Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1842
Título: Queda e identificação de fatores de risco em idosos : estudo caso-controle em face de acidente vascular encefálico
Título em inglês: Fall and risk factors identification in elderly : a case control study due a stroke
Autor(es): Costa, Alice Gabrielle de Sousa
Orientador(es): Araújo , Thelma Leite de
Palavras-chave: Acidente Vascular Cerebral
Acidentes por Quedas
Idoso
Data do documento: 2010
Citação: COSTA, A. G. S. (2010)
Resumo: A ocorrência de quedas constitui sério problema de saúde em idade mais avançada. Dessa forma, os fatores envolvidos devem ser continuamente avaliados com vistas à melhoria da qualidade de vida do idoso. Teve-se como objetivo investigar as circunstâncias de ocorrência das quedas nos últimos seis meses em idosos com e sem AVE, assim como os fatores intrínsecos e extrínsecos a eles relacionados. Estudo do tipo caso-controle, realizado em três Associações Beneficentes Cearenses de Reabilitação e um Centro de Referência da Assistência Social na cidade de Fortaleza no período de janeiro a abril de 2010. Estabeleceram-se um grupo caso e três grupos controles, cada um com quinze idosos, pareados por idade e sexo, com base na ocorrência ou não de quedas nos últimos seis meses e de acidente vascular encefálico. Utilizou-se um formulário organizado em quatro partes para a caracterização do paciente, condições intrínsecas e extrínsecas atuais, ocorrência de quedas e fatores ambientais envolvidos. Com a aprovação por Comitê de Ética em Pesquisa, a coleta de dados ocorreu no dia em que o idoso se encontrava na unidade, após esclarecimento dos objetivos e assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os dados obtidos foram analisados pelo Predictive Analysis Software 18.0. Em sua maioria, os grupos foram formados por mulheres, aposentados, com companheiro, baixa renda per capita e escolaridade. Os idosos tiveram uma média de 1,4 AVE, em um tempo médio de 5,6 anos e hemiparesia como principal sequela. Quanto às variáveis com associação estatística, destacaram-se: Uso de anti-hipertensivos entre os grupos que sofreram quedas independente de ocorrência de AVE; Uso de inibidores da ECA no caso de idosos com AVE com ou sem quedas; Alterações nos pés entre o grupo caso e indivíduos sem queda e sem AVE. Com relação às variáveis Força diminuída em membros inferiores, Excesso de móveis em casa, Dificuldade na marcha e Mobilidade física prejudicada, encontrou-se associação em todos os casos entre o grupo de indivíduos com AVE e quedas e aqueles sem AVE e sem quedas. Dificuldade na marcha e Mobilidade física prejudicada também estiveram estatisticamente associadas entre o grupo caso e indivíduos sem AVE e com relato de quedas. As variáveis Índice de Barthel, Atividades Instrumentais de Vida Diária, Escala Geriátrica e de Tinetti, além de Força de preensão palmar direita também apresentaram associação estatística entre o grupo caso de indivíduos com AVE e quedas e aqueles sem AVE, com ou sem quedas. As quedas aconteceram predominantemente no período da manhã, em ambiente iluminado, sem corrimão ou objetos, com piso áspero e seco, uso de chinelo com solado de borracha. Não se constatou ser o AVE um evento associado às quedas, fortalecendo a relação causal multifatorial. As variáveis envolvidas com o evento queda estiveram fortemente relacionadas aos fatores intrínsecos envolvidos com o equilíbrio. Os fatores extrínsecos, contudo, podem ser os mais facilmente modificáveis. Nesse âmbito, os profissionais de saúde devem avaliar rotineiramente todas as variáveis envolvidas com o evento queda, no intuito de melhorar a qualidade de vida desses indivíduos.
Abstract: The falls occurrence represents a serious health problem for aged. Therefore the factors involved must be continuous assess in order to improve the aged life quality. The aim was to investigate the falls occurrence in the last six months at elderly with and without stroke and to identify the intrinsic and extrinsic factors involved. A case-control study carried at three Beneficent Associations of Rehabilitation from Ceará and a Reference Center of Social Worker in Fortaleza city from January to April 2010. A case group and three control groups were established with 15 elderly paired off by sex, age, falls occurrence in the last six months and stroke occurrence. It was used a form organized in four parts with the objective to characterize the patient, actual intrinsic and extrinsic conditions, falls occurrence and environment factors involved. The data were gathered with the Research Ethical Committee approval and when the elderly were enlightened at the collected data unit about the aim of the research, and the patient signing of authorization term. The data obtained was analyzed by Predictive Analysis Software 18.0. The groups were mainly composed by women, retired people, persons with partners, low school grade and low financial income. The elderly with stroke presented an average of 1,4 occurrence in an average period of 5,6 years and the main consequence was hemiparesis. As far as statistical associated variables concern, the followings were here highlighted: Use of antihypertensive among the groups with falls despite the occurrence of a stroke; Use of ACE inhibitor at aged with stroke whom were fallers or not; Foot alterations between the case group and people without falls neither stroke. Besides the variables Decreased strength at lower members, excess of home furniture, Gait difficulty and Impaired physical mobility was found in all association among the fallers participants with stroke and those without stroke neither falls. Gait difficulty and Impaired physical mobility were statistically associated between the case group and people without stroke and fall occurrence. The Barthel index, daily instrumental life activities, Geriatric scale and Tinetti scale, besides right hand grip strength, also found statistical association between the case group and aged without stroke fallers or not. The falls occurred mostly in the morning, in bright environment without handrail or objects, in rough and dry floor, use of rubber slippers. It was not verified to be the stroke an event associated to falls, a fact that strengthens the multifarious cause relation. The variables involved with fall event were strongly related to intrinsic factors involved with the balance issue. The extrinsic factors, however, could be easily modified. Therefore health professionals should routinely assess all fall variables involved in order to improve the life quality of elderly people.
Descrição: COSTA, Alice Gabrielle de Sousa. Queda e identificação de fatores de risco em idosos : estudo caso-controle em face de acidente vascular encefálico. 2010. 93 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1842
Aparece nas coleções:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_dis_agscosta.pdf818,45 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.