Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18236
Título: Cultivo integrado de juvenis de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) com a microalga Spirulina platensis: uma alternativa para tratamento de efluente aquícola
Título em inglês: Culture integrated youth of nile tilapia (Oreochromis niloticus) with microalgae Spirulina platensis: an alternative for treatment of aquaculture effluent
Autor(es): Coelho, Anderson Alan da Cruz
Orientador(es): Farias , Wladimir Ronald Lobo
Palavras-chave: Engenharia de pesca
Biorremediação
Recirculação
Aquicultura sustentável
Bioremediation
Recirculation
Sustainable aquaculture
Tilápia (Peixe) - Criação
Microalga
Aquicultura
Data do documento: 2012
Citação: COELHO, A. A. C. (2012)
Resumo: Os potenciais impactos ambientais provenientes da aquicultura intensiva têm aumentado a preocupação da sociedade quanto à sustentabilidade da própria atividade. Com o presente trabalho teve como objetivo avaliar, os parâmetros zootécincos das tilápias do Nilo, qualidade de água, produção de biomassa algal e taxa de remoção dos compostos nitrogenados pela microalga Spirulina platensis em um cultivo integrado da tilápia do Nilo (Oreocrhomis niloticus) com a microalga S. platensis em um sistema fechado de circulação de água. O experimento foi realizado no Centro de Biotecnologia Aplicada a Aquicultura (CEBIAQUA) do Departamento de Engenharia de Pesca da Universidade Federal do Ceará. O cultivo das tilápias foi inteiramente casualizado e realizado em três tratamentos com quatro repetições nas densidades de 0,1; 0,15 e 0,20 juvenis L-1. As tilápias foram alimentadas ad libitum com ração comercial (0.8 mm), contendo 55% de proteína bruta (PB), fornecida às 9, 13 e 17 h, sete dias por semana. Para o cultivo de Spirulina platensis, inicialmente, o inóculo foi cultivado em meio químico alternativo e posteriormente adaptado ao efluente de tilápia do Nilo e inoculado em 12 bacias de polietileno. Durante todo o experimento, a água das caixas dos peixes e das respectivas bacias das microalgas foi reutilizada no sistema de recirculação fechado entre as duas culturas, havendo apenas reposição de água por conta da evaporação. Após o completo desenvolvimento da S. platensis nas bacias, a coleta da microoalga foi realizada através de filtragem da água em telas de 60 µm. Foram ainda monitorados o pH, temperatura, oxigênio dissolvido, bem como determinados os níveis de N-amônia, N-nitrato e N-nitrito durante o período experimental. Os resultados mostraram que a densidade de estocagem mais eficiente para o cultivo das tilápias foi 0,10 juvenis L-1, pois apesar de ter resultado na mesma biomassa final dos demais tratamentos, foi a que apresentou a menor taxa de conversão alimentar. A microalga S. platensis se adaptou facilmente e se desenvolveu muito bem no efluente das tilápias do Nilo, independente da densidade de estocagem dos peixes. Com relação à qualidade de água, foi evidenciado que a integração das culturas manteve os níveis de N-amônia (0,26 ± 0,03 mg L-1), N-nitrato (2,55 ± 0,71) e N-nitrito (0,19 ± 0,01) dentro dos valores aceitáveis para o cultivo da tilápia do Nilo.
Abstract: The environmental potential impacts from intensive aquaculture have increased public concern about the sustainability of the activity itself. The present work aimed to evaluate the zootécincos parameters of Nile tilapia , water quality, algal biomass production and rate of nitrogen removal compounds by Spirulina platensis realize an integrated cultivation of Nile tilapia (Oreocrhomis niloticus) with Spirulina platensis in a closed system of water circulation. The experiment took place at the Biotechnology Aquaculture Applied Center (CEBIAQUA) of The Fishing Engineering Department of the Federal University of Ceará. Tilapias culture was conducted in three treatments with four replicates at densities of 010, 0,15 and 0,20 juveniles L-1. The tilapias were fed ad libitum with a commercial ration (0,8 mm) containing 55% crude protein (CP), administered daily at 9, 13 and 17 h. For Spirulina platensis culture, initially, the inoculum was cultivated in an alternative chemical medium and later adapted to the Nile tilapia effluent and inoculated into 12 polyethylene basins. Throughout the experiment, the water of fishes boxes and of the respective microalgae basins was reused in the closed recirculation system between the two cultures, with only replacement of water due to evaporation. After the full development of S. platensis in the basins, the microalgae was collected using a 60 µm screen. The pH, temperature, dissolved oxygen, and levels of N-ammonia, N-nitrate and N-nitrite were also monitored during all the experimental period. The results showed that the most efficient stocking density was 0,10 L-1, because despite having the same final biomass of the other treatments it presented the lowest feed conversion ratio. The microalgae S. platensis was easily adapted and developed very well in the Nile tilapia’s effluent, regardless of fishes stocking density. With respect to water quality, it was evident that the cultures integration maintained the levels of N-ammonia (0,26 ± 0,03 mg L-1), N-nitrates (2,55 ± 0,71 mg L-1) and N- nitrites (0,19 ± 0,01 mg L-1) within acceptable values for the Nile tilapia culture.
Descrição: COELHO, Anderson Alan da Cruz. Cultivo integrado de juvenis de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) com a microalga Spirulina platensis: uma alternativa para tratamento de efluente aquícola. 2012. 43 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia de Pesca, Fortaleza-CE, 2012
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18236
Aparece nas coleções:PPGENP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_dis_aaccoelho.pdf593,31 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.