Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17608
Título: Distribuição de mercúrio e avaliação de método não invasivo de monitoramento ambiental em tartarugas marinhas
Autor(es): Bezerra, Moisés Fernandes
Orientador(es): Lacerda, Luiz Drude de
Palavras-chave: Mercúrio - Aspectos ambientais
Tartaruga
Poluição
Data do documento: 2014
Citação: BEZERRA, M. F. (2014)
Resumo: Estudos abordando diversos aspectos do status de conservação e impactos antrópicos em tartarugas marinhas vêm crescendo nos últimos 30 anos, o que têm atraído a atenção do governo de vários países, assim como, de instituições não governamentais e do público em geral. Impactos causados pela exposição ao mercúrio (Hg) e seus compostos são amplamente documentados na literatura para diversos organismos marinhos (e.g. peixes, aves e mamíferos), entretanto, pouco se sabe sobre os seus efeitos em répteis, principalmente tratando-se de organismos ameaçados de extinção como as tartarugas marinhas. Apesar de o litoral brasileiro possuir importantes áreas de alimentação e reprodução para cinco espécies de tartarugas marinhas, até a presente data, tem-se conhecimento de apenas cinco estudos avaliando os impactos causados pela contaminação por metais pesados nesses animais. A razão para esse cenário está, em parte, relacionada à dificuldade de obtenção de amostras biológicas viáveis para a realização de analises, sobretudo, por serem animais mundialmente protegidos. Desse modo, torna-se essencial a utilização de métodos não letais que permitam uma avaliação de risco e monitoramentos periódicos dos níveis de contaminação a que esses animais estão expostos. O presente trabalho visa avaliar a utilização de fragmentos de carapaça como indicador das concentrações de Hg total presentes em órgãos e tecidos internos de tartarugas verdes de duas áreas de alimentação (litoral do Ceará e litoral norte da Bahia) localizadas na costa nordeste do Brasil, bem como avaliar a distribuição e acumulação desse poluente nos diferentes órgãos e tecidos, comparando entre as diferentes áreas de estudo. E ainda, verificar os níveis de Hg total em fragmentos de carapaça e cascas ovos de tartarugas cabeçudas adultas desovando no litoral norte da Bahia.
Abstract: In the last three decades, several studies on ecology, human impacts and health status of sea turtles have increased the attention and concern of many countries governments, non-governmental institutions and general public. The effects and impacts of Hg contamination and its compounds on marine organisms (i.e. fishes, seabirds and marine mammals) are largely reported in the literature. However, there is little information on reptiles, especially, about sea turtle Hg contamination. Along the Brazilian coast there are important feeding grounds and reproductive areas for five sea turtles species. Nevertheless, until now, we have found only five studies dealing with heavy metals contamination in these endangered animals. This lack of information could be partly attributed to the difficult in sampling tissues of these global protected species. Because of this, it’s crucial to develop non-invasive sampling methods which can effectively evaluate the Hg levels exposure. The aim of this research is to assess the carapace fragments (scutes) as a monitoring matrix for Hg contamination and understand the distribution and accumulation of this pollutant in the body of green turtles from two feeding grounds located in the Brazilian northeastern coast. We also aim to assess the Hg levels in scutes and eggs of adult loggerhead turtles on the Bahia north coast.
Descrição: BEZERRA, M. F. Distribuição de mercúrio e avaliação de método não invasivo de monitoramento ambiental em tartarugas marinhas. 2014. 87 fl. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Ciências Marinhas Tropicais, Fortaleza, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17608
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_dis_mfbezerra.pdf7,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.