Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17542
Título: As relações entre satisfação, longevidade no trabalho e comprometimento organizacional em uma empresa do segmento metalúrgico de Fortaleza
Autor(es): RIOS, Ana Lúcia Ferreira
Palavras-chave: Comprometimento organizacional
Tempo de serviço
Satisfação e gestão familiar
Data do documento: 2011
Editor: Revista de Psicologia
Citação: RIOS, A. L. F. (2011)
Resumo: Foi objetivo desta pesquisa estudar a relação do tempo de serviço e do comprometimento organizacional como indicadores de satisfação em uma empresa familiar de Fortaleza. A relevância desse estudo decorre da necessidade de se empreender novos temas que agreguem possibilidades de articulação à temática do comprometimento organizacional a partir do modelo multidimensional proposto por Rego (2003). A pesquisa foi realizada em uma empresa de grande porte do segmento metalúrgico. Participaram dessa pesquisa 272 colaboradores distribuídos entre os níveis operacionais, administrativos, coordenadores, gerentes e diretores. O delineamento do presente estudo se fundamenta quanto à abordagem do problema, quantitativa e qualitativa e, quanto ao método, estudo de caso. Os dados analisados foram coletados a partir de um questionário. O referencial teórico procura arrolar as instâncias comprometimento organizacional, tempo de serviço, satisfação e gestão de empresa familiar como forma de empreender padrões de relação e de influência entre elas. Destacam-se como principais resultados obtidos o alto grau de comprometimento afetivo, normativo e futuro comum, bem como o baixo grau de comprometimento do tipo sacrifícios avultados, escassez de alternativas e ausência psicológica percebido entre todos os colaboradores da empresa pesquisada; concluiu-se que os colaboradores que são considerados mais antigos, tendem a demonstrar um sensível crescimento no comprometimento afetivo e significativo crescimento do normativo; e por fim verificou-se que os colaboradores que não fazem parte da família apresentam maiores graus de comprometimento em todas as dimensões do comprometimento proposto por Rego (2003).
Abstract: The objective of this paper is to study the relationship between seniority and organizational commitment as indicators of satisfaction in a family company in Fortaleza. Its relevance comes from the necessity of undertaking new themes that bring together possibilities of articulation to the theme of organizational commitment from the multidimensional pattern proposed by Rego (2003), namely: affective commitment, common future, alternatives shortage, substantial sacrifices, norm commitment, and psychological absence. The survey was conducted in a large company in the metallurgical segment. Two hundred and seventy two employees from operational, administrative, coordinative, managerial and directorial levels participated in this study. Concerning the approach of the problem, the outline of this study has its base on quantitative and qualitative grounds, and its method is based on case study. The analyzed data was collected from a questionnaire. The theory used employs concepts as “organizational commitment”, “seniority”, “satisfaction”, and “management of family business” as a way to undertake patterns of relationships and influence among them. We highlight as main results the high level of affective commitment, normative commitment and communal future, as well as the low level of substantial sacrifice commitment, alternatives shortage and psychological absence perceived among all the employers of the company; we’ve concluded that employees with seniority display a slight increase in affective commitment and significant increase in normative commitment; and, finally, we have verified that employees who are not part of the family demonstrate higher levels of commitment in all dimensions of commitment as proposed by Rego (2003).
Descrição: RIOS, Ana Lúcia Ferreira. As relações entre satisfação, longevidade no trabalho e comprometimento organizacional em uma empresa do segmento metalúrgico de Fortaleza. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 2, n. 1, p. 49-70, jan./jun. 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17542
ISSN: 2179-1740 (online)
0102-1222 (impresso)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_art_alfrios.pdf5,48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.