Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1800
Título: Tecnologia educativa : uma proposta para promoção da saúde de um grupo de mulheres
Título em inglês: Educative technology : a proposal for promotion of the health of a group of women
Autor(es): Nunes, Joyce Mazza
Orientador(es): Vieira, Neiva Francenely Cunha
Palavras-chave: Promoção da Saúde
Educação em Saúde
Programa Saúde da Família
Data do documento: 2010
Citação: NUNES, J. M. (2010)
Resumo: A partir de nossa experiência como enfermeira da Estratégia Saúde da Família- ESF, desenvolveu-se este estudo, realizando atividades educativas em saúde mediada por tecnologias educativas, junto a mulheres adultas jovens, assistidas pela ESF, com o intuito de contribuir para o exercício da autonomia e emancipação destas mulheres, estabelecendo-se uma relação dialógica e participativa. OBJETIVO descrever experiências de mudanças comportamentais adotadas por um grupo de mulheres adultas jovens, como resultado da utilização de tecnologias educativas para a promoção da saúde deste grupo de usuárias. METODOLOGIA estudo de abordagem qualitativa, cujo referencial foi Community-based participatory research – CBPR. Formou-se um grupo com onze mulheres adultas jovens (entre 20 e 38 anos), residentes no Conjunto Habitacional Novo Barroso em Fortaleza-CE, com o intuito de desenvolver atividades educativas em saúde e discutir sobre os principais problemas de saúde das mulheres naquela comunidade, planejar e desenvolver ações visando contribuir para a prevenção e promoção da saúde. As três agentes comunitárias de saúde do bairro também participaram do estudo. Ocorreram 16 encontros com o grupo, no período de julho a outubro de 2009. As técnicas e instrumentos de coleta de informações foram: registros dos encontros de grupo, diário de campo da pesquisadora e entrevistas. A coleta e a análise das informações ocorreram de forma simultânea, no decurso dos encontros no grupo de mulheres. Os aspectos éticos foram respeitados, buscando-se nortear corretamente o estudo, tendo sido submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará, sob protocolo nº 153/ 09. RESULTADOS a maioria das participantes mantinha um relacionamento conjugal estável e tinha filhos, possuía renda familiar de até um salário mínimo. Elas escolheram um nome para o grupo que foi Supermulher: a saúde cor-de-rosa. Nos encontros educativos, houve a participação de profissionais, como educadora física, nutricionista e dentista, contribuindo para a prática da interdisciplinaridade. As mulheres sugeriram temas para discussão, como gravidez na adolescência, câncer de mama e infertilidade. O grupo elegeu como tema prioritário em saúde da mulher para aquela comunidade a gravidez na adolescência. Assim empregou-se o conhecimento das participantes para identificar as potencialidades locais e planejar conjuntamente as intervenções que poderiam amenizar a gravidez na adolescência. As mulheres, então, fizeram um filme sobre gravidez na adolescência, que foi apresentado à comunidade no I Encontro de Adolescentes do Novo Barroso. Acredita-se que o estudo contribuiu para o aumento da autonomia, emancipação e fortalecimento da cidadania e consciência crítica dessas mulheres, mediante as evidências percebidas. As mulheres participantes deste estudo já ‘deram marcas’ de mudanças de comportamento, por tudo o que foi evidenciado durante os encontros com o grupo. CONSIDERAÇÕES FINAIS A CBPR mostrou-se uma estratégia positiva para o reconhecimento dos problemas comunitários, envolvimento e mobilização comunitária na superação dessa realidade. Nas práticas educativas, é preciso inovar e criar parceria com a comunidade, sendo para isso necessário ultrapassar os limites físicos do CSF e ir para o território, conhecer a comunidade, as famílias, os sujeitos e as suas necessidades e potencialidades. As tecnologias educativas devem ser utilizadas no processo educativo, no sentido de incluir os sujeitos na aprendizagem e facilitar o diálogo entre saber científico e popular, pois neste estudo foram imprescindíveis para o envolvimento e participação dos sujeitos, assim, favorecendo sua aprendizagem e consequentes mudanças de comportamento.
Descrição: NUNES, Joyce Mazza. Tecnologia educativa : uma proposta para promoção da saúde de um grupo de mulheres. 2010. 149 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1800
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_jmnunes.pdf1,48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.