Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18041
Título: Avaliação do potencial antimicrobiano de infusões de folhas de cajueiro (Anacardium occidentale Lin) frente a bactéria Streptococcus mutans
Título em inglês: Evaluation of the antimicrobial potential of infusions of leaves of cashew (Anacardium occidentale Lin) against the bacterium Streptococcus mutans
Autor(es): Alves, Francisca das Chagas de Sousa
Orientador(es): Santos, Ricardo Pires dos
Palavras-chave: Anacardium occidentale Lin
toxicidade
Data do documento: 2011
Citação: ALVES. F. C. S. (2011)
Resumo: O cultivo de Anacardium occidentale Lin, mais conhecido popularmente como cajueiro, é uma das atividades agropecuárias mais importantes do Nordeste brasileiro. É utilizada na medicina tradicional para fins terapêuticos, incluindo atividade antimicrobiana. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o potencial antimicrobiano da infusão de folhas de cajueiro em diferentes horários de coleta frente à bactéria Streptococcus mutans e analisar o potencial tóxico e citotóxico das infusões nas concentrações utilizadas. A Concentração Inibitória Mínima (CIM) foi determinada nos horários de 7, 9, 11, 13, 15, 17 e 19h utilizando a cepa de S. mutans UA159. Também foi determinada a Concentração Bactericida Mínima (CBM) e foram realizados testes de toxicidade das infusões em Artemia salina Leach e citotoxicidade na presença da enzima LDH em neutrófilo humano. Os resultados dos ensaios antimicrobianos mostraram que as infusões de folhas de cajueiro podem estimular, inibir ou não ter efeito sobre o crescimento bacteriano, conforme a hora de coleta e a concentração. Os valores das CIMs foram de 250 µg.mL-1 (7h), 125 µg.mL-1 (9-15h) e 62,5 µg.mL-1 (17 e 19h). Ocorreu estímulo no crescimento bacteriano nas concentrações de 15,62 µg.mL-1 (9-19h), 31,25 µg mL-1 .(15h) e 62,50 µg.mL-1 (15h). A infusão coletada às 7h não apresentou nenhuma concentração de estímulo. Nos testes de Concentração Bactericida Mínima (CBM) as infusões foram consideradas como bacteriostática. Os testes de toxicidade em Artemia salina resultaram em valores para a concentração letal média (CL50) de 266,15; 285,48 e 345,15 nos horários de coleta de 11, 17 e 19h, respectivamente. Assim, para esses horários de coleta as infusões foram consideradas atóxicas nos seus valores de CIMs (125 e 62,5µg.mL-1 ). Os testes de citotoxicidade mostraram que as infusões não são tóxicas nas concentrações de 1, 10, 100 e 200µg.mL-1
Abstract: The cultivation of Anacardium occidentale Lin, more known as cashew tree, is one of the most important agriculture and stock-breeding activities in the northeast of Brazil. It is used in traditional medicine with therapeutic purposes, including antigerm activitiy. The objective of this work is to check the antigerm potential by infusing the leaves of the cashew tree in different hours of collection before the bacterium Streptococcus mutans. Its objective also includes the analysis of the toxical and cytotoxical potential of these infusions in used concentrations. The Minimum Inhibitory Concentration (MIC) was determined in the time- tables 7,9,11,13,15,17 and 19H using the cepa of S.mutans UA159. It was also determined the Minimum Bactericidal Concentration (MBC), when tests of toxicity of infusions were done in Artemia salina Leach and cytotoxicity in the presence of LDH enzyme in human neutrophil. The results of the antigerm samples showed that the infusions of the leaves of the cashew tree may stimulate, inhibit or not present effects on the bacterium growth, according to the time of collection and concentration. The values of the MIC (Minimum Inhibitory Con- centration) were 250 µg.mL-1 (7h), 125 µg. mL-1 (9-15h) e 62,5 µg. mL-1 (17 e 19h). Some stimulus occured in the bacterium growth in the following concentrations: 15,62 µg. mL-1 (9- 19h), 31,25 µg mL-1 .(15h) e 62,50 µg. mL-1 (15h). The collected infusion at 7 A.M. did not present any stimulus concentration. In the tests of Minimum Bactericidal Concentration (MBC), the infusions were considered bacteriostatic. The tests of toxicity in Artemia salina resulted in values for the average lethal concentration (CL50) of 266,15; 285,48 and 345,15 in the collection times of 11, 17 and 19h, respectively. Therefore, for the hours of colletion the infusions were considered nontoxical in their values of Minimum Inhibitory Concentration (125 e 62,5µg.mL-1 ). The tests of cytotoxicity showed that the infusions were not toxical in the concentrations of 1, 10, 100 e 200µg. mL-1.
Descrição: ALVES, F. C. S. Avaliação do potencial antimicrobiano de infusões de folhas de cajueiro (Anacardium occidentale Lin) frente a bactéria Streptococcus mutans. 2011. 61 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18041
Aparece nas coleções:PPGB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_fcsalves.pdf1,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.