Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1810
Título: Estudo da prevalência dos auto-anticorpos marcadores de doenças reumáticas em pacientes com disfunção de articulação temporomandibula
Título em inglês: A study on the prevalence of auto antibodies to rheumatic diseases markers in patients with temporomandibular joint disorders (TMD)
Autor(es): Bernardi, Fernanda Helena
Orientador(es): Naidu, Talapala Govindaswamy
Coorientador(es): Lima Verde, Marcus Aurelio Rabelo
Palavras-chave: Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular
Artrite Reumatóide
Lúpus Eritematoso Sistêmico
Data do documento: 2009
Citação: BERNARDI, F. H. (2009)
Resumo: O presente estudo tem a finalidade de avaliar se os indivíduos portadores de desordem temporomandibular (DTM) apresentam, no momento do diagnóstico clínico, alguns marcadores sorológicos, como o fator reumatóide (FR), o anticorpo anti-peptídeo citrulinado cíclico (anti-CCP) e o fator antinuclear (FAN), que são comumente associados à incidência e evolução das doenças auto-imunes reumáticas, como a AR (Artrite Reumatóide) e o LES (Lúpus Eritematoso Sistêmico). A amostra do estudo foi constituída por 98 participantes, dos quais 69 do grupo experimental - pacientes diagnosticados com deslocamentos de disco articular, ou outras condições da articulação temporomandibular (ATM), como artralgias, osteoartroses e osteoartrites - e 29 do grupo controle constituído por indivíduos aparentemente sadios. Os pacientes do grupo experimental foram diagnosticados por meio do questionário RDC/DTM (Research Diagnostic Criteria) e pelas avaliações quanto ao envolvimento de outros sistemas e órgãos do corpo, além da cabeça e do pescoço. Todos os participantes foram submetidos à coleta de sangue e as amostras sorológicas dos indivíduos foram analisadas quanto ao FR, FAN e anti-CCP. Os dois grupos apresentaram participantes reagentes a um ou mais marcadores sorológicos, sendo 18 (26,08%) do grupo experimental e dois (6,8%) do grupo controle. Os pacientes de DTM soropositivos foram predominantemente mulheres nas 4a e 5a décadas de vida. Análises comparativas para possíveis associações entre sintomas clínicos de DTM e a soropositividade revelaram aumentos estatisticamente significantes na proporção de rigidez matinal e de inflamação de outras articulações do corpo no grupo soropositivo. Esses dados permitem sugerir, mesmo que provisoriamente, as seguintes hipóteses, para explicar a incidência dos marcadores sorológicos para doenças reumáticas sistêmicas em pacientes com DTM: I. A incidência clínica das DTM poderá coincidir, ou coexistir, com a possível evolução de outras doenças reumáticas sistêmicas; e II. A evolução clínica das DTM poderá predispor os indivíduos para a incidência de patologias reumáticas não odontológicas no organismo. A comprovação eventual de ambas as hipóteses, ou qualquer uma delas, poderá contribuir para o diagnóstico precoce e a instituição de estratégias terapêuticas mais eficazes para o melhor controle da evolução das doenças reumáticas sistêmicas.
Abstract: The present study had the objective of investigating whether patients with Temporo-Mandibular Joint Disorder (TMD) reveal, at the time of clinical diagnosis, the presence of certain serological markers, such as rheumatoid factor (RF), anti-citrulinated cyclic peptide antibody (Anti-CCP) and antinuclear antibodies (ANA), which are commonly considered to be the markers for incidence and evolution of the rheumatic autoimmune diseases, Rheumatoid Arthritis (RA) and Systemic Lupus Erythematosus (SLE). The sample size for the study consisted of 98 individuals, with 69 patients - clinically diagnosed with Disk displacement, or other Temporo-Mandibular Joint (TMJ) conditions such as arthralgia, osteoarthrosis and osteoarthritis - constituting the experimental group, and a control group of 29 apparently healthy subjects. The experimental group patients were diagnosed by applying Questionnaire RDC/TMD (Research Diagnostic Criteria), and evaluation for involvement of other systems and body organs, in addition to head and neck. Peripheral blood samples were collected from all the individuals, and the serum samples evaluated for the presence of RF, Anti-CCP and ANA. Of the 98 individuals under study, 18 revealed presence of one or more of the serological markers investigated - 16 (26.08%) of them being TMD patients, and the other two (6.8%) from the control group. The TMJ patients positive for serum markers were predominantly women in the 4th and 5th decades of age. Comparative evaluations for possible associations between a variety of clinical symptoms of TMD and positive serological markers revealed that there was a significantly elevated morning stiffness, as also inflammation in other body articulations, in the seropositive group. These results enable us to suggest, if only provisionally, the following hypotheses to explain the incidence of serological markers for systemic rheumatic diseases in TMD patients: I. The clinical incidence of TMD may coincide, or coexist, with the possible evolution of other systemic rheumatic diseases; and II. The clinical evolution of TMD possibly predisposes the individual to the incidence of non-odontological systemic rheumatic pathologies. The eventual confirmation of both, or either, of these hypotheses could contribute to the early diagnosis and institution of more efficient therapeutic strategies for a better control of systemic rheumatic diseases.
Descrição: BERNARDI, Fernanda Helena. Estudo da prevalência dos auto-anticorpos marcadores de doenças reumáticas em pacientes com disfunção de articulação temporomandibula. 2009. 102 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1810
Aparece nas coleções:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_fhbernardi.pdf2,74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.