Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18477
Título: Avaliação dos imunoparâmetros do camarão branco Litopenaeus vannamei submetido a banhos de imersão com polissacarídeos sulfatados de Spirulina platensis
Título em inglês: Evaluation of immune parameters of white shrimp Litopenaeus vannamei submitted to baths of immersion with sulfated polysaccharides Spirulina platensis
Autor(es): Lage, Luis Paulo Araújo
Orientador(es): Farias , Wladimir Ronald Lobo
Palavras-chave: Carcinocultura
Polissacarídeo sulfatado
Spirulina platensis
Imunoparâmetros
Litopenaeus vannamei
Sulphated polysaccharide
Spirulina platensis
Immuneparameters
Litopenaeus vannamei
Camarão - Criação
Spirulina
Polissacarídeos
Data do documento: 2011
Citação: LAGE, L. P. A. (2011)
Resumo: A aquicultura é uma das atividades produtoras de alimento que mais cresce a nível mundial e o cultivo de camarões marinhos apresentou a maior taxa de crescimento média nos últimos 50 anos. A busca por produção, muitas vezes, requer um incremento na densidade utilizada, levando os indivíduos cultivados a condições de estresse e ao surgimento de doenças oportunistas. O uso de imunoestimulantes na aquicultura, entre eles os polissacarídeos sulfatados (PS), tem resultado em um aumento na resistência dos animais a patógenos e a situações de estresse. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito dos PS de Spirulina platensis em pós-larvas (PL’s) e juvenis do camarão branco Litopenaeus vannamei, por meio de banhos de imersão. A administração do PS para as PL’s de L. vannamei foi realizada nas concentrações de 0 (controle); 50; 100 e 200 mg L-1, duas horas antes da avaliação da resistência das mesmas ao teste do estresse salino. Os juvenis de L. vannamei foram expostos, durante três horas, aos PS de S. platensis nas concentrações de 0 (controle); 60; 120 e 240 mg L-1 seguida da coleta da hemolinfa para a análise dos seguintes imunoparâmetros: contagem total (CTH) e diferencial (CDH) de hemócitos, concentração protéica no soro, atividade da fenoloxidase (PO), atividade da α2-macroglobulina (α2-M) e atividade hemaglutinante do soro. Após o teste do estresse salino, foi observado que as PL’s expostas aos PS na concentração de 100 mg L-1 apresentaram uma tendência de maior sobrevivência, mas não houve diferença significativa entre os tratamentos. Com relação aos imunoparâmetros, a CTH foi reduzida quando os animais foram expostos aos PS e nas concentrações mais altas a CTH voltou aos valores normais. Porem, não houve diferença significativa entre os tratamentos e o controle. No entanto, a diferença significativa foi observada entre os tratamentos que foram expostos ao PS. O número de hemócitos granulares (HG) apresentou uma tendência de queda na concentração de 60 mg L-1 e, com o incremento da concentração de PS, os valores de HG também tenderam a aumentar, porém não houve diferenças significativas em relação ao controle. No entanto, foi observada diferença significativa entre as contagens de HG nas concentrações de 60 e 240 mg L-1. A atividade da PO foi significativamente reduzida na concentração de 60 mg L-1 o que pode estar relacionado ao baixo valor de CTH como também à elevada atividade do inibidor de protease α2-M. A atividade da PO voltou a ser semelhante à obtida no controle com o aumento da concentração de PS para 120 mg L-1 e foi novamente reduzida na maior concentração (240 mg L-1). A atividade do inibidor de protease α2-M foi significativamente elevada quando os animais foram expostos aos PS nas concentrações de 60 e 240 mg L-1, enquanto essa atividade se manteve semelhante ao controle na concentração de 120 mg L-1. Dessa forma, não houve necessidade de regulação do sistema proPO, quando os camarões foram expostos à concentração intermediária dos PS de S. platensis. A administração dos PS de S. platensis aos camarões L. vannamei foi capaz de modular a resposta imunológica desses animais de maneira diferente, dependendo da concentração utilizada. Com a realização deste experimento pode-se concluir que a concentração intermediária de 120 mg L-1 foi a mais eficiente, já que manteve os níveis de hemócitos circulantes e as atividades basais da PO e α2-M.
Abstract: Aquaculture is the food-producing activity that presented the fastest grow the worldwide and the cultivation of marine shrimps had the highest average growth rate over the past 50 years. The search for growing up the production, obtained through the increase on the density, carrying the animals on condition stress and the appearance of diseases. The use of immunostimulants on aquaculture, like the sulfated polysaccharides (SP), resulted in an enhancement of the animal’s resistance against pathogenic microorganism and stress situations. The aim of this study was to evaluate the effect of the SP of Spirulina platensis in post-larvae (PL's) and juvenile of the white shrimp Litopenaeus vannameithrou gh immersion baths. The administration of the SP to L. vannamei’s PL's was performedat concentrations of 0 (control), 50, 100 and 200 mg L-1, two hours before the evaluation of their resistance to the salt stress test. The juveniles of L. vannamei were exposed for three hours to the SP of S. platensisat concentrations of 0 (control), 60, 120 and 240 mg L-1 followed by a hemolymph collection for analysis of the following immune parameters: haemocytes total (THC) and differential (DHC) counts, serum protei n concentration, activity of phenoloxidase (PO), activity of α2-macroglobulin (α2-M) and serum hemagglutinating activity. After the salt stress test it was observed that the PL’s that were exposed to the SP at a concentration of 100 mg L -1 showed a tendency of a higher survival rate but there was not any significant difference between the treatments. Regarding the immune parameters, THC was reduced when the animals were exposed to the SP, while the exposure of shrimp to higher concentrations of PS resulted in normal values of the THC. However, no significant differen cebetween treatments and control. But, the significant difference(p≤0.05) was observed between the treatments that were exposed to PS. The number of granular haemocytes (GH) showed adownward trend in the concentration of 60 mg L -1 and, with increasing concentration of SP, the values of HG also tended to increase, but without significant differences compared to that of the control. However, significant differences were observed between the number of HG at concentrations of 60 and 240 mg L - 1. The PO activity was significantly reducedat a concentration of 60 mg L - 1 which may be related to the low value of THC as well as the high activity of the protease inhibitor α2 -M. The PO activity was again similar to that obtained in control with increasing concentration of SP to 120 mg L -1 and was further reduced in the highest concentration (240mg L-1). The activity of the protease inhibitor α2-M was significantly higher when the shrimps were exposed at concentrations of 60 e 240 mg L -1, while this activity was similar to that of control at a concentration of 120 mg L -1. Thus, there was no need for regulation of the proPO system, when the shrimp were exposed to an intermediate concentration of SP of S. platensis. The administration of SP of S. platensis to shrimps L. vannamei was able to modulate the immune response of these animals in different forms depending on the concentration used. So analyzing the results it is possibl e to conclude that the intermediate concentration of 120 mg L -1 was the most efficient, since it maintained the levels of circulating hemocytes and the basal activities of PO and α 2 -M.
Descrição: LAGE, Luis Paulo Araújo. Avaliação dos imunoparâmetros do camarão branco Litopenaeus vannamei submetido a banhos de imersão com polissacarídeos sulfatados de Spirulina platensis. 2011. 66 f . : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia de Pesca, Fortaleza-CE, 2011
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18477
Aparece nas coleções:PPGENP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_lpalage.pdf552,89 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.