Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17699
Título: Nietzsche e a genealogia da verdade
Título em inglês: Nietzsche and the genealogy of truth
Autor(es): Monteiro, Átila Brandão
Orientador(es): Barros, Fernando Ribeiro de Moraes
Palavras-chave: Will to truth
Fiction
Nietzsche, Friedrich Wilhelm, 1844-1900 - Crítica e Interpretação
Filosofia Alemã
Ateus da Alemanha
Data do documento: 2016
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: Monteiro, A. B.; Barros, F. R. M. (2016)
Resumo: A presente dissertação objetiva fornecer uma interpretação acerca do conjunto de reflexões desenvolvidas pelo filósofo alemão Friedrich Nietzsche em torno da noção de verdade. Tal reflexão é realizada a partir dos diferentes pontos de vista presentes em sua obra, procurando observar como se articulam as ideias de verdade e de vida, tendo como fio condutor a noção de “vontade de verdade”. Procuro, por um lado, articular os momentos em que o filósofo empreende críticas à noção de verdade, direcionadas primeiramente às verdades da metafísica, mas que apontam e investigam, ao mesmo tempo, para a noção de veracidade, na medida em que esta passa a ser entendida como a provável origem daquela. Em seguida, intento entender, na esteira da reflexão sobre a veracidade, como Nietzsche desenvolve esta crítica e dá a ela um novo direcionamento com um sentido existencial e normativo (uma vez que elege um critério a partir do qual é possível avaliar o valor dos valores morais), a partir da elaboração do seu procedimento genealógico. O resultado de tais reflexões são essenciais para a compreensão da ideia de vontade de verdade e, igualmente, de um sentido possível da noção verdade para o filósofo.
Abstract: This dissertation aims to provide an interpretation about the set of reflections developed by the German philosopher Friedrich Nietzsche around the notion of truth. Such reflection is carried out from different points of view present in his work, trying to observe how articulate the ideas of truth and life, with the thread of the notion of "will to truth". I seek, on the one hand, articulate the moments in which the philosopher undertakes criticism of the notion of truth, first directed to the metaphysical truths, but pointing and investigating at the same time, to the notion of veracity, as it passes the it is understood as the likely source of that. Then attempt to understand, in the wake of reflection on the veracity, how Nietzsche develops this critical and gives it a new direction with an existential and normative sense (since elects a criterion from which to assess the value of moral values), from the preparation of its genealogical procedure. The result of such reflections are essential to understanding the “will to truth” idea and also a possible sense of the truth to the philosopher.
Descrição: MONTEIRO, Átila Brandão. Nietzsche e a genealogia da verdade. 2016. 132f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Fortaleza (CE), 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17699
Aparece nas coleções:PPGFILO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_dis_abmonteiro.pdf991,96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.