Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1849
Título: Conhecimento dos cirurgiões-dentistas e dos profissionais de emergências médicas sobre avulsão dentária no município de Fortaleza, Ceará
Título em inglês: The knowledge of dentists and helth professionals about toth avulsion in the city of Fortaleza, Ceará
Autor(es): Araujo, Rebecca Bastos Rocha
Orientador(es): Moreira Neto , José Jeová Siebra
Palavras-chave: Traumatismo Dentário
Avulsão Dentária
Odontologia Preventiva
Data do documento: 2008
Citação: ARAUJO, R. B. R. (2008)
Resumo: O conhecimento dos profissionais que realizam atendimento a pacientes com avulsão dentária é determinante sobre o prognóstico destes casos. Os cirurgiões-dentistas e os profissionais de emergências médicas, entre médicos, enfermeiros e auxiliares, são os responsáveis por estes atendimentos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o conhecimento sobre avulsão dentária dos cirurgiões dentistas e dos profissionais de emergências médicas do município de Fortaleza, Ceará. Esta avaliação foi realizada através de questionários aplicados pela pesquisadora em consultórios particulares e unidades básicas de saúde, cursos de pós-graduação, congressos e também nos hospitais de referência em atendimento de emergência no município de Fortaleza. Participaram da pesquisa 350 cirurgiões-dentistas e 204 profissionais de emergências médicas. A partir da coleta dos dados foi realizado uma estatística descritiva também foram realizadas associações entre as respostas e algumas variáveis independentes utilizando o teste χ². Observou-se que 72,41% dos cirurgiões-dentistas recomendam aos pais no momento do trauma o armazenamento do dente em meios líquidos, sendo o leite recomendado em 45,2% dos casos. Quando questionados sobre o tratamento de um dente com vitalidade do ligamento periodontal, 34,67% responderam satisfatoriamente e quando não havia vitalidade, 45,24% não reimplantariam o dente. Dentre os profissionais de emergências médicas 18,7% afirmaram ter recebido orientações sobre avulsão dentária, e 38,7% relataram ter observado este traumatismo em seus pacientes durante o atendimento de emergência. Destes profissionais apenas 4% reimplantariam o dente avulsionado, 91% encaminharia para um serviço odontológico de plantão com o dente envolvido em gaze ou algodão em 57,7% dos casos. Concluímos que os cirurgiões-dentistas e os profissionais de emergência não têm o conhecimento adequado para o atendimento destes traumatismos o que acarreta em um prognóstico desfavorável aos dentes que sofrem avulsão dentária
Abstract: The purpose of this study was to evaluate the knowledge of dentists, and health professional who work in emergency rooms (physicians, nurses and emergency medical technicians) regarding primary treatment for dental avulsion in Fortaleza, Ceará. The survey was based on a questionnaire. Data were collected in dental offices, public units, institutions which offer pos graduate courses, dental meetings and units of public medical emergency. The storage of the tooth in a liquid medium was recommended in 72,41%, but milk was indicated in 45,2% of these cases. In the presence of tooth vitality of the periodontal ligament, 34,67% answered correct, when vitality was not present 45,24% would not reimplante teeth. 18,7% of the health professionals from emergency rooms demontrated knowledge about tooth avulsion, while 38,7% had seen a patients who suffered tooth avulsion. Of these only 4% would reimplant the avulsed tooth and 91% would refer the patient to a dentist. They recommended storage of the tooth in a gauze or cotton in 57,7%. This study concluded that dentists and professionals from emergency rooms do not have adequate knowledge for treatment of these dental traumas. This fact generates on unfavorable prognosis of teeth that suffer avulsion. Thus educational campaigns are need to inform better these professional to give the best prognosis for traumatically avulsed tooth
Descrição: ARAÚJO, Rebecca Bastos Rocha. Conhecimento dos cirurgiões-dentistas e dos profissionais de emergências médicas sobre avulsão dentária no Município de Fortaleza, Ceará. 2008. 87 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1849
Aparece nas coleções:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_dis_rbraraujo.pdf1,02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.