Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17666
Título: Transporte de carbono orgânico dissolvido no estuário do rio Jaguaribe sob clima semiárido
Autor(es): Cavalcante, Mariany Sousa
Orientador(es): Marins, Rozane Valente
Coorientador(es): Dias, Francisco José da Silva
Palavras-chave: Estuários - Jaguaribe River (Ceará, Brazil)
Carbono orgânico
Data do documento: 2015
Citação: CAVALCANTE, M. S. (2015)
Resumo: Os estuários são vias de transporte de carbono orgânico dissolvido (COD) do continente para o mar. Contudo, antes de chegar ao seu destino o COD sofre transformações biogeoquímicas e/ou influência da hidrodinâmica estuarina, que dependem de fatores como clima, descarga fluvial e maré. Este estudo analisou a variação espacial e temporal do COD, a hidroquímica e aspectos físicos do estuário do rio Jaguaribe sob diferentes condições de clima (seco/chuvoso) e maré (vazante/enchente). A variação espacial dos teores de COD foi entre 1,1 e 6,4 mg.L-1 na estação seca e entre 1,1 e 9,15 mg.L-1 na estação chuvosa. Não houve grande variabilidade sazonal dos teores de COD, provavelmente devido ao baixo índice de pluviosidade na estação chuvosa. O comportamento hidroquímico do COD foi diferente entre as duas estações climáticas. Na estação seca, o COD apresentou comportamento conservativo, fortemente influenciado pelos processos físicos devido ao domínio marinho no estuário. Na estação chuvosa, o comportamento não conservativo e mostrou ser fortemente atrelado à atividade biológica. O COD apresentou forte correlação positiva com o tempo de residência (TR) e o percentual de água doce (PAD), mostrando a importância da contribuição fluvial para o aporte de COD no ambiente estuarino. Os valores de COD, PAD e TR foram crescentes em direção ao continente, indicando represamento de águas fluviais e do COD à montante. A zona de mistura do estuário do rio Jaguaribe comportou-se como retentora de COD na estação seca e exportadora na estação chuvosa. O fluxo de COD foi inferior ao esperado para regiões sob clima semiárido, possivelmente pelo regime de chuvas ter sido menor do que a média histórica.
Abstract: Estuaries are pathway for dissolved organic carbon (DOC) from the coastal to the sea. However, before reaching the ocean, DOC can suffers biogeochemical transformations and influence of estuarine hydrodynamics, which responds to seasonal, and tidal changes. This study analyzed the spatial and temporal variability of DOC, the hydrochemical and physical aspects of Jaguaribe river estuary, under different climate conditions (dry and rainy) and tide (ebb / flood). The spatial variation of the DOC was between 1.1 and 6.4 mg L-1 in the dry season and between 1.1 and 9.15 mg L-1 in the rainy season. There was no great seasonal variability in DOC concentrations, probably due to low levels of rainfall in wet seasons. The hydrogeochemical DOC behavior was different between the seasons. In the dry season, the DOC showed conservative behavior, highly influenced by physical processes because the tidal effects were dominants in the estuary in this season . In the rainy season, the DOC presented non-conservative behavior, linked to biological activity. The DOC was strongly correlated with the residence time and the amount of freshwater, it shows the importance of fluvial descharge to the estuarine DOC input. The values of DOC, freshwater input and residence time increased toward the coastal, indicating retention of freshwater and DOC upstream. The mixing zone of the Jaguaribe River estuary behaved as a DOC retainer in the dry season and as an exporter in the rainy season. The COD flow was lower than expected for areas under semi-arid climate, possibly by rainfall was lower than the historical average.
Descrição: CAVALCANTE, M.S. Transporte de carbono orgânico dissolvido no estuário do rio Jaguaribe sob clima semiárido. 2015. 83 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17666
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_dis_mscavalcante.pdf1,96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.