Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18181
Title in Portuguese: Quem ri de quem na comédia aristofânica? Diceópolis ri de Lâmaco em Acarnenses
Author: Pompeu, Ana Maria César
Keywords: Comédia aristofânica
Gênero cômico
Ignorância
Injustiça
Natureza do ridículo
Issue Date: 2012
Publisher: Expressão Gráfica e Editora
Citation: Pompeu, A. M. C. (2012)
Abstract in Portuguese: O objetivo do presente estudo é identificar o ridículo e o seu espectador na comédia aristofânica Acarnenses, que traz uma proposta de poética do gênero cômico, quando se defende da acusação de falar mal da cidade diante de estrangeiros na comédia do ano anterior (Babilônios de 426 a.C.). A comédia também conhece a justiça e tem a missão de ensiná-la aos cidadãos atenienses – é a mensagem do poeta falando através do protagonista Diceópolis (Cidade Justa) e na parábase através do coro de acarnenses. Antes da análise sobre Diceópolis rindo de Lâmaco na peça, faremos uma leitura da proposta de Platão e Aristóteles acerca do ridículo...
Description: POMPEU, Ana Maria César. Quem ri de quem na comédia aristofânica? Diceópolis ri de Lâmaco em Acarnenses. In: POMPEU, Ana Maria César; ARAÚJO, Orlando Luiz de; PIRES, Robert Brose. (Orgs.). O riso no mundo antigo. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2012, p. 173-182.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18181
metadata.dc.type: Capítulo de Livro
ISBN: 978-85-420-0033-7
Appears in Collections:DLE - Capítulos de livro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_capliv_amcpompeu.pdf195,57 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.