Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1840
Título: Validação de tecnologia para avaliação do teste do reflexo vermelho
Título em inglês: Validation of technology for assessment of the red reflex test
Autor(es): Aguiar, Adriana Sousa Carvalho de
Orientador(es): Cardoso , Maria Vera Lúcia Moreira Leitão
Palavras-chave: Enfermagem Neonatal
Estudos de Validação
Triagem Neonatal
Saúde Ocular
Data do documento: 2010
Citação: AGUIAR, A. S. C. (2010)
Resumo: Por ser de interesse à saúde pública, o teste do reflexo vermelho, também conhecido como teste do olhinho, vem se firmando como estratégia de prevenção da cegueira infantil com participação multiprofissional, particularmente do enfermeiro. Tecnologias aplicadas a esse contexto devem ser estimuladas com vistas a ser utilizadas como ferramentas integrantes de atuação profissional com a finalidade de facilitar e melhorar a qualidade da assistência. Objetivou-se avaliar um gradiente de cores direcionado para a avaliação do teste do reflexo vermelho em recém-nascidos quanto à validade de conteúdo e de aparência, verificar a confiabilidade interobservadores na aplicação da tecnologia desenvolvida e investigar a opinião dos enfermeiros quanto à aplicabilidade do instrumento após a experiência da sua utilização. Trata-se de uma pesquisa metodológica, quantitativa, cuja coleta de dados ocorreu de maio a agosto de 2010 em duas etapas metodológicas. Na primeira, a tecnologia proposta foi analisada por três juízes especialistas, os quais, por meio de um questionário de avaliação na forma de escala Likert, opinaram sobre aspectos relacionados aos objetivos, estrutura e apresentação, aparência e relevância. Para emitir suas opiniões, os especialistas responderam aos itens avaliativos entre cinco níveis de respostas: Totalmente adequado; Adequado com pequenas ressalvas; Parcialmente adequado, Inadequado; Não se aplica. Após a análise dos especialistas e inclusão das sugestões à tecnologia avaliada, na segunda etapa buscou-se averiguar a confiabilidade entre os examinadores na aplicação do gradiente de cores para avaliação do teste do reflexo por enfermeiros. Para isso, uma amostra constituída por sessenta recém-nascidos internados na unidade neonatal de baixo risco de uma maternidade pública de referência, em Fortaleza, foi avaliada por dois examinadores (a pesquisadora e um enfermeiro) de modo simultâneo e independente. Os dados receberam tratamento descritivo e com o auxílio do PASW versão 18.0 calculou-se a confiabilidade do gradiente de cores por meio do coeficiente de correlação intraclasse. A tecnologia recebeu ajustes até sua aprovação, em duas etapas de avaliação. Sobre as avaliações de conteúdo e aparência, foi consenso entre os especialistas o julgamento quanto ao excesso de quantidade de gradientes, a sugestão de retirar as nuances de cores muito próximas, como também de rever aquelas com o centro esbranquiçado, pois poderiam ser confundidas com reflexo alterado. Sugeriu-se o acréscimo de uma nova nuance de cor e a complementação no título da tecnologia da expressão gradiente de cores do teste do olhinho. A maioria das respostas dos juízes ficou entre totalmente adequado e adequado com pequenas ressalvas. Os juízes especialistas consideraram a tecnologia desenvolvida um recurso didático complementar à prática do teste do reflexo vermelho e útil no treinamento de profissionais para a realização do teste. Observaram-se bons índices de confiabilidade (0,928 e 0,894) estimados pelo coeficiente de correlação intraclasse. Diante das considerações, o gradiente de cores mostrou-se uma tecnologia válida para ser adotada como um recurso facilitador para a aprendizagem sobre o teste e aplicável à prática do cuidado em saúde ocular como ferramenta complementar. Espera-se que a aplicação do conhecimento adquirido nesse estudo proporcione impacto positivo na divulgação e realização do teste do reflexo vermelho.
Abstract: Due to its relevance for public health, the red reflex test, also known as little eye test, has become an established strategy to prevent infant blindness within a multi professional team work, involving the nurse in particular. Applied technologies in this context constitute a useful tool for the professional and their use has to be stimulated aiming the assistance improvement. The main goal of this work is to assess a color gradient projected to measure the red reflex test in newborns regarding contents and appearance validation, accordance among different observers and nurse’s opinion on the tool applicability after its use. This is a methodological research, quantitative, whose data acquisition happened between May and August 2010 in two methodological steps. Firstly, the proposed instrument was analyzed by three judges. These specialists gave their opinions by means of an evaluation questionnaire in the Likert scale format. The survey covered subjects like goals, structure and presentation, appearance and relevance. In order to quantify their opinions, the answers were restricted to five levels: Absolutely adequate; Adequate with little observations; Partially adequate; Inadequate; It does not apply. In the second step, after collecting the answers and taking into account suggestions from the specialists, we checked the test accordance among different nurses in the color gradient application top the red reflex test. This was made by using a sixty newborns sample. These neonates were in the low risk neonatal sector of a reference public maternity hospital in Fortaleza. Each newborn was examined by two examiners (the researcher and a nurse) simultaneously and independently. The data were treated within PASW 18.0 software. The gradient reliability was calculated by means of the intraclass correlation coefficient. Adjustments were applied to the instrument until its approval. Regarding the contents and appearance evaluation, the judges agreed about the excessive number of gradient colors and they suggested the elimination of several similar patterns. They also recommended to reconsider those patterns with a white center since they could be confused with an altered reflex. Additional suggestions from the specialists pointed to the inclusion of a new color in the instrument as well as a new title to the gradient: color gradient for the little eye test. Most of the answers from the judges were between Absolutely adequate and Adequate with little observations. The specialists considered the developed technology as a complimentary to the practice of the red reflex test, as well as a useful tool for training of professionals to do this test. Good reliability indices were observed (0,928 e 0,894). Such numbers were estimated by the intraclass correlation coefficient. After these considerations, the color gradient was shown to be a valid technology suitable to be considered as a pedagogical tool and as a useful additional instrument on the visual health care. It is expected that the knowledge constructed in this work results in a positive impact on the red reflex test propagation and application.
Descrição: AGUIAR, Adriana Sousa Carvalho de. Validação de tecnologia para avaliação do teste do reflexo vermelho. 2010. 104 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1840
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_ascaguiar.pdf668,26 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.