Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17783
Título: Avaliação da qualidade de vida de defi cientes visuais
Título em inglês: Evaluation of quality of life of visually impaired
Autor(es): Rebouças, Cristiana Brasil de Almeida
Araújo, Moziane Mendonça de
Braga, Fernanda Cavalcante
Fernandes, Giselle Taveira
Costa, Samira Cavalcante
Palavras-chave: Qualidade de Vida
Pessoas com Deficiência Visual
Cuidados de Enfermagem
Data do documento: Jan-2016
Editor: Revista Brasileira de Enfermagem
Citação: REBOUÇAS, C. B. A. ; ARAÚJO, M. M. ; BRAGA, F. C. ; FERNANDES, G. T. ; COSTA, S. C. (2016)
Resumo: Objetivo: avaliar a qualidade de vida de defi cientes visuais utilizando WHOQOL-100. Método: estudo exploratório, descritivo e quantitativo, realizado entre abril e maio de 2013 com 20 defi cientes visuais da Associação de Cegos do Estado do Ceará, por meio de entrevista. Resultados: a análise mostrou que predominaram sexo masculino (80%), 41 a 55 anos (40%), estudantes (50%) e renda pessoal de até um salário mínimo (70%). Os participantes se autoavaliaram com boa qualidade de vida (68,75%). As facetas com maiores índices foram relações pessoais (74,06%), atividade sexual (66,88%) e espiritualidade/ religião/ crenças pessoais (65%). Com menores índices foram recursos fi nanceiros (43,44%), ambiente físico: poluição/ ruído/ trânsito/ clima (46,88%), segurança física e proteção (37,19%), transporte (35,63%) e dependência de medicação ou de tratamentos (8,25%). Conclusão: esses resultados refl etem a importância do enfermeiro em realizar ações de educação em saúde promovendo o empoderamento, autonomia e garantia de acesso na sociedade para esta clientela.
Abstract: Objective: to evaluate the quality of life of visually impaired using WHOQOL-100. Method: exploratory, descriptive, and quantitative study, performed between April and May 2013 with 20 visually impaired of the Blind Association of Ceará, through interviews. Results: the analysis showed that males predominated (80%), 41-55 years (40%), students (50%) and personal income than the minimum wage (70%). Participants were self-rated with good quality of life (68.75%). The facets with the highest rates were personal relationships (74.06%), sexual activity (66.88%) and spirituality/religion/personal beliefs (65%). With lower rates were fi nancial (43.44%), physical environment: pollution/noise/traffi c/climate (46.88%), physical security and protection (37.19%), transport (35.63%) and medication or treatment dependency (8.25%). Conclusion: these results refl ect the importance of the nurse to perform health education actions promoting the empowerment, autonomy and guaranteed of access in society for this clientele.
Resumo em espanhol: Objetivo: evaluar la calidad de vida de defi cientes visuales usando WHOQOL-100. Método: estudio exploratorio, descriptivo y cuantitativo, realizado entre abril y mayo de 2013, con 20 defi cientes visuales de la Asociación de Ciegos de Ceará, a través de entrevistas. Resultados: el análisis mostró que el sexo masculino predomina (80%), 41 a 55 años (40%), estudiantes (50%) y con ingresos personales de hasta un salario mínimo (70%). Los participantes se auto-evaluaron con buena calidad de vida (68,75%). Las facetas con mayores tasas fueron relaciones personales (74,06%), la actividad sexual (66,88%) y la espiritualidad/ religión/ creencias personales (65%). Con menores tasas fueron recursos fi nancieros (43,44%), ambiente físico: la contaminación/ruido/ tráfi co/clima (46,88%), la seguridad física y la protección (37,19%), el transporte (35,63%) y la dependencia a medicamentos o tratamientos (8,25%). Conclusión: estos resultados reflejan la importancia de la enfermería para realizar acciones de educación para la salud que promueven el empoderamiento, la autonomía y la garantía de acceso en la sociedad para esta clientela.
Descrição: REBOUÇAS, Cristiana Brasil de Almeida ; ARAÚJO, Moziane Mendonça de ; BRAGA, Fernanda Cavalcante ; FERNANDES, Giselle Taveira ; COSTA, Samira Cavalcante. Avaliação da qualidade de vida de deficientes visuais. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 69,n. 1, p. 72-8, jan./fev. 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17783
ISSN: 1984-0446 On line
Aparece nas coleções:DENF - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_art_cbareboucas.pdf507,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.