Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17995
Título: Abril despedaçado transmutado para o cinema: da Albânia ao Brasil a tragédia em cena
Autor(es): LIMA, Beatriz Furtado Alencar
Orientador(es): ALVES, Soraya Ferreira
Palavras-chave: Tradução cultural
Cinema
Literatura
Tragédia
Traduction culturelle
Cinéma
Littérature
Tragédie
Data do documento: 2008
Editor: Universidade Estadual do Ceará (UECE)
Citação: LIMA, B. F. A.; ALVES, S. F. (2008)
Resumo: No presente trabalho, pesquisamos o processo tradutório do livro Abril Despedaçado, de Ismail Kadaré, para o filme homônimo do diretor Walter Salles. Partindo do pressuposto de que as duas obras possuíam muitas características que as ligavam à tragédia, nos propusemos a analisar a tradução dos elementos trágicos presentes no romance de Kadaré para o filme de Salles. Para isso, nos baseamos em: Burke (2006), especificamente em seu conceito de tradução cultural, uma vez que estamos analisando duas obras de culturas aparentemente diferentes; em Carvalhal (2003), no que diz respeito à Literatura Comparada; e, em Avellar (2007) que trata sobre a teoria do cinema. Este concebe, em alguns aportes das estratégias cinematográficas e em estudos sobre a mitologia e a tragédia gregas, o processo de tradução de criações em livros para o cinema como uma imagem/reflexão e não como uma imagem/reflexo. Com base nesse suportes identificamos os elementos trágicos presentes no livro e traçamos comparações desses elementos com obras da Antiguidade. Estas também detentoras de elementos trágicos. E, por fim, verificamos como essas comparações foram trabalhadas na obra cinematográfica. A partir desse método, três elementos trágicos foram identificados com suas respectivas traduções para o filme: o coro trágico, o sangue como um miasma e o conflito trágico. Nosso estudo levou-nos a observar que os elementos trágicos analisados sofreram ressignificações culturais no pólo-receptor para o qual foram traduzidos, possibilitando que a cultura albanesa e a brasileira se recriassem uma na outra, perfazendo um movimento circular constantemente renovado.
Descrição: LIMA, Beatriz Furtado Alencar. Abril Despedaçado transmutado para o cinema: da Albânia ao Brasil a tragédia em cena. 2008. 174f. – Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual do Ceará, Curso de Mestrado em Linguística Aplicada, Fortaleza (CE), 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/17995
Aparece nas coleções:DLE - Dissertações defendidas em outras instituições

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_bfalima.pdf4,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.