Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17734
Título: Análise da capacidade funcional de idosos com hanseníase através de três instrumentos
Título em inglês: Analysis of the functional capacity of older people with leprosy through three instruments
Autor(es): Nogueira, Paula Sacha Frota
Orientador(es): Silva, Maria Josefina da
Palavras-chave: Hanseníase
Saúde do Idoso
Atividades Cotidianas
Autonomia Pessoal
Data do documento: 17-Dez-2015
Citação: NOGUEIRA, P. S. F. ; SILVA, M. J. (2015)
Resumo: O envelhecimento populacional é um fenômeno de grande impacto nas políticas econômica e sanitária mundiais, desafiando a manutenção da funcionalidade, autonomia, independência e participação social do idoso. Assim, doenças com desfecho incapacitante e crônico, como a hanseníase, merecem destaque. Objetivou-se analisar a capacidade funcional de idosos com hanseníase. Estudo descritivo, transversal, desenvolvido com 77 idosos com hanseníase acompanhados em centro de Dermatologia de Fortaleza, Ceará. Foi realizada entrevista, consulta ao prontuário e aferição de peso, altura e pressão arterial sistêmica. Os documentos utilizados na coleta de dados, foram o Formulário de entrevista; a Escala de Lawton e Brody, o Índice de Katz e a Escala SALSA. Realizou-se análise estatística descritiva e inferencial. Os aspectos éticos da resolução nº466/12 foram respeitados em todas as fases do estudo. Os resultados revelaram uma média de idade de 68,23 ±6,11 anos, com maioria do sexo masculino (63,6%), em união estável/casado (66,2%), procedente de Fortaleza (59,7%), coabitante com cônjuge e filho(s) (53,2%), com escolaridade média de 4,14 ±4,01 anos de estudo e renda familiar mensal média de 2,04 ± 1,71 salários mínimos. O valor glicêmico médio foi de 108,14 mg/dL ±49,39, com 64,9% idosos com glicemia normal, 28,6% com pressão arterial limítrofe e 48,1% com índice de massa corporal normal. As características clínicas predominantes relacionadas a hanseníase foram: positividade no índice baciloscópico (51,9%), forma clínica dimorfa (51,9%), esquema de tratamento multibacilar (68,8%) e Grau de Incapacidade Física (GIF) zero (59,7%). Os participantes obtiveram uma média de 22,34 ±4,77 pontos na escala de Lawton e Brody, prevalecendo a classificação independente (58,5%). As variáveis associadas a escala de Lawton e Brody foram idade (p=0,012), com quem reside (p=0,031) e escolaridade (p=0,041). A pontuação média para o índice de Katz foi de 5,75 (±0,74) pontos pontos, destacando-se a classificação indenpendência total (87,0%). A variável renda familiar mensal foi a única a associar-se com o índice de Katz (p=0,011). A escala SALSA obteve uma média de 31,56 ±11,67 pontos, com concentração da categoria leve limitação (49,4%). As variáveis associadas a escala SALSA foram condição de união (p=0,044) e tipo de reação hansênica (p=0,041). A escala SALSA mostrou-se associada tanto com a escala de Lawton e Brody (p= 0,000), quanto com o Índice de Katz (p=0,000). As variáveis que mais estiveram associadas as atividades da escala de Lawton e Brody foram idade e com quem reside. No Índice de Katz, apenas a atividade continência apresentou associação com o GIF (p=0,003). Na escala SALSA, idade e sexo apresentaram maior número de associações com as atividades avaliadas, sendo sete e cinco, respectivamente, enquanto nas variáveis clínicas relacionadas a hanseníase, apenas o GIF apresentou relação com mais de duas atividades. A maioria dos idosos com hanseníase se mostrou independente na escala de Lawton e Brody (58,5%), totalmente independente no índice de Katz (87,0%), e com leve limitação na escala SALSA (49,4%), porém ressalta-se que a escala SALSA se mostrou associada à idade em muitos itens, o que sugere que esta pode ser aplicada na população idosa sem hanseníase.
Abstract: Population aging is a phenomenon of great impact on economic policies and global health, challenging the maintenance of functionality, autonomy, independence and social participation of the elderly. Thus, diseases with disabling and chronic outcomes should be highlighted, such as leprosy. Aimed to analyze the functional capacity in elderly patients with leprosy according to the SALSA scale, Katz index and Lawton and Brody scale. Descriptive, cross-sectional study, developed with 77 elderly leprosy followed in Dermatology Center of Fortaleza, Ceará. Interview, consultation of medical records and measurement of weight, height and blood pressure was performed. The documents used in data collection were the interview form, Lawton and Brody Scale, the Katz Index and the SALSA Scale. Descriptive and inferential statistical analysis was performed. The ethical aspects of Resolution 466/12 were respected at all stages of the study. The results revealed an average age of 68.23 (± 6.11) years, with most males (63.6%) in stable union/ married (66.2%), coming from Fortaleza (59.7 %), cohabiting with a spouse and son (53.2%), with average schooling of 4.14 (± 4.01) years and average monthly family income of 2.04 (± 1.71) minimum wages. The average blood glucose value was 108.14 mg / dL (± 49.39), with 64.9% older people with normal blood glucose, 28.6% with borderline blood pressure, and 48.1% with normal body mass index. The predominant clinical features related to leprosy were bacterial index positive (51.9%), borderline clinical form (51.9%), multibacillary treatment (68.8%), and no disability (59.7%). Participants had an average of 22.34 (± 4.77) points in the scale Lawton and Brody, prevailed independent classification (58.5%). The variables associated with the Lawton and Brody scale were, age (p = 0.012), with whom resides (p = 0.031), and education (p = 0.041). The average score for the Katz index was 1.03 (± 0.16) points, highlighting the full independence rating (87.0%). The variable monthly family income was the only one to be associated with the Katz index (p = 0.011). SALSA scale showed an average of 31.56 (± 11.67) points, with concentration of light limitation category (49.4%). Variables statistically associated with SALSA scale were condition of union (p = 0.044) and type of leprosy reaction (p = 0.041). SALSA scale was associated with both Lawton and Brody scale (p = 0.000), and with the Katz Index (p = 0.000). The variables that were more associated with the activities of the Lawton and Brody scale were age and who reside. Already in the Katz Index, only continence activity was associated with the disability (p = 0.003). The SALSA scale, the socio-demographic variables as age and sex showed a higher number of associations with the activities evaluated, seven and five respectively, while the clinical variables related to leprosy, only the disabilities were related to more than two activities. The functional capacity of the elderly with leprosy was preserved, however it should be noted that the SALSA scale was associated with age in many items, suggesting that this may be applied in the elderly population without leprosy.
Descrição: NOGUEIRA, P. S. F. Análise da capacidade funcional de idosos com hanseníase através de três instrumentos. 2015. 96 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17734
Aparece nas coleções:DENF - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_tese_psfnogueira.pdf1,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.