Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1758
Título: Avaliação clinicopatológica de pacientes portadores de tumores malignos de origem não epitelial em região de cabeça e pescoço no município de Fortaleza- Ce
Título em inglês: Clinical pathological study of patients with malignant tumors of non-epithelial origin in head and neck
Autor(es): Pacheco, Isabela Alves
Orientador(es): Sousa , Fabrício Bitu
Palavras-chave: Neoplasias de Cabeça e Pescoço
Melanoma
Data do documento: 2010
Citação: PACHECO, I. A. (2010)
Resumo: Tumores malignos de origem não epitelial são considerados raros na região de cabeça e pescoço e podem apresentar grande morbidade e mortalidade. Este estudo teve o objetivo de fazer um levantamento dos casos de sarcomas e melanomas em região de cabeça e pescoço no período de 1999 a 2008, em três centros especializados no Município de Fortaleza, Ceará. A coleta de dados foi feita com base nos livros de registros das cirurgias de cabeça e pescoço e dos prontuários dos centros avaliados. Foram observados 54 casos, sendo 36 sarcomas e 18 melanomas. Quanto à avaliação dos sarcomas, observamos que os indivíduos mais acometidos foram homens adultos, da raça parda, na faixa etária de 20 a 59 anos, com idade média de 39,7. A relação homem/mulher foi de 1,76:1. O tipo histológico mais prevalente foi o rabdomiossarcoma, e as localizações mais acometidas foram face e região cervical. Em relação aos melanomas, homens adultos também foram predominantes, na faixa etária de 20 a 59 anos, com idade média de 54,6. Verificou-se igual acometimento nas raças parda e branca, com 33,3%, cada uma. A relação homem/mulher foi de 1,25:1. O tipo histológico mais prevalente foi o melanoma de disseminação superficial, e a pele da face foi a localização mais frequente. Na avaliação da procedência, houve semelhança em ambas as doenças, sendo aproximadamente metade dos pacientes da capital e metade do interior do estado. Quanto ao acompanhamento, a maior parte da amostra foi de pacientes vivos sem evidência de doença na última consulta, correspondendo a 41,6% nos sarcomas e 44,5% entre os melanomas. A variação de terapia também foi observada em ambos os grupos, sendo os tipos mais comuns de tratamento a associação de cirurgia, radioterapia e quimioterapia e cirurgia e radioterapia para sarcomas, e cirurgia, seguida da associação de cirurgia e radioterapia para melanomas. Apesar de os tumores malignos de origem não epitelial em cabeça e pescoço serem lesões raras, eles apresentam grande morbidade e mortalidade e dessa forma, necessita-se de que seus aspectos clinicopatológicos sejam estudados e conhecidos, sempre com o objetivo de melhorar as formas de tratamento dessas lesões, garantindo assim maiores chances de cura e melhor qualidade de vida para os pacientes acometidos.
Abstract: Malignant tumors of non-epithelial origin are considered rare in the head and neck region and they can show great morbidity and mortality. The aim of this study was to investigate the cases of sarcomas and melanomas in the head and neck region over the period from 1999 to 2008, in specialized centers located in the Municipality of Fortaleza. The data were collected from the register books of surgery of the head and neck and patient reports at the evaluated centers. Fifty-four cases were observed, being 36 sarcomas and 18 melanomas. As per the evaluation of the sarcomas, we have observed that the most assailed individuals were men with brown skin, ranging from 20 to 59 years old, with median age of 39.7. The relation man/woman was 1.7:1. The most prevailing histological type was the rhabdomyosarcoma, and the most attacked areas were the face and the cervical region. And as per the melanomas, adult men were also prevailing, ranging from 20 to 59 years old, with median age of 54.6. It has also been verified equal assailment in the brown and white races, with 33.3% in each one. The relation man/woman was 1.25:1. The most prevailing histological type was the superficial spreading melanoma, and the face skin was the most frequent location. In the evaluation of the origin, there was similarity in both diseases, being approximately half the patients in the capital city, and half in the state´s hinterland. As concerning the monitoring, the greatest part of the sample came from patients alive without evidence of the disease from the last consultation, corresponding to 41.6% in sarcomas and 44.5% in melanomas. The variation of therapy has also been observed in both groups, being the most common types of treatments, the association of surgery, radiotherapy and chemotherapy and surgery and radiotherapy for sarcomas and surgery, followed by surgery and radiotherapy for melanomas. Although malignant tumors of non-epithelial origin are rare in the head and neck region, they can show great morbidity and mortality and it is necessary the better understanding of their clinicalpatological aspects, in order to establish better treatment and life quality to these patients.
Descrição: PACHECO, Isabela Alves. Avaliação clinicopatológica de pacientes portadores de tumores malígnos de origem não epitelial em região de cabeça e pescoço no município de Fortaleza- Ce. 2010. 76 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-Ce, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1758
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_iapacheco.pdf493,28 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.