Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18163
Título: Fisiologia de plantas de meloeiro cultivadas sob diferentes níveis de irrigação
Título em inglês: Phisiology of plants the melon cultivaded under different levels of irrigation
Autor(es): Silveira, Enio Marques de Castro
Orientador(es): Bezerra, Marlos Alves
Palavras-chave: Engenharia agrícola
Fotossíntese
Gotejamento
Melão
Photosynthesis
Melon
Data do documento: 2013
Citação: SILVEIRA, E. M. C. (2013)
Resumo: O melão representa a maior parte das exportações de frutas frescas produzidas no Brasil, sendo cultivado em larga escala nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. Todo o cultivo comercial desta curcubitácea nestas duas regiões é realizado sob condições de irrigação. Assim, medidas de uso eficiente da água tornam-se essenciais para esta cultura. A melhoria na eficiência do uso da água irá depender principalmente de um manejo que entregue à planta somente a quantidade de água necessária para o seu pleno desenvolvimento. Neste sentido, o presente trabalho teve por objetivo avaliar o crescimento das plantas, o estado hídrico, as trocas gasosas e a produção do meloeiro amarelo cultivado sob diferentes lâminas de irrigação. Para tanto, conduziram-se dois experimentos no Campo Experimental do Curu, no município de Paraipaba, CE, utilizando híbrido Gold Mine, com espaçamento de 2,0 m x 0,4 m e irrigado por gotejamento. O primeiro experimento consistiu na avaliação semanal do crescimento das plantas em resposta à aplicação de três diferentes lâminas diárias de irrigação: 100% 80% e 120% (T1, T2 e T3 respectivamente) da lâmina calculada. No segundo experimento, além dos tratamentos citados anteriormente, foi inserido outro fator: turno de rega de 24 e 48 horas, com quatro repetições por tratamento. Neste, se avaliou as trocas gasosas, o potencial hídrico, os teores de carboidratos nas diversas partes das plantas e a produção e qualidade dos frutos. Em todos os tratamentos, as plantas apresentaram o menor potencial hídrico diário no período de 12h00min às 14h00min. Apesar de a condutância estomática decrescer ao longo do dia, a mesma se mantinha em valores suficientes para permitir uma taxa fotossintética praticamente constante, com leve redução após o meio dia e decréscimo acentuado somente após as 16h00min. Por sua vez, com exceção da transpiração, que foi mais alta nas plantas irrigadas a cada 48 horas, o turno de rega e as lâminas hídricas aplicadas não influenciaram as trocas gasosas das plantas. Da mesma forma, a produção, o tamanho e a qualidade dos frutos de meloeiro praticamente não foram influenciados pelos tratamentos aplicados. Assim, nas condições experimentais utilizadas, o acréscimo ou diminuição de 20% da lâmina de água calculada recomendada para o melão na região, não influenciou o desenvolvimento das plantas, nem tampouco a produção. Apenas a quantidade de sólidos solúveis totais (ºBrix) foi influenciada positivamente pelo o acréscimo de 20% da lâmina calculada, quando aplicada diariamente.
Abstract: The melon is the most exports of fresh fruit produced in Brazil, especially being produced in the states of Rio Grande do Norte and Ceará. All this curcubitaceae commercial orchard in the two regions is performed under irrigated conditions. Thus, measures of efficient use of water become essential for this crop. The improvement in efficiency of water use will depend primarily on a management plan that deliver only the amount of water necessary for their full development. The study aimed to evaluate plant growth, water status, gas exchange and yield of yellow melon grown under different irrigation levels. Therefore, two experiments were conducted in the experimental field of Curu, Paraipaba, CE, using hybrid Gold Mine, with spacing of 2.0 m x 0.4 m, under drip irrigation. The first experiment consisted of weekly evaluation of plant growth in response to applying three different irrigation water levels: 100% 80% and 120% (T1, T2 and T3 respectively) of calculated levels. In the second experiment, in addition to the treatments mentioned above, was inserted another factor: the irrigation schedule of 24 to 48 hours, with four replicates. In this it, was evaluated gas exchange, water potential, the carbohydrate in different parts of the plant, yield and fruit quality. In all treatments the plants showed the lowest water potential daily between 12:00 to 2:00pm. Although stomatal conductance decreases during the day curse, it remained in amounts sufficient for photosynthetic rate nearly constant, with a slight reduction after noon and marked decrease only after 4:00pm. In turn, with the exception of transpiration, which was higher in plants irrigated every 48 hours, the irrigation water levels and the irrigation schedule did not affect gas exchange of plants. Likewise, the production, the size and quality of melon fruits were practically not influenced by treatments. Thus, under the experimental conditions used, the increase or decrease of 20% of irrigation water level calculated and recommended to the melon in the region, did not affect plant development, nor the production. Only the amount of total soluble solids was positively influenced by the addition of 20% of the water levels calculated, when applied daily.
Descrição: SILVEIRA, Enio Marques de Castro. Fisiologia de plantas de meloeiro cultivadas sob diferentes níveis de irrigação. 2013. 56 f. Dissertação (Mestrado em engenharia agrícola)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2013.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18163
Aparece nas coleções:PPGENA - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_dis_emcsilveira.pdf608,23 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.