Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18508
Título: Avaliação dos procedimentos de introdução do Pirarucu (Arapaima gigas) na região Nordeste: retrospectiva histórica, situação atual e perspectivas futuras
Título em inglês: Evaluation of procedures for submitting Pirarucu (Arapaima gigas) in the Northeast: historical overview, current status and future prospects
Autor(es): Girão, Mauro Vinícius Dutra
Orientador(es): Furtado Neto , Manuel Antonio de Andrade
Palavras-chave: Engenharia de pesca
Piscicultura
Pirarucu
Nordeste
Pisciculture
Pirarucu
Northeast
Pirarucu (Peixe)
Peixe - Criação
Data do documento: 2007
Citação: GIRÃO, M. V. D. (2007)
Resumo: A piscicultura nacional e encontra-se em franco desenvolvimento, com destaque para a Região Nordeste. Atualmente existe uma demanda por novas técnicas de cultivo de espécies nativas, visto que a maior parte da produção nacional se baseia no cultivo de espécies exóticas. O pirarucu e uma espécie nativa com grande potencial para a produção. A primeira tentativa de introdução do pirarucu no nordeste se deu na década de 1930 em setes açudes. Estas populações de pirarucu serviram de fonte alimentar alternativa ao homem, porém, não controlaram a densidade de populações de peixes indesejados, como piranhas. Os estoques de pirarucu destes açudes foram esgotados apos 40 anos de sua introdução, tendo redes de espera como possível principal fator contribuinte para isto. Fatores indiretos incluem a falta de fiscalização da pesca e o fim do período de defeso. No atual programa de re-introdução, conduzido pelo DNOCS a partir da década de 2000, os pirarucus sao manejados em cativeiro. Em geral, a metodologia de transporte, acondicionamento, reprodução e treinamento alimentar de pirarucu em cativeiro, tem sido eficientes. A melhor taxa de arraçoamento de alevinos tanto em viveiros quanto em tanques foi de 2% da biomassa em ração. As desovas em cativeiro ocorreram entre os meses de agosto e fevereiro. A comercialização de alevinos abrangeu quatro Estados nordestinos e um da região norte. Uma das dificuldades para o cultivo do pirarucu é a ausência de caracteres externos que identifiquem o sexo de exemplares vivos. Resultados de um projeto piloto conduzido neste estudo restringem a utilidade de um determinado primer de RAPD e citogenética para identificação do sexo do pirarucu.
Abstract: The national fish farming production is vastly increasing, especially in northeastern Brazil. There is currently a demand for new management techniques for native species. This is because most of Brazilian production is based on farming of exotic species. The bonytongue is a native species with great potential for farming. The bonytongue was first introduced in the northeastern Brazil in late 1930’s in seven dams. These bonytongue populations served as food resources for human populations, but did not control populations of undesirable fish species, as piranhas. The stocks of bonytongue populations in these dams were depleted after 40 years of its introduction. One main reason for this depletion is likely to be the use of drift nets. Other indirect factors be lack of fishery law enforcement. The current bonytongue re-introduction program, conducted by DNOCS, started in the decade of 2000 and have bonytongue fishes managed in fish farms. Overall, the methods employed for transport, acclimatization, reproduction and food training may be considered satisfactory. The best feeding rate for neonates was 2% of total biomass. Reproduction occurred between August and February. Neonate bonytongues were traded and taken to cities both in the Northeastern and North regions. One difficult for managing bonytongues is the absence of external characters for sexual identification. Results of a pilot project conducted in this study restrict the usefulness of one RAPD marker and cytogenetics for sexual determination of bonytonges
Descrição: GIRÃO, Mauro Vinícius Dutra. Avaliação dos procedimentos de introdução do Pirarucu (Arapaima gigas) na região Nordeste: retrospectiva histórica, situação atual e perspectivas futuras. 2007. 62 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia de Pesca, Fortaleza-CE, 2007
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/18508
Aparece nas coleções:PPGENP - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_dis_mvdgirão.pdf1,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.