher their meanings. The study of mental suffering was done according to chosen categories. The contents of the described categories have been comprehended on a Psychoanalytical basis and, more specifically, on the ideas of Dejours concerning the psychodynamics of work. The findings of the present research are not suitable for generalizations. They were described in the paper´s final considerations. The following results were achieved: work in emergency meant altruism and learning; it was noticed that there was precariousness of material and human resources, and psychophysical risks under the conditions of work; challenges, rituals, subordination and conflicts were present in the field of working organization; the mental suffering appeared as the conflict between the omnipotence and vulnerability by workers; the coping strategies covered physical and emotional disorders, the defenses were found to be in the field of denial, identification, illusion of an existing group, as well as of the family, leisure and religion.
Descrição: OLIVEIRA, Hilda Coutinho; OLIVEIRA, Yvana Coutinho; SERAFIM, Edilma Casimiro Gomes; MOTA, Ieda Cabral; SOUZA NETO, João Jorge de. Significados atribuídos ao sofrimento psíquico por parte de profissionais emergencistas. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 1, n. 2, p. 140-150, jul./dez. 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17530
ISSN: 2179-1740 (online)
0102-1222 (impresso)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_art_hcoliveiraycoliveiraecgserafim.pdf333,85 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.