Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17823
Título: Precariedade laboral, raça e gênero: imigrantes brasileiras e o mercado de trabalho português
Autor(es): SILVA, Thais França da
Palavras-chave: Precarização laboral
Gênero
Imigração
Mulheres brasileiras
Data do documento: 2013
Editor: Revista de Psicologia
Citação: SILVA, T. F. (2013)
Resumo: O objetivo primeiro desse estudo é investigar a centralidade do trabalho no processo de inserção laboral das mulheres brasileiras em Portugal. Para tanto, sustenta-se em dois eixos principais de análise: as atuais transformações do mercado de trabalho e a feminização da migração. As recentes transformações geopolíticas mundiais resultaram, entre outros fenômenos, em um aumento da desigualdade econômica entre os países, na reestruturação dos modos de produção, na intensificação dos processos de precarização das relações laborais, tendo entre outros aspectos, consequências diretas na configuração dos fluxos migratórios. A partir da análise dessas transformações e dos seus impactos no mundo do trabalho, investiguei a relação que as imigrantes do Brasil estabelecem com o mercado laboral em Portugal. Metodologicamente, optei por uma abordagem primordialmente de cunho qualitativo, foram realizadas 21 entrevistas em profundidade com mulheres brasileiras residentes em Portugal, entre 25 e 35 anos, que trabalham ou trabalharam no país. Para analisar o material colhido, utilizei o método da Análise Crítica de Discurso (ACD), uma vez que o concebo como uma forma de acessar as estruturas simbólicas que moldam e balizam a vida cotidiana, dando maior prioridade à compreensão do processo de formação dos discursos que à interpretação dos mesmos.
Abstract: The main objective of this dissertation is to investigate work’s centrality on Brazilian women’s entrance in the Portuguese labor market. Two principal axes support the analysis: the current labor market transformation and the feminization of the immigration flow. The recent global geopolitical transformations resulted, inter alia, in the increase of economic inequality among countries, the restructuring of the modes of production, the intensification of the labor precarization process, to the decentralization of the production and to the opening of domestic economies to an international market, directly affecting the international flow of migration. Based on this transformation and its impact on labor, this study examines the immigration of Brazilian women and its relation to the Portuguese labor market. Regarding methodology, a qualitative approach was chosen, and 21 in-depth interviews were carried out with Brazilian women, from 25 to 35 years old, who work or used to work in Portugal. The Critical Discourse Analysis was used to analyze these interviews, as discourse analysis allows access to symbolical structures that forge and frame everyday life. The understanding of the process of discourse formation took priority over interpretation.
Descrição: SILVA, Thais França da. Precariedade laboral, raça e gênero: imigrantes brasileiras e o mercado de trabalho português. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 4, n. 2, p. 87-102, jul./dez. 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17823
ISSN: 2179-1740(online)
0102-1222(impresso)
Aparece nas coleções:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_art_tfsilva.pdf441,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.