Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17694
Título: Do verbal ao imagético: o letramento visual nas abordagens de leitura no ensino de língua portuguesa, inglesa e espanhola
Título em inglês: From the verbal form to imagery: visual literacy in reading approaches in the teaching of portuguese, english and spanish language
Autor(es): Nunes, Tiago Alves
Orientador(es): Baptista, Lívia Márcia Tiba Rádis
Palavras-chave: Reading comprehension
Critical literacy
Compreensão na leitura
Letramento
Aquisição da segunda língua
Data do documento: 2016
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: Nunes, T. A.; Baptista, L. M. T. R. (2016)
Resumo: A imagem, como parte constitutiva de diversos gêneros textuais, integra os vastos domínios discursivos presentes na esfera social da comunicação e interação humanas. Assim sendo, se requerem do leitor/produtor habilidades específicas para que ele possa se inserir nessa cadeia de produção de sentidos, visto que, como qualquer texto, as imagens precisam ser lidas, e não apenas visualizadas/observadas. No tocante ao ensino, sabe-se que as abordagens de leitura em sala de aula se orientam por determinados pressupostos que corroboram o desenvolvimento da compreensão leitora dos aprendizes de línguas materna e estrangeiras. Como o componente multimodal faz parte do modo de apresentação textual, é importante que nas aulas de línguas, a partir de dada abordagem de leitura, se fomente o letramento visual e, em especial, norteadas por uma perspectiva sociocultural de leitura que permita explorar a imagem como texto. Assim, esta investigação objetiva diagnosticar as abordagens de leitura presentes no ensino de três línguas no contexto educacional, a saber, português, espanhol e inglês, com ênfase na análise de possíveis implicações para o incremento do letramento visual na sala de aula. Para tanto, investigamos a prática de três professoras dessas línguas (uma de língua portuguesa, uma de língua espanhola e uma de língua inglesa) realizadas em uma escola pública, priorizando nesse exame descrever e interpretar como se dá a relação professor-material-aluno e, ainda, como o material usado pelos docentes sugere ou não atividades que favoreçam o tratamento da imagem e, em especial, o letramento visual. Do ponto de vista metodológica, a pesquisa é de caráter qualitativo-interpretativista, de base diagnóstica; e, no que diz respeito aos materiais e métodos empregados, trata-se de um estudo de campo. Recorremos, para fins de coleta/geração de dados, ao questionário, à observação de aula, às anotações de campo e à análise de material didático e os dados gerados foram entrecruzados na posterior análise. Como fundamentação teórica, ancoramo-nos, no que diz respeito ao letramento visual (ELKINS, 2009), nos pressupostos teórico-analíticos da Gramática do Design Visual (KRESS, VAN LEEUWEN, 2006) e, no que concerne às abordagens de leitura, nos estudos de Cassany (2006) bem como nos estudos sobre letramento crítico (BAPTISTA, 2010, 2012, 2014; LUKE, 2012; CAZDEN et al., 1996). Depois das análises, pode-se afirmar que as concepções de leitura instauradas em sala são, primordialmente, a psicolinguística e a linguística, com especial destaque para os aspectos formais, de sorte que os socioculturais perpassam infimamente a prática docente. Ademais, o trato dado à imagem, em geral, é de natureza secundária na composição do texto multimodal, quando não percebida, embora os professores tenham consciência de que a imagem é texto e de que a relação entre texto verbal e não verbal é de complementaridade. Portanto, o fomento do letramento visual, desde uma perspectiva sociocultural, é incipiente no ensino de línguas materna e estrangeiras no contexto investigado.
Abstract: The image becomes a constituent part of various genres, integrating the vast discursive fields present in the social sphere of human communication and interaction. Therefore, the reader/producer of meanings is required to have specific skills so that he can insert himself in that chain of meaning production, since, as any text, images should be read, and not just displayed/observed. In what concerns education it is known that reading approaches in the classroom are based on assumptions that support the development of the reading comprehension of the learners of native and foreign languages. As the multimodal component is part of the textual displaying mode, it is important that in language classes, from a given reading approach, visual literacy be promoted and, in particular, that it be guided by a sociocultural perspective of reading which makes it possible to explore the image as text. Thus, this research aims at diagnosing reading approaches present in language teaching in the educational context and its implications for the visual literacy. To do so we have investigated the practice of three language teachers (a Portuguese one, a Spanish one and an English one) in a public school, paying attention to the teacher-material-student relationship, and the material used by the teachers. Our research is a qualitative-interpretative one and diagnostic based; and, with regard to the materials and methods used, a field study; we have resorted thus to the questionnaire, to the class observation, to the field notes and to the analysis of teaching materials as methodological tools to complete the investigation. At the end of the collection and generation of the corpus, we triangulated the data. As to the theoretical foundation, we have based this study, with regard to visual literacy (ELKINS, 2009), in the theoretical and analytical assumptions of the Grammar of Visual Design (KRESS; VAN LEEUWEN, 2006) and, in respect to reading approaches, in the studies of Cassany (2006), as well as in the studies on critical literacy (BAPTISTA, 2010, 2012, 2014; LUKE, 2012; CAZDEN et al., 1996). After the analysis, it is possible to say that the concept of reading established in the classroom is primarily psycholinguistic and linguistic, focusing thereby in formal aspects, so that the sociocultural aspects permeate the teaching practice infinitely. Moreover, the treatment given to the image is in general of an accessorial nature in the composition of the multimodal text when it is not perceived, although teachers are aware that the image is text and that the relationship between verbal and non-verbal text is one of complementation. Therefore, the development of visual literacy, from a sociocultural perspective, is incipient in the teaching of native and foreign languages in the context investigated.
Descrição: NUNES, Tiago Alves. Do verbal ao imagético: o letramento visual nas abordagens de leitura no ensino de língua portuguesa, inglesa e espanhola. 2016. 147f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, Programa de Pós-graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17694
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_tanunes.pdf13,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.